Projeto Leitura na Praça é sucesso em São Lourenço






Mais uma edição de sucesso do Projeto Leitura na Praça. A criançada se divertiu com as oficinas e brincadeiras. O evento aconteceu no último sábado (27) na Praça Brasil. Uma iniciativa da Brinquedu Vivências Infantis com apoio municipal. Confira algumas fotos do evento.











Com informações e fotos ASCOM/PMSL


PRISÕES POR TRÁFICO DE DROGAS EM SÃO LOURENÇO



Durante Operação Antidrogas, por volta de 22 horas da noite do último domingo (29) , a Polícia Militar , realizou a abordagem a um veículo nas proximidades do Mirante, em São Lourenço.

Procedendo a busca, foi encontrado 09 buchas de maconha.

Os indivíduos que estavam no veículo abordado relataram que haviam acabado de comprar a droga de um indivíduo nas proximidades de um bar.

De posse das informações e características, a Polícia Militar localizou o autor de 19 anos que teria vendido a droga sendo este conduzido para a Delegacia.

Foram apreendidos os seguintes materiais: 09 BUCHAS DE MACONHA, R$ 32,00, 01 Aparelho Celular. 

Com informações do 57°BPM



PM PRENDE CIDADÃO POR POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO E MUNIÇÕES EM SÃO SEBASTIÃO DO RIO VERDE




Nesta segunda-feira (29), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no bairro Retiro, zona rural de São Sebastião do Rio Verde, a Polícia Militar prendeu um homem de 55 anos e apreendeu uma arma de fogo além de munições.

Segundo a Polícia Militar , a equipe logrou êxito na localização de 01 revólver marca INA cal 32, 11 projéteis marca CBC cal 32, 07 projéteis marca CBC cal 36 e 01 coldre. Diante do fato, todo material, assim como o proprietário do revolver foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de São Lourenço, onde ficarão a disposição da justiça.

Com informações do 57°BPM

APÓS FLAGRANTE DE INFESTAÇÃO DE RATAZANA EM VARGINHA | PREFEITURA DIZ QUE VAI NOTIFICAR DONA DE TERRENO



No último domingo, a Alterosa divulgou imagens enviadas por um morador pelo whatsapp. Nelas, o flagrante de uma infestação de ratazanas. A equipe da TV foi saber o motivo dessa praga tomar conta de um imóvel do bairro Eldorado em Varginha. A Prefeitura informou que as providências com relação aos roedores já foram tomadas. Equipes de saúde foram até o local. A proprietária do terreno vai ser notificada.


Detran-MG realiza lançamento da CNH Digital nesta quarta-feira (31/1)

Detalhes serão apresentados à imprensa, na sede do departamento, pelo coordenador de Administração de Trânsito do órgão







A Polícia Civil (PCMG), por meio do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), realiza, nesta quarta-feira (31/1), o lançamento da Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH-e).

A CNH Digital será acessada por meio de aplicativo instalado no smartphone, possui o mesmo valor jurídico da CNH impressa e é válida em todo território nacional.

O aplicativo CNH Digital está disponível para download na Google Play e App Store. A CNH-e poderá ser solicitada apenas por motoristas que já possuem a CNH impressa com Código de barras bidimensional QR Code (Quick Response Code), item de segurança implantado nas CNHs de papel desde maio de 2017.

A emissão obrigatória da CNH Digital em todo o Brasil foi adiada para 1º de julho, conforme anunciou o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), nesta terça-feira (30/1). No entanto, O Detran-MG já está apto para operar o sistema e emitir a CNH-e para os cidadãos que desejarem obter o documento.

Outras informações serão repassadas à imprensa pelo coordenador de Administração de Trânsito do Detran-MG, delegado José Marcelo de Paula Loureiro.

Serviço:

Lançamento da CNH Digital
Data: 31 de janeiro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 9h30
Local: Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG)
(Avenida João Pinheiro, nº 417- 2º andar – Boa Viagem - Belo Horizonte/MG)

Outras informações:
Assessoria de Comunicação – PCMG
(31) 3915-7182 / 7192 / 7193

Jovem engole droga, passa mal e é preso no hospital de Nepomuceno

Ele foi abordado pela PM, engoliu dez porções de cocaína embrulhadas numa sacola plástica, depois passou mal



No final da noite de sábado, em Nepomuceno, a Polícia Militar realizou uma operação de combate às drogas e, durante a operação, abordou um rapaz de 18 anos. Ele foi submetido à busca pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado em seu poder.

Durante a madrugada de domingo, os militares foram acionadas para comparecer a Santa Casa daquela cidade, onde havia dado entrada um rapaz passando muito mal e contando ter ingerido certa quantidade de comprimidos.

Ele foi submetido a uma lavagem estomacal, porém, os médicos não encontraram indícios de comprimidos, mas um invólucro plástico contendo dez papelotes de cocaína. Os policiais reconheceram o rapaz como sendo o que eles abordaram no final da noite de sábado.

Após a liberação pelo médico de plantão, o autor foi preso em flagrante ainda no hospital. A droga retirada foi apreendida.


Fonte: Jornal de Lavras

Uso de artefatos metálicos no Carnaval põe em risco foliões

Serpentinas metálicas podem causar acidentes quando em contato com a rede elétrica




Especialista da Cemig faz um alerta: a utilização de itens metálicos pelos foliões durante as festas de Carnaval pode causar acidentes com a rede elétrica, mas a exposição ao risco pode ser evitada se a população brincar com responsabilidade.

Segundo o engenheiro de segurança do trabalho da Cemig, Demetrio Aguiar, serpentinas e confetes comumente contêm metal em sua composição e podem causar curto-circuito quando em contato com a rede elétrica, por isso são itens perigosos e não devem ser utilizados no Carnaval.

“Quando arremessados, antes de se dispersarem, eles estão concentrados e podem causar danos nas redes e provocar acidentes. Por precaução, as pessoas não devem atirar nenhum objeto em direção aos cabos e equipamentos energizados, nem mesmo os sprays de espuma, que são condutores de eletricidade”, afirma o engenheiro.

Ainda segundo Demetrio Aguiar, desde 2012 vigora em Minas Gerais a Lei nº 20.374, que proíbe a produção, venda e uso do produto de serpentinas metálicas e seus similares. “Em caso de descumprimento da norma, o estabelecimento comercial pode sofrer uma multa de R$ 6 mil e, em caso de reincidência, o valor sobe para R$ 12 mil”, ressalta.

Fios partidos

Os riscos de choque com fios elétricos partidos nas ruas são outro motivo de atenção. “Ao encontrar um fio caído ao solo, não se aproxime nem deixe ninguém se aproximar do cabo, pois ele pode estar energizado”, orienta Demetrio.

Nesse caso, a recomendação da Cemig é que a população acione imediatamente a companhia pelo telefone 116 – que funciona 24 horas por dia – e aguarde a chegada dos técnicos no local.

Canais de atendimento

Além de o Fale com a Cemig, os clientes podem acionar a empresa por diversos canais de relacionamento disponíveis: Facebook (/cemig.energia), Twitter (@cemig_energia), Telegram (@CemigBot) e Cemig Atende (www.cemig.com.br/atendimento).

Em caso de perigo, a população também pode acionar gratuitamente o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193 e o da PMMG, 190.


Fonte: ASCOM/CEMIG

São Thomé das Letras entrou oficialmente na lista da febre amarela


Secretaria de Estado de Saúde de Minas confirmou que a morte do turista paulista que estava em São Thomé das Letras foi em decorrência de febre amarela


A Secretaria Estadual de Saúde confirmou no início da tarde desta terça-feira (30) a segunda morte por febre amarela registrada no Sul de Minas. A morte confirmada é de um turista de São Paulo que visitou São Tomé das Letras (MG) e morreu no Hospital São Sebastião, em Três Corações (MG).

Foi colhido material no corpo do turista e levado para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, onde confirmou-se a morte decorrente da febre amarela. Acredita-se que o turista paulista já chegou à cidade de São Thomé com o vírus, provavelmente ele foi contaminado em São Paulo, mas a Secretaria Municipal de Saúde de São Thomé das Letras está tomando todas as medidas preventivas, como a vacinação da população.

Mais uma morte suspeita

Um homem de 49 anos morreu no último sábado (27) no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG), com suspeita de febre amarela. A vítima era moradora de Conceição dos Ouros, onde outras duas mortes já são investigadas. A morte de um morador de Aguanil também é investigada.


Outras três pessoas estão internadas no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, com suspeita da doença. Uma paciente de São Paulo que estava internada em Poços de Caldas já recebeu alta.

A doença avança em Minas Gerais, já são 81 casos confirmados, desses, 36 já morreram. A Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgou nesta terça-feira, dia 30, o balanço das cidades afetadas pela doença (veja quadro abaixo).


Toda matéria do Jornal i9 Minas pode ser compartilhada em parte ou na íntegra, desde que seja mencionada a fonte.

Hospitais do Sul de Minas têm quatro internados por suspeita de febre amarela

Três pacientes estão internados em Pouso Alegre e um em Poços de Caldas; uma morte já foi confirmada e outras quatro estão em investigação.






Pelo menos quatro pessoas estão internadas em hospitais do Sul de Minas com suspeita de febre amarela. Três delas estão em Pouso Alegre (MG) e uma mulher em Poços de Caldas (MG). Segundo a Superintendência Regional de Saúde, em um dos casos, é investigado o efeito adverso da vacina contra a febre amarela. O homem teria tido complicações depois de tomar a dose, mas isso ainda não foi confirmado.


Os pacientes internados no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, são de Natércia (MG), São Sebastião da Bela Vista (MG) e Conceição dos Ouros (MG).

Em Poços de Caldas (MG), uma turista de São Paulo está internada em um hospital da cidade também com suspeita da doença. Ela chegou a ficar no CTI, mas apresentou melhora no quadro de saúde e já está no quarto. Já um morador de São Tomé das Letras (MG) que estava internado em Três Corações (MG), recebeu alta no fim de semana.

Mortes investigadas

Por enquanto, apenas um caso de morte por febre amarela foi confirmado no Sul de Minas. Trata-se de um idoso de 88 anos, morador de Poço Fundo (MG), que morreu em um hospital de Mairiporã (SP), onde a família dele mora.

Outras quatro mortes ainda são investigadas: um morador de Aguanil, que ficou internado em Campo Belo; um turista de São Paulo que ficou internado em Três Corações e dois moradores de Conceição dos Ouros que ficaram internados em Pouso Alegre e Itajubá.


Febre amarela


A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.


Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.


Fonte: G1 Sul de Minas

USUÁRIOS SÃO CONDUZIDOS POR USO DE DROGAS E CORRUPÇÃO DE MENORES, EM BAEPENDI



Durante uma Operação realizada, foram abordados, pelos militares, alguns suspeitos e entre eles foram conduzidos nesta manhã dois adultos e duas adolescentes por uso de drogas.

Os maiores também responderam pelo crime de corrupção de menores.

Foram apreendidos um cigarro de maconha e uma bucha de maconha com eles.

Polícia Militar, com você por uma Minas Gerais cada vez mais segura.

Fonte: Polícia Militar de Baependi

DOIS MORTOS EM ACIDENTE COM EX-PREFEITO DE SÃO LOURENÇO

Dois homens morreram em um acidente envolvendo uma moto e um carro em São Lourenço. O motorista do veículo era o ex-prefeito de São Lourenço, Zé Neto. Acompanhe as informações na reportagem da TV Alterosa Sul de Minas.



Acidente na BR-354, próximo a Cana Verde, mata motorista de 22 anos

O rapaz não era habilitado, ele dirigia o veículo com mais dois passageiros, ele morreu e os outros dois saíram feridos




Sábado foi um dia de acidentes graves em Lavras e região. No período da manhã, três pessoas morreram em uma colisão que envolveu três veículos na BR-265, em Lavras. Teve acidente fatal também em Alfenas, Ouro Fino e Poço Fundo, todos no Sul de Minas.

Na região de Lavras um motorista de 22 anos, sem habilitação, morreu na rodovia BR-354, próximo à entrada de Cana Verde, o acidente aconteceu às 23h15. A vítima estava num carro com mais duas pessoas que se feriram.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), de Lavras, o motorista saiu da pista de rolamento no km 577, rodou e capotou, ele morreu no local e os outros dois se feriram levemente e foram socorridos por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O corpo do motorista foi trazido para o Instituto Médico Legal (IML) de Lavras, onde foi necropsiado e depois entregue para a família para providenciar o sepultamento.


Fonte: Jornal de Lavras

"Jeitinho Brasileiro" é igual a Corrupção do Cotidiano!

Quando votar provoca asco!


Furar fila, não devolver troco a mais, fazer "gatonet" ou gato de luz e água; comprar ou vender CDs "piratas" e tudo mais que for "pirata"; deixar de declarar (de pagar) algum imposto (DEVE "dar a César o que é de César"); passar calote esperando a conta prescrever; apresentar atestado falso para se livrar do trabalho; comprar carteira de motorista; estacionar em vaga de idoso ou cadeirante, etc.

Tudo isso é considerado pelo brasileiro, esse que vai às ruas gritar contra a corrupção, e também pelos que não vão, como sendo algo comum, algo do dia a dia; apenas uma forma de facilitar a vida. Outros, no entanto, têm isso como sendo uma forma de vida (fazem disso trabalho e sobrevivem assim)!

- O que esperar de pessoas que agem dessa forma?

- Que moral essa gente tem de sair às ruas pedindo a cassação ou impeachement desse ou daquele político que elegeu para representá-lo?


Não tenho conhecimento, não tenho lembrança desse país menos corrupto! Toda vida ele foi assim! Em épocas anteriores, com o militarismo, por exemplo, também tínhamos corrupção - com a diferença de que tínhamos, além disso, o cerceamento de alguns direitos. Na época da ARENA e depois PMDB ou PSDB a inflação era terrível e também se roubava do povo (que o diga Malouf - àquele que "rouba mas faz"!).

O que temos hoje são pessoas mais revoltadas com a corrupção. Se antes eram mais resignadas hoje tem direito, vez e voz! Podem fazer o que bem entendem, inclusive sair quebrando tudo pela frente que nada lhes passa de mais grave! Antes, as badernas estavam sujeitas à pena de prisão e até torturados podiam ser!

A moda hoje é corrupto lutar contra corrupto!

Colocam o rabo entre as pernas e saem pelas ruas como se esse simples fato os abonasse das atitudes do cotidiano. "CORRUPTOS MODINHA"!

A corrupção do dia a dia é normal; anormal mesmo é roubar muito - POUCO PODE! E se roubar mas fizer alguma "coisinha para o povo, que vive de pão e circo, de brinde", está mais que perdoado!

Certamente o cidadão que pratica "jeitinho brasileiro" e, ainda assim, aponta o dedo para os outros - faria bem pior se tivesse oportunidade.

Como diria Machado de Assis: "a ocasião NÃO faz o ladrão pois esse nasce feito, a ocasião faz o furtador"! É assim porque, no furto, artigo 155 do CP, o objeto do delito é a coisa alheia móvel - o proprietário tem que estar distraído ou não estar presente para configurar...., nós, a nação brasileira ("proprietária da res pública") seríamos os distraídos (já somos) e o "furtador" será (já é) o político que não nasceu ladrão, mas a oportunidade o fez (pelo voto)!

Portanto, não dá para esperar muita coisa de uma nação que se diz indignada mas pratica, diuturnamente, o famigerado "jeitinho brasileiro" - acreditamos que se estão indignadas é porque não tiveram a mesma oportunidade, já que passam a vida praticando pequenas corrupções - quem verdadeiramente se revolta, age diferente!

Pela moralidade pública e por uma verdadeira democracia onde podemos escolher entre votar (no menos corrupto) ou NÃO VOTAR, não compactuar com nenhum dos que se dispõe a nos roubar! Essa é a Democracia que preciso - uma Democracia madura e respeitável!

Por Elane F. de Souza (Advogada e autora do blog onde este artigo foi publicado).

Fonte para embasamento final de VOTO: REVISTA ISTOÉONLINE - A hora do voto não obrigatório




Elane Souza DCJ Advocacia
Advogada há mais de 14 anos; colou grau em Direito no ano de 2003 pela UNIC - Cuiabá - BR; Em 2004 realizou o Exame da OAB e obteve aprovação; Meados de maio de 2007 foi viver em Lisboa, por questões pessoais, e só retornou no ano de 2011; Hoje raramente advoga, dedica-se mais a redação de artigos e parte do tempo divulga seus Blogs – acredita que a Advocacia não é bem sua vocação apesar de apaixonada pelo Direito, mas por não se fiar muito na Justiça Brasileira prefere escrever. Áreas de maior envolvimento são: D.Humanos, Direito de Família, Penal, Criminologia e Medicina Legal. Tudo que escreve publica em seus Blogs: Diário de Conteúdo Jurídico https://advconcurseira.blogspot.com.br Educação é Direito https:/www.educacaoedireito.com/ Diário de Conteúdo Jurídico no facebook

Resultados de necropsia dos macacos mortos em Lavras constataram que eles não tinham febre amarela





A necropsia realizada em dois macacos encontrados mortos em Lavras, constatou que eles não tinham o vírus da febre amarela. O Laboratório de Patologia da Universidade Federal de Lavras UFLA) que realizou o exame. Um dos macacos morreu de obstrução intestinal e o outro, de traumatismo craniano, provavelmente decorrente de alguma pancada, pedra, paulada ou queda. A necropsia é realizada em Lavras no laboratório do Curso de Medicina Veterinária.

Caso os macacos apresentassem alterações no fígado ou baço, como dilatação, por exemplo, o material seria enviado para exames na Fundação Ezequiel dias (Funeb), em Belo Horizonte. O exame preliminar realizado na Ufla descartou a febre amarela, por isso, não foi necessário enviar material para análise na Fundação Ezequiel Dias.

O Jornal de Lavras lembra mais uma vez: macaco não transmite febre amarela; macaco é vítima da febre amarela e é importantíssimo que eles existam porque eles são marcadores da doença, eles indicam o local onde a doença está chegando. Por isso eles são úteis aos seres humanos, mas, infelizmente, tem muita gente matando macacos por ignorância. A morte dos macacos, além da crueldade, prejudica a investigação científica sobre a disseminação da doença.

O que as pessoas deveriam fazer e não fazem, é manter os quintais limpos, calhas limpas e desobstruídas, tapar os ralos das áreas de serviço, não deixar água empossada, não dar chance para o mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue, a zika, a chikunguna. O Aedes aegypti que vive na área silvestre é conhecido como mosquito Haemagogus.

Fonte: Jornal de Lavras

Escolas da rede estadual de ensino de MG receberão kits esportivos

Ao todo, 3.403 escolas estaduais que ofertam a educação física escolar serão contempladas





As escolas da rede estadual de ensino de Minas Gerais começarão o ano letivo de 2018 com novidades. A Secretaria de Estado de Educação (SEE) está adquirindo kits esportivos para 3.403 escolas que ofertam a educação física escolar.

Essa é a primeira vez que todas as escolas da rede que ofertam a educação física escolar serão contempladas com kits esportivos. A aquisição dos kits tem por objetivo a melhoria das atividades ofertadas pelas escolas.

“Essa é uma demanda dos professores. É importante que o aluno tenha uma educação física de qualidade e que desenvolva o gosto pela atividade física, para que assim possa dar continuidade ao longo da vida. Temos o papel de ofertar diferentes atividades motoras para que ele vivencie e goste e não se torne, no futuro, um adulto sedentário. Por auxiliar na prática de atividades diferenciadas que a distribuição desses kits esportivos é importante”, ressalta a coordenadora de Esporte Educacional da SEE, Celina Sousa Gontijo.

A ideia é que as escolas possam desenvolver práticas diferenciadas a partir do uso dos materiais contidos nos kits. “São materiais diferenciados que irão desenvolver toda a parte motora dos estudantes e auxiliar no desenvolvimento da melhoria da qualidade da educação física escolar”, afirma Celina.

Os kits irão atender a alunos dos ensinos fundamental e médio. Eles são compostos, entre outros itens, por cone furado com barreira, bambolês, corda para ginástica, bolas de vôlei, de basquete e de futsal, peteca, kit slackline, escada de coordenação e colete.

Desenvolvimento do esporte

Em 2017, a Secretaria de Estado de Educação (SEE), em parceria com o Instituto Península, desenvolveu o Programa Impulsiona. A iniciativa trabalhou com a formação continuada na modalidade de educação a distância (EAD) gratuita para professores de Educação Física, especialistas das escolas e professores do eixo Esporte e Lazer da Educação Integral, além de disponibilizar materiais em seu site.

Outra ação com foco no esporte realizada pela secretaria é são os Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg). A iniciativa, que é realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Esportes (Seesp), é uma ferramenta pedagógica que valoriza a prática esportiva escolar e a construção da cidadania dos jovens alunos-atletas de Minas Gerais de forma educativa e democrática.


Fonte: Agência Minas

Sobe para 6 número de mortos em rodovias do Sul de Minas no fim de semana

Três pessoas morreram em acidentes entre a tarde e a noite de sábado em cidades da região.



Três pessoas morreram em acidentes entre a tarde e a noite deste sábado (27) em duas cidades do Sul de Minas. Com essas, já chegam a pelo menos seis o número de mortes em rodovias da região só neste fim de semana.

Por volta de 16h30 de sábado, um motociclista morreu na BR-369, próximo ao Km 159, entre Alfenas (MG) e Campos Gerais (MG). Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o homem de 59 anos bateu na traseira de um caminhão próximo à Ponte das Amoras. No momento do acidente, ele seguia no sentido Campos Gerais. O corpo foi levado para o IML de Alfenas.

Já por volta de 23h, uma pessoa morreu em um acidente na BR-354, próximo a Cana Verde (MG). Segundo a Polícia Militar Rodoviária, três pessoas estavam em um carro que saiu da pista e capotou próximo ao Km 577. O motorista, que não tinha habilitação, de 22 anos, morreu no local. Outras duas pessoas que estavam no carro tiveram fermentos leves e foram atendidas pelo Samu. O corpo do motorista foi levado para o IML de Lavras.

Ainda por volta de 23h35, um motociclista de 31 anos morreu depois de bater na lateral de um caminhão na MG-290, em Ouro Fino (MG). Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o motorista do caminhão disse que trafegava no sentido a Jacutinga quando em uma curva se deparou com a motocicleta, que teria invadido a contramão. O veículo bateu em uma das rodas do segundo eixo do caminhão. O motociclista, que era de Ouro Fino, morreu ainda no local.


Outras mortes

Na tarde de sábado, três pessoas morreram depois de um acidente na BR-265, em Lavras (MG). Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o acidente aconteceu em uma reta em que a ultrapassagem é proibida. Um dos carros teria invadido a contramão para fazer uma ultrapassgem e acabou batendo de frente com outro carro que seguia no sentido contrário. Um outro veículo que vinha atrás também acabou sendo atingido, mas ninguém ficou ferido.

Fonte: G1 Sul de Minas

Interior de MG sai na frente do país na retomada da economia

Investimentos de empresas de vários setores são retirados da gaveta no Sul de Minas e no Centro-Oeste do estado, em meio a uma lenta reação do país





Pouso Alegre e Extrema - O interior de Minas Gerais salvou em 2017 a produção, o emprego, as exportações e a arrecadação do principal tributo que alimenta os cofres do estado, o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). O desempenho desses indicadores vitais da economia, embora ainda tímido, mostra que a retomada no estado passa por municípios de fora da Grande Belo Horizonte. Num 2017 marcado por mais demissões do que contratações no mercado formal no Brasil, Minas Gerais deu a volta por cima e conseguiu saldo positivo de 24.296 admissões, descontadas as dispensas, depois de dois anos (2016 e 2015) encerrados no vermelho.
Foi pelo interior afora que o emprego com carteira assinada se recuperou no ano passado, proporcionando diferença de 25.544 oportunidades abertas, já descontadas as demissões de 1.076.311 trabalhadores (as contratações somaram 1.101.855). Na direção oposta, a Região Metropolitana de BH sofreu com as 571.288 dispensas registradas no ano passado, que superaram as 570.040 vagas criadas pelas empresas na capital e entorno. Com isso, o saldo ficou negativo em 1.248 empregos. O maior desafio nessa reação mineira aparece hoje à frente da Grande BH, para retomar sua importância.

A força do interior vem das mãos de trabalhadores e da engrenagem de pequenas a grandes empresas de segmentos que vão da produção de alimentos à fabricação de roupas, calçados, eletroeletrônicos, e do comércio estimulado por essas atividades. Para entender como essa recuperação vem ocorrendo, o Estado de Minas percorreu algumas cidades que chamaram a atenção pela forte retomada desde o segundo semestre do ano passado e que começaram o ano com boas perspectivas de novos investimentos e criação de empregos. Esse é o tema da série de reportagens Retomada mineira, que mostra o mapa das contratações e as iniciativas das empresas para voltar a crescer em espécie de ilhas de prosperidade, em meio à lenta e difícil recuperação da economia.

No Sul de Minas, o reaquecimento do mercado de trabalho está sendo comemorado até por trabalhadores de estados vizinhos. A paulista Yuris Rodrigues, de 27 anos, conquistou uma vaga na fábrica de chocolate da Kopenhagem em setembro do ano passado e vive a expectativa de ser contratada depois do período de experiência. Há mais de um ano ela procurava uma oportunidade em várias cidades de São Paulo, quando escolheu Minas em busca de um ano mais estável profissionalmente.

“O mercado de trabalho ainda está difícil, com muita gente em busca de uma colocação. Mas as oportunidades estão aparecendo, principalmente aqui no Sul de Minas. Procurei emprego por mais de um ano e ouvi conhecidos falarem sobre grandes fábricas crescendo na região. Então tentamos as vagas aqui em Extrema e espero agarrar essa chance”, conta Yuris. Ela é uma das 350 funcionárias contratadas no fim do ano passado para reforçar a produção para a Páscoa deste ano.

Segundo o diretor industrial da Kopenhagem, Fernando Francalassi, a empresa pretende efetivar na fábrica de Extrema pelo menos 50 funcionários temporários até o fim de fevereiro, quando termina o período de produção para a Páscoa. “Passamos por um cenário de recuperação interessante e a Páscoa de 2018 será melhor do que a do ano passado. Trabalhamos com a perspectiva de aumento no número das lojas, cerca de 100 novas lojas no país até o final de 2018, sendo pelo menos 10 delas em Minas Gerais”, diz Francalassi.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoins, Balas e Derivados (Abicab), o setor enfrentou queda de cerca de 20% no faturamento nos últimos anos, mas desde o ano passado registra leve recuperação. No entanto, algumas fábricas do Sul de Minas sofreram menos com a crise e já constatam recuperação mais rápida do que em outras regiões. “A proximidade com os principais mercados consumidores, a boa infraestrutura de logística e oferta de mão de obra com as grandes faculdades nas cidades da região ajudam no sucesso das fábricas do Sul de Minas. Com a retomada do consumo, a demanda aumenta e aquece a produção”, explica Francalassi.
Ritmo acelerado

Do saldo ainda parcial de 21.554 empregos formais abertos em Minas no ano passado pela indústria, – o setor mais duramente afetado pela crise brasileira –, 67%, ou seja, mais de dois terços, foram garantidos nas fábricas do Sul de Minas, Centro-Oeste e Alto Paranaíba. Nessas regiões, surgiram 14,5 mil vagas, descontadas as demissões, com base em estudo feito pela Gerência de Estudos Econômicos da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) a pedido do Estado de Minas.

A receita do ICMS proveniente da indústria, acompanhando a reação da produção, também desbancou o resultado na metrópole e seu entorno, onde cresceu 8,5%, para avançar 24% na Zona da Mata mineira,15,4% no Alto Paranaíba; 14,3% no Centro-Oeste e 12,4% no Sul do estado. Toda a receita arrecadada pelo setor no estado subiu 8,7% na média, tendo somado R$ 16,1 bilhões.

O crescimento das exportações, por sua vez, alcançou 73% no Triângulo Mineiro, 44,4% no Vale do Aço, e 35,4% no Centro-Oeste do estado, fazendo inveja ao aumento de 22% na Grande Belo Horizonte. As vendas externas de Minas avançaram 28%, em média, para US$ 17,539 bilhões, com base nas estatísticas mais recentes analisadas pela Fiemg de janeiro a setembro de 2017.


Fonte: em.com.br

1, 2, 3, 5, 8... (PERDEMOS A CONTA!) | MORADOR FLAGRA INFESTAÇÃO DE RATOS EM VARGINHA

Um vídeo mostra uma infestação de ratos na Rua Marcelo Brito Filho, no bairro Eldorado, em Varginha. Veja nas imagens enviadas a TV Alterosa Sul de Minas, o flagrante.





Criança de 4 anos foi atropelada em Perdões; ela está internada em Lavras

A criança foi atropelada por uma motocicleta, a menina está internada na UTI do hospital Vaz Monteiro


Na noite deste domingo (28), por volta de 22h, uma criança de 4 anos foi atropelada por uma motocicleta na praça Zoroastro Alvarenga, a praça da Matriz, como é conhecida a praça da cidade de Perdões. O motociclista que atropelou a criança se apavorou e, temendo a reação da população, tentou fugir e bateu em um automóvel que estava estacionado. Ele foi contido e detido pela Polícia Militar.

A criança, uma menina, foi socorrida por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e trazida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Devido ao seu estado de saúde, foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Vaz Monteiro. Não se tem informação ainda sobre o estado de saúde da menina.

O motociclista foi levado pela PM até a Delegacia de Polícia de Perdões. Foi realizado o teste com o etilômetro, que constatou que ele não havia ingerido bebidas alcoólicas. A polícia constatou também que o motociclista é habilitado e estava com toda a documentação em dia. Ele foi ouvido pela autoridade competente e depois foi liberado.

Moradores de Perdões entraram em contato com a redação do Jornal de Lavras e pediram providências por parte da prefeitura da cidade em colocar uma câmera de monitoramento naquela praça ou então um guarda municipal para inibir crimes e ações perigosas, como condução de veículos em alta velocidade. Eles lembraram que a praça da Matriz foi local de duplo homicídio no carnaval de 2015, quando dois jovens, de 20 e 18 anos, foram assassinados.


Fonte: Jornal de Lavras

Governo de Minas Gerais amplia decreto de situação de emergência em saúde pública

Objetivo é facilitar e agilizar a adoção de medidas necessárias ao enfrentamento da febre amarela em 162 municípios mineiros




O Governo de Minas Gerais publicou, nesta quinta-feira (25/1), uma ementa ao decreto que declara Situação de Emergência em Saúde Pública Regional, ampliando a área de abrangência para as regionais de saúde de Barbacena e Juiz de Fora. O decreto tem vigência pelo período de 180 dias, em razão do registro de casos prováveis de febre amarela no Estado.

No decreto publicado no dia 20/1, 94 municípios integravam a área de Situação de Emergência em Saúde Pública Regional, nesta quinta-feira (25/1), com a publicação desta ementa, mais 68 cidades foram adicionadas, totalizando 162 municípios. Para ter acesso ao decreto na íntegra, clique aqui. Para conhecer a ementa publicada nesta quinta-feira, clique aqui.

A publicação do decreto tem o objetivo de facilitar e agilizar a adoção de medidas necessárias ao enfrentamento da doença. O Governo do Estado de Minas Gerais poderá adquirir insumos e materiais, bem como contratar por tempo determinado serviços estritamente necessários ao atendimento da situação emergencial, sem a necessidade de realizar licitação, para os municípios que integram a área de abrangência das Unidades Regionais de Saúde de Belo Horizonte, Itabira, Ponte Nova, Barbacena e Juiz de Fora.

“A ampliação do decreto para os municípios que integram as regionais de Barbacena e Juiz de Fora se justifica diante da ocorrência de casos da doença em humanos nessas regiões. A partir de agora está garantida a tramitação em caráter de urgência de todos os procedimentos relacionados à referida situação de emergência em saúde pública regional também para essas regiões”, explica o subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde, Rodrigo Said.

Desde o início do 2º período de monitoramento da febre amarela (julho/2017 a junho/2018), foram confirmados 47 casos em Minas Gerais, destes casos, 25 evoluíram para óbito e outros 99 casos continuam em investigação.

Na Regional de Juiz de Fora foram confirmados casos nos municípios Goianá (1 óbito), Mar de Espanha (1 óbito) e Juiz de Fora (um caso). No município de Piranga pertencente à Regional de Barbacena foi confirmado 1 caso da doença. Detalhes dos casos no boletim.

Ações de enfrentamento à febre amarela

As ações de prevenção e controle da Febre Amarela estão sendo desencadeadas nos municípios afetados e limítrofes, mesmo sem confirmação laboratorial.

Dentre as ações desenvolvidas pela SES-MG nas localidades, destacam-se a intensificação da vacinação de rotina, conforme o Calendário Básico de Vacinação, intensificação da vigilância de epizootias de primatas não humanos (morte de macacos), investigação entomológica (de insetos) e vigilância laboratorial das síndromes febris icterohemorrágicas (SFIHA).

Diante da ocorrência de casos humanos ou epizootias (morte de macacos) pela doença em determinada região, a determinação da SES-MG é de que a intensificação vacinal seja iniciada imediatamente, casa a casa, com verificação do Cartão de Vacinação, devendo ser realizada prioritariamente nos domicílios e Peri domicílios dos casos suspeitos, sendo estendida por todo o município.

Somado a isso, a SES-MG tem emitido alertas e realizado reuniões para discussão da situação com as regionais de saúde e municípios do estado.

Vacinação

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) reforça que a medida mais importante para prevenção e controle da febre amarela é a vacinação. Por este motivo, toda a população que reside ou que se desloque para regiões silvestres, rurais ou de mata de áreas com recomendação de vacina (ACRV), deve se imunizar no posto de saúde mais próximo de sua casa.

Pessoas com mais de 59 anos deverão consultar a equipe de saúde para avaliação do benefício desta imunização, levando em conta o risco da doença e o risco de eventos adversos nesta faixa etária e as contraindicações. Da mesma forma, as gestantes deverão consultar a equipe médica para que esta avalie as contraindicações.

A vacina contra febre amarela está disponível, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), em todas as unidades de saúde, e deve ser administrada pelo menos 10 dias antes do deslocamento para áreas de risco.

- Clique aqui e tire suas dúvidas sobre a Febre Amarela.

Fonte: Agência Minas

Codemig assume administração das Thermas Antônio Carlos, mas corta banhos oferecidos pelo SUS

Moradores de Poços de Caldas também perderam desconto de 50% em serviços.



Depois de 27 anos, o Estado assumiu a administração das Thermas Antônio Carlos, em Poços de Caldas (MG) através da Codemig, a Companha de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. O problema é que alguns serviços oferecidos aos moradores pelo SUS foram cortados, como por exemplo, o tratamento com banhos.

Desde o último dia 15, o prédio e todos os serviços deixaram de ser administrados pelo município. Além do fim dos tratamentos indicados pelo SUS, também acabou o desconto de 50% oferecido para quem mora em Poços de Caldas (MG).

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, só no ano passado, foram 12.303 atendimentos pelo SUS nas Thermas Antônio Carlos. Parte desses atendimentos deverá ser feita agora no Balneário Mário Mourão, que por enquanto está em reforma. Mesmo assim, a prefeitura diz que o espaço é bem menor e que não tem estrutura para atender ao mesmo número de pessoas.
"O prédio tem outra condição, muito menor, mas o que puder ser oferecido para a população lá, vai ser oferecido. O prédio é muito bom, as condições vão ser ótimas também, os banhos serão muito adequados. O que nós pudermos transferir ok, mas o que não a gente espera que a gente possa ter um entendimento bastante racional, razoável com a Codemig", disse o secretário de Saúde, Carlos Mosconi.

Em nota, a Codemig disse que é uma empresa pública indutora do desenvolvimento e que gere receitas destinadas a investimentos em projetos e ações de fomento em prol de Minas Gerais e dos mineiros. Além disso, a Codemig diz que, por isso, não estão sendo praticadas tarifas diferenciadas nos serviços oferecidos nas Thermas Antônio Carlos.
Fonte: G1 Sul de Minas

Grave acidente na BR-265 deixa três mortos



As três vítimas do acidente eram moradoras de Lavras


Um acidente envolvendo três veículos na rodovia BR-265, na manhã deste sábado, matou três pessoas. O acidente aconteceu no km 340, próximo a entrada do Parque Francisco de Assis, em Lavras.

O automóvel Ford Fiesta placas HLG-4011, de Lavras, dirigido por Carlos Alberto de Oliveira, 51 anos, seguia sentido Itumirim Lavras e, segundo testemunhas, em alta velocidade.

Na curva, logo após a entrada do Parque Francisco de Assis, Carlos Alberto entrou cortando um automóvel, quando deu de frente com outro veículo que seguia no sentido contrário. Carlos Alberto saiu para o acostamento, rodou, voltou para a pista e bateu na caminhonete Fiat Strada, que seguia sentido Lavras Itumirim e no automóvel Astra Chevrolet.

No veículo Fiat Strada estava o casal Geraldo Canestri Filho, de 66 anos, e sua esposa Maria Esméria Carvalho Canestri, de 62 anos. O casal morreu no local, bem como o motorista do Fiesta, Carlos Alberto de Oliveira. Os ocupantes do outro automóvel, o Astra, não tiveram ferimentos.

O Corpo de Bombeiros retirou as vítimas das ferragens, elas foram levadas pela Funerária Carvalho para o Instituto Médico Legal (IML) "Virgílio Carvalho".

Uma filha do casal passou de motocicleta pelo local logo após o acidente, ela reconheceu a placa do carro e desceu desesperada, deparando com os pais mortos ainda dentro do veículo, ela foi amparada por bombeiros e militares da Polícia Rodoviária Estadual.

O casal morava na zona rural de Lavras, em uma propriedade próxima a entrada para o anel viário. O motorista do Fiesta também tem uma propriedade rural em Lavras.

Não foi necessário fechar a rodovia, já que os veículos envolvidos no acidente ficaram no acostamento.



Fonte: Jornal de Lavras

Trens turísticos resgatam memória histórica e cultural dos mineiros

Opção para as férias, os passeios revelam belezas naturais do estado e permitem aos turistas trilhar caminhos nas marias-fumaça e locomotivas


Aproveite os dias restantes das férias para viajar pela história de Minas Gerais nos trens turísticos que ligam cidades e povoados do estado. Com grande importância cultural para os mineiros, o trem possibilitou o desenvolvimento econômico em algumas regiões e ainda mantém viva a tradição local de contemplar belas paisagens no andar vagaroso conduzido por locomotivas e marias-fumaça.

Conhecida como Leopoldina, a primeira estrada de ferro do estado foi inaugurada pelo imperador dom Pedro II, em 1874. Ela surgiu da iniciativa de fazendeiros e comerciantes da Zona da Mata, pelo fato de o escoamento da produção ser realizado em lombo de burros até os centros consumidores mais distantes, atingindo os portos do litoral brasileiro.

O aumento do mercado consumidor americano e europeu foi o fator de maior relevância para tal expansão e construção da ferrovia. Com a instalação da estrada, a economia foi marcada pela expansão da lavoura cafeeira, transformando a Região Sudeste na mais importante do país.

A partir daí, foram surgindo várias estradas de ferro ao longo do estado, influenciando a vida dos mineiros tanto no transporte de pessoas, quanto no escoamento de produção. Vale lembrar que, até nos dias atuais, a produção de café segue como um dos principais produtos da economia mineira.

Passeios

Ainda em funcionamento, algumas das antigas estradas de ferro deram espaço ao transporte turístico de passageiros em trechos que ligam cidades já conhecidas por turistas que chegam ao estado. Com apoio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-MG), reunimos informações de cinco passeios de trem para quem quer conhecer Minas Gerais de um jeito diferente.

Confira, a seguir, as cidades por onde eles circulam, os dias e os horários das partidas, os preços das viagens e, claro, não perca o trem!

A saber, são três marias-fumaça, que fazem São João del-Rei a Tiradentes, São Lourenço a Soledade de Minas e Passa Quatro a Coronel Fulgêncio.

Não é possível esquecer, também, do trem que liga Ouro Preto a Mariana e do único trem diário de passageiros do Brasil, que liga Belo Horizonte a Cariacica (ES), com paradas em diferentes cidades mineiras e capixabas, entre as quais Barão de Cocais, Governador Valadares, Ipatinga e Aimorés.

Ah, esse “trem”!

Claro que não se pode deixar de falar que “trem” é uma expressão muito utilizada no mineirês, e que serve para tudo... tudo mesmo. É usado para comida, objetos, sentimentos e inúmeras ações. O significado da palavra, nos dicionários, destaca o trem como ‘aqueles objetos que formam a bagagem de um viajante’. Daí você entende que o trem de ferro apenas recebeu tal nome por transportar os “trens” dos passageiros.

Roteiros:





Trem da Vale

O trecho ferroviário que liga Ouro Preto a Mariana encanta visitantes do Brasil e do mundo com seus 18 km de história, cultura e belezas naturais. De um lado, a primeira vila e capital de Minas – Mariana. Do outro, uma cidade que é patrimônio mundial e atrai turistas de todos os cantos do mundo – Ouro Preto.

A viagem de aproximadamente uma hora é incrível pelas belezas quase intactas da antiga rota do ouro, pela vegetação que varia entre a Mata Atlântica e o Cerrado e, claro, pela arquitetura barroca com mais de 300 anos de história. O vagão panorâmico propicia melhor visualização da paisagem e antigas estações existentes no trajeto.

Com funcionamento de sexta-feira a domingo, e também nos feriados, o Trem da Vale oferece dois tipos de composição: panorâmico e convencional. Para quem deseja fazer o passeio é preciso ter atenção quanto aos horários de saída.

Confira as partidas nas sextas-feiras, sábados e feriados: Ouro Preto (10h e 14h30) e Mariana (13h e 16h). Aos domingos as partidas acontecem, de Ouro Preto (10h e 16h) e Mariana (14h30).

As passagens apresentam dois grupos de valores. Na alta temporada (janeiro, julho e feriados), em carro convencional a tarifa inteira é de R$ 50. Já no carro panorâmico é de R$ 76. Na compra das passagens ida e volta, o turista tem desconto. A ida e volta no carro panorâmico custa R$ 100 e no convencional R$ 70.

No período de baixa temporada (demais meses, exceto feriado) as tarifas de ida e volta custam R$ 66, para o carro convencional, e R$ 90 no carro panorâmico. Já o valor por trecho tem custos de R$ 46 e R$ 70, respectivamente para os carros convencional e panorâmico.

Mais Informações: Pelos telefones (31) 3551-7705 / 3557-3844 ou pelo site (Trem da Vale).
Locais de Embarque: Ouro Preto: Praça Cesário Alvim, s/n. – Barra. Mariana: Praça Juscelino Kubitschek, s/n. – Centro.

Compra de Bilhetes: Internet (diariamente) e bilheterias nos locais de embarque (de quarta a domingo de 8h30 às 17h).



Trilhos de Minas

Com capacidade para 280 passageiros, a Maria Fumaça faz o trajeto de 12km entre as cidades de São João del-Rei e Tiradentes, no Campo das Vertentes, em uma das poucas locomotivas a vapor no mundo que ainda rodam em bitola de 76 centímetros. A duração do passeio é de 40 minutos.

No passeio, a composição passa pela antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (Efom), inaugurada em 1881 por D. Pedro II, cruzando fazendas centenárias, rios, montanhas e estações que preservam a arquitetura do século XIX. Nas estações é possível contratar serviço opcional, e voltar ao tempo fantasiando com vestimentas de época e posando para fotografias.

O itinerário conta com viagens de quinta-feira a domingo e nos feriados. As saídas acontecem, a partir de São João, às 10h e 14h (5ª feira); às 10h, 13h30 e 15h30 (6ª feira e sábado) e às 10h e 13h30 aos domingos e feriados. No trecho com início em Tiradentes: 11h30 e 16h (5ª feira); 11h, 14h30 e 16h30 (sexta e sábado) e 11h e 14h30 aos domingos e feriados.

O valor da passagem é de R$ 60 por trecho. Para compra ida e volta, o valor do ticket é de R$ 70. Confira pelo telefone (32) 3371-8485 as condições nas quais se aplicam o meio-passe.

Mais informações: (32) 3371-8485.
Locais de Embarque: São João del-Rei: Rua Hermilia Alves, 366, Centro. / Tiradentes: Praça da Estação s/nº.
Compra de Bilhetes: Bilheterias nos locais de embarque (de quinta a domingo a partir das 9h).




Trem das Águas

São apenas 10km entre as cidades de São Lourenço e Soledade de Minas. No entanto, os viajantes poderão usufruir de um trajeto de bela paisagem e muito verde. O trem tem capacidade para 450 passageiros e em todo o trajeto é possível adquirir bebidas e lembranças.

O percurso de ida margeia o Rio Verde e tem parada final na Estação de Soledade de Minas, datada de 1884. O prédio resgata as características originais, mas garante toda infraestrutura e acessibilidade necessárias para a operação.

No retorno a São Lourenço, violeiros animam a viagem até a chegada à estação, local em que o turista tem à disposição outra feira de artesanato, loja de bebidas (cachaças, vinhos, licores) e um confortável bar para tomar um cafezinho ou um saborear um lanche.

O passeio tem duas horas de duração, sendo 40 minutos na ida e 40 minutos na viagem de retorno, com 40 minutos de parada em Soledade. As viagens acontecem aos sábados, às 10h e às 14h30, e aos domingos, às 10h.

As passagens são vendidas ao preço de R$ 65, na classe turística, e R$ 85 na classe especial, sendo que, nessa última, o passageiro tem a oportunidade de degustar produtos da região, como queijos, cachaças, vinhos e doces. Os preços valem para os trechos de ida e volta.

Informações: (35) 3332-3011 ou pelo e-mail: tremdasaguas@abpf.com.br.
Local de Embarque: Praça Ismael de Souza, nº: 9, Centro.
Compra de Bilhetes: no local de embarque (aos sábados e domingos). Para reserva de grupos, deverá ser realizada via telefone ou e-mail, em horário comercial e finais de semana.



Trem da Serra

O Trem da Serra faz o percurso entre as cidades de Passa Quatro e Coronel Fulgêncio, com capacidade para 118 passageiros, percorre 12 km em duas horas, com parada. Na estação, os passageiros podem visitar uma exposição fotográfica no hall ao som de música típica regional.

Após a partida o trem se dirige a estação Manacá, onde é feita uma breve parada e os turistas podem visitar uma feira de artesanato e guloseimas enquanto a locomotiva é preparada para a subida da serra, onde os turistas podem contemplar as corredeiras do Manacá e a ponte Estrela.

Em Coronel Fulgêncio, os passageiros podem conhecer a exposição fotográfica de minisséries filmadas no local, Mad Maria e JK, fotos de máquinas e carros recuperados pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF); e fotos da Revolução Constitucionalista de 1932.

As viagens têm início em Passa Quatro, aos sábados às 10h e às 14h30 (horário este sujeito à confirmação) e aos domingos, às 10h. Em feriados e épocas de maior movimento são oferecidas viagens extras, mas que devem ser confirmadas na estação. A passagem tem custo de R$ 55.

Mais informações: pelo telefone (35) 3371-2167 ou e-mail: tremdaserrap4@abpf.com.br.
Local de Embarque: Avenida Benedito Valares, 159 - Praça Doutor Paulo de Frontin, s/nº - Estação Ferroviária, em Passa Quatro (MG).
Compra de Bilhetes: no local de embarque aos sábados e domingos. Para passeios em grupos e fretamentos, deve-se entrar em contato via telefone.



Trem Vitória-Minas

É a viagem mais longa feita de trem no Brasil. Passa por cidades coloniais e pontos históricos de Minas que ficam às margens dos rios Doce e Piracicaba, contando com paisagens belíssimas. Por ser uma viagem longa, o trem conta com um vagão lanchonete e um vagão restaurante. Há também um vagão exclusivo para portadores de necessidades especiais.

As cadeiras têm mesinhas e tomada para o uso de computador ou recarga do celular. Possui ar condicionado, internet wi-fi e conteúdo de entretenimento off-line gratuitos. Ao abrir o ambiente virtual, o usuário acessa um espaço personalizado e amigável, com filmes e shows de sua preferência, sem a necessidade de conexão, nem de instalação de softwares adicionais ou aplicativos.

Com partidas diárias de Belo Horizonte, às 7h, e de Cariacica (ES), às 7h30, o Trem Vitória-Minas tem capacidade para transportar 1.700 passageiros e percorre 664km em 13 horas. São 30 pontos de embarque e desembarque em todo o trajeto e um trem adicional que faz o percurso entre Itabira e Nova Era.

Os valores dos bilhetes variam de acordo com o trecho viajado. Por exemplo, caso você faça todo o trajeto, o valor é de R$ 73 na classe econômica e R$ 105 na executiva, no entanto, caso sua viagem tenha fim em Barão de Cocais, o valor será de R$ 22 (econômica) e R$ 36 (executiva). Valor válido por trecho.

Mais informações: pelos telefones (31) 3279-4366 ou 0800 285 7000. Acesse as regras para meio passe e isenção das tarifas no site do Trem Vitória-Minas (clique aqui).
Locais de embarque: Belo Horizonte: Rua Aarão Reis, 425, Praça da Estação – Centro; Cariacica: Av. Mario Gurgel, s/n – Jardim América; Demais locais: Estação da cidade atendida.
Compra de Bilhetes: Bilheteria no local de embarque e site.


Fonte: Agência Minas

PRISÕES POR TRÁFICO DE DROGAS EM ITAMONTE



Após diversas denúncias de que duas mulheres, uma de 38 anos e o outra de 21 anos, se associaram para realizar tráfico de drogas no bairro Parque Monte Verde, em Itamonte, a Polícia Militar realizou operação policial que culminou na apreensão de: uma porção de substância análoga a maconha; um invólucro grande com substância semelhante à cocaína; uma pedra de substância análoga a crack de tamanho suficiente para fracionar em cerca de quinze porções daquelas para venda a usuários; uma pedra pequena de substância semelhante a crack embalada em saco plástico pronto para a venda; uma balança de precisão e dois potes de fermento químico, geralmente usado para preparo de cocaína em pó; grande quantidade de saquinhos plásticos tipo “sacolé” comumente usados para embalar drogas; uma sacola contendo 100 (cem) pinos vazios comumente usados para embalar cocaína, além de outros três pinos também vazios que estavam em cima de um quadro. 

Durante as buscas ainda foram encontrados R$ 227,00 (duzentos e vinte e sete reais) em notas diversas; além de R$ 9,71 (nove reais e setenta e um centavos) em moedas; e cinco celulares. Na casa ainda havia três botijões de gás, além daquele que estava acoplado no fogão da casa. De acordo com denúncias, autores de furtos de botijões de gás trocavam os materiais por crack no local. 

Diante do exposto, os materiais descritos e arrolados em campo próprio foram aprendidos e encaminhados a delegacia. As autoras foi dada voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. 

Cabe ressaltar que no dia 17/01/2018, uma das autoras foi presa por receptar bicicleta produto de furto, a qual denúncias posteriores à prisão apontam foi trocada em crack em sua casa. Ela ainda possui passagens criminais por tráfico de drogas e porte de arma. Os presos e o adolescente apreendido foram entregues ilesos na Delegacia de Polícia para demais providências.


Com informações e foto 57 BPM

Dupla é presa por furto e por fraudar documentos para saques do PIS em cidades do Sul de Minas

Eles foram presos em Itajubá após furto de carro e confessaram que estavam na cidade para praticar golpe.



Dois homens foram presos na noite desta quinta-feira (25) em Itajubá (MG) suspeitos de aplicar golpes para conseguir saques do PIS em agências da Caixa Econômica Federal. A polícia chegou até os suspeitos após eles furtarem um carro na cidade.

Conforme a polícia, os dois homens estavam hospedados em um bairro da cidade, onde foram encontradas várias identidades falsas, além de diheiro e outros documentos. Eles disseram que já teriam aplicado os golpes em Cambuí e Extrema e que ainda iriam agir em outras cidades da região.

Os suspeitos vão responder por furto qualificado, falsidade ideológica e pelo crime federal de saque/fraude à Caixa Econômica Federal.

Fonte: G1 Sul de Minas

CHUVA EM VARGINHA TRAZ PREJUÍZOS

A chuva dessa última quinta-feira (25) em Varginha trouxe prejuízos. No bairro Jardim Aeroporto, parte da estrutura de um galpão caiu. Segundo os bombeiros, foram 8 chamados para atender ocorrência.
Acompanhe a reportagem da TV Alterosa Sul de Minas.



Macacos são vítimas da falta de informação sobre febre amarela

A preservação dos macacos é essencial para a prevenção da febre amarela. E a morte ou tentativa de morte desses animais é crime ambiental.




As notícias sobre um surto de febre amarela no país, especialmente em algumas regiões, trouxe, além da preocupação com essa doença, a desinformação, gerando mais um dado triste: algumas pessoas, especialmente residentes em áreas rurais e com risco de contaminação, passaram a cometer um crime, matar macacos por medo de contágio, achando que isso ajudaria a combater a febre amarela.

Mas não existe razão alguma para se acreditar que macacos possam oferecer riscos à população. Na verdade, quem transmite a febre amarela é o mosquito Haemagogus, nunca o macacos. O que acontece é que o mosquito atinge primeiro os macacos, que adoecem e morrem. Então, exatamente ao contrário do que possa parecer a morte do macaco com a doença é um importante sinalizador de que o mosquito está naquela região, antes que possa ter picado alguma pessoa. O macaco não prolifera a febre amarela.
Devemos pensar em todas as espécies de macacos como guardiões, ou seja, encontrar esses animais mortos ao redor de áreas de mata pode indicar a presença do vírus na região, o que vai gerar a necessidade de campanha de vacinação das pessoas, antes que ocorram casos humanos da doença.

Portanto, a preservação dos macacos é essencial para a prevenção da febre amarela. É preciso informar a Secretaria de Saúde do seu município sempre que encontrar esses animais mortos, para que a causa dos óbitos seja investigada.

Então, macacos não devem ser mortos por conta da febre amarela! Pelo contrário, afinal, existe vacina gratuita que imuniza todos que a tomam! Não há qualquer razão para matar os macacos! Denunciem caso souberem ou presenciarem a morte ou tentativa de morte de macacos, pois se trata de crime ambiental.


Matar ou agredir macacos - ou qualquer animal silvestre - é crime ambiental, com pena de até um ano de prisão e multa.


COMO DENUNCIAR:


O Ibama recebe denúncias de maus-tratos a animais silvestres pelo telefone 0800-618080 (de segunda a sexta, das 8h às 18h), pelo site E-Ouv e presencialmente em todas as suas unidades. Fotos e vídeos facilitam a investigação do crime e a identificação dos responsáveis.

Novas atualizações sobre a questão da febre amarela em São Tomé das Letras





O Departamento de Saúde de São Tomé das Letras-MG vem a público informar que os exames complementares da FUNED, confirmaram a morte do turista por febre amarela . Ele residia em São Paulo, tinha 47 anos, e visitava a cidade . Porém, o departamento ainda não pode precisar se o paciente foi infectado aqui ou em sua cidade de origem.
Outro caso suspeito está aguardando o resultado dos exames e continua internado no Hospital São Sebastião em Três Corações.


A melhor prevenção contra a doença é a vacinação (dose única), que está disponível para moradores e visitantes na Unidade Básica de Saúde, situada à rua Plínio Pedro Martins nº 480. Do dia 25/01 a 27/01 o horário de vacinação foi ampliado das 7 hs as 19 hs. É importante levar um documento oficial com foto ou carteira de vacinação.

As pessoas que pretendem viajar para o Estado de Minas Gerais devem se vacinar com 10 dias de antecedência a viagem, período para estar imunizada após receber a dose.

O departamento de saúde municipal informa as seguintes medidas de prevenção:

1 ) Ampliação do horário de vacinação na Unidade Básica de Saúde.

2 ) Campanha de vacinação na praça matriz dia 26/01, das 8hs as 16 hs.

3 ) Visitas domiciliares na área urbana pelos agentes de saúde e endemia, visando a conscientização e fiscalização para limpeza de quintais e terrenos, caixas d’água e orientação para os moradores. (O departamento pede a colaboração de todos para receber os agentes).

4) Na área rural a equipe de saúde administrará vacinas nas residências no período das 16 hs às 19 hs (o horário diferenciado visa encontrar os moradores nas residências).
Para esclarecimentos ou dúvidas sobre quem pode ou não tomar a vacina, podem ser feitos através dos telefones: (35) 3237- 1267 (PSF Rural) ou 3237-1580 (Unidade de Saúde).

Fonte: ASCOM STL ( Assessoria de Comunicação Prefeitura de São Tomé das Letras).
Foto: Arte divulgada em redes sociais.

ORIENTAÇÕES PARA A VACINAÇÃO DE FEBRE AMARELA EM CAMBUQUIRA



As salas de vacinas estão localizadas no ESF NOROESTE que realiza o atendimento para a vacina febre amarela nas terças - feiras e ESF ALTO DA LAVRA nas quintas-feiras, com horário de funcionamento de 8h às 16h para realizar os procedimentos de imunizações necessários para os agravos imunoprevíniveis em saúde.

ORIENTAÇÕES PARA A VACINAÇÃO DE FEBRE AMARELA:

A partir dos 9 meses não vacinado: uma dose.
A partir dos 9 meses com pelo menos uma dose: considerar vacinado.
Gestantes NÃO VACINADAS: Deverá ser vacinada somente se for se deslocar para área com transmissão ativa da doença.
Gestantes VACINADAS: Não administrar nenhuma dose. -
Considerar vacinada.
Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses NÃO VACINADAS: Deverá ser vacinada somente se for se deslocar para área com transmissão ativa da doença. Suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação.
Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses VACINADAS: Não administrar nenhuma dose. Considerar vacinada.
Pessoas acima de 60 anos NÃO VACINADAS: Deverá ser vacinada somente se for se deslocar para área com transmissão ativa da doença. É fundamental que o serviço de saúde faça a avaliação, perguntando se a pessoa não se enquadra nas contra indicações antes de administrar a vacina.
Viagens Internacional: Vacinação ou Profilaxia NÃO VACINADOS: Administrar uma dose pelo menos 10 dias antes da viagem, respeitando as precauções e contra indicações da vacina.
Viajantes para áreas com vigência de surto no país ou para países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia VACINADOS: Não administrar nenhuma dose. Considerar vacinado.
No caso de dúvidas em relação às comorbidades e contra indicações, consultar Nota Informativa n⁰94 de 2017/CGPNI/DEVIT/SVS/MS:
http://www.saude.mg.gov.br/…/Nota%20Informativa%20dose%20%C…




ASCOM/PMC

São Lourenço também na luta contra o mosquito Aedes Aegipty




Como uma das etapas da campanha de combate ao mosquito Aedes Aegipty, a equipe da Secretaria de Saúde realizará mais um mutirão, dessa vez no bairro Nossa Senhora de Lourdes, neste sábado 27/01. Os mutirões estão sendo promovidos pelo Setor de Epidemiologia com apoio da Secretaria de Infraestrutura, SAAE e Defesa Civil, que passam pelas ruas dos bairros recolhendo os materiais descartados.


Os moradores devem colocar os materiais na calçada para que sejam recolhidos, entre 7h e 9h. Vale lembrar que estes materiais não são lixos comuns ou entulhos de obras, mas sim aqueles materiais que podem se tornar foco do mosquito e que a coleta não recolhe no dia a dia, como por exemplo, pneus, baldes, garrafas, pedaços de móveis velhos, etc.

Em 2017, foram recolhidas cerca de 18 toneladas de materiais que poderiam se tornar foco do mosquito, através dos mutirões realizados e que terão continuidade este ano.

As atividades em prol desta campanha estão sendo realizadas também com as visitas dos Agentes nas casas e a fiscalização de lotes e terrenos.

Ruas do bairro N.S.de Lourdes que participarão do mutirão– sábado 27/01/2018
Arthur Francisco Póvoa
Alam Cristóvão Chiaradia
Alam Prof Sebastião Justino Ferreira
Alam Antônio Lorenço Bitencourt
Alam Prof. Mário Neves
Pedro Silvestrini
Tufaile Jorge Chair
Amadeu Pinto Lima
José Florentino da Silva
Luíz Lobo
Alam Lívio Bacci
Rua Antônio de Lorenzo
José Simeão Dutra (da Pedreira até a E.M Manoel Monteiro)
Alameda C
Vereador Ari do Nascimento
Prof Dari S de Paula
Trav F de Souza
Rua 9
Rua 7
Rua 8
Rua Direita
Alameda B
Alameda C
Alameda D
Alameda Léa Silva
Alameda G
Alameda H
Mauro Afonso de Carvalho
Henrique Cafasso
Trav Messias Policarpo
Tomé Jerônimo
Sebastião Vargas de Carvalho
Casas Populares novas

ASCOM/PMSL