Cidades do Sul de Minas comemoram a chegada do SAMU


A Região composta por 34 municípios que aderiram ao SAMU entram em uma nova fase de atendimento médico a partir de hoje, dia 31 de janeiro. Trata-se da implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência do qual Aiuruoca, São Lourenço, Caxambu e mais 31 cidades do Sul de Minas fazem parte. O serviço é inovador e será capaz de diminuir ainda mais as emergências médicas em pronto socorro, podendo, de acordo com a enfermidade oferecer o tratamento e o suporte médico sem levar o paciente ao Hospital estabilizando o paciente em sua própria residência.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que vai atender 153 municípios do Sul de Minas, foi inaugurado nesta sexta-feira (30/01) em Varginha (MG). O serviço entra em operação após a data de início dos trabalhos ter sido adiada por três vezes. O custo de instalação da estrutura gira em torno de R$ 3 milhões. O Samu Regional será mantido através de um consórcio formado entre todos os municípios beneficiários.
Os 153 municípios atendidos estará divididos em 34 bases. Para ter acesso ao serviço, os usuários terão que ligar para o número 192.
O novo Samu traz também câmeras em cada uma das 43 ambulâncias recebidas. Nove delas são UTIs móveis. As imagens poderão ser acompanhadas pelos profissionais da central de operações, facilitando e monitorando os atendimentos.
A implantação do sistema foi adiada por três vezes desde outubro de 2014. Primeiro por problemas com convênios e com o governo do estado e depois porque faltavam médicos para o quadro de serviços. Os adiamentos também causaram transtornos para os profissionais convocados para o serviço.
Confira as 34 cidades onde o Samu passa a ter base no Sul de Minas:
Aiuruoca, Alfenas, Boa Esperança, Cambuí, Campos Gerais, Carmo do Rio Claro, Cássia, Caxambu, Delfinópolis, Extrema, Guapé, Guaxupé, Itajubá, Lambari, Lavras, Luminárias, Machado, Nepomuceno, Nova Resende, Ouro Fino, Paraisópolis, Passos, Piumhi, * Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita de Caldas, Santa Rita do Sapucaí, São Gonçalo do Sapucaí, São Lourenço, São Roque de Minas, São Sebastião do Paraíso, Três Corações, Três Pontas e Varginha.
Poços de Caldas, onde o serviço já funciona, é considerado como uma base do Samu Regional. No entanto, a cidade não faz parte do Cissul, o consórcio criado para operar a nova estrutura inaugurada nesta sexta-feira.

Quando devo chamar os Bombeiros ou o SAMU? - No momento da emergência, sempre surge aquela dúvida sobre qual órgão deve ser acionado para socorrer um acidentado. Chamo os bombeiros ou o SAMU? A prestação de primeiros socorros ou atendimento pré-hospitalar (APH), atualmente, é uma competência concorrente entre algumas instituições públicas, como os Corpos de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o conhecido SAMU, disciplinada pela Portaria 2048/2002 do Ministério da Saúde.
Primeiramente, é bom que se frise que, apesar da prestação de primeiro socorros ser realizada pelos dois órgãos, Bombeiros e SAMU não são a mesma coisa! Aí surge a questão, em que casos devem ser acionados cada órgão? Via de regra, considerem que as emergências envolvendo risco, além dos danos pessoais causados pelo próprio acidente, devem contar com  a presença dos bombeiros a fim de estabilizar as condições de insegurança. De uma forma geral, considere a tabela abaixo para saber quando acionar os Bombeiros (193) ou o SAMU (192):


Use esta tabela para saber quando chamar os bombeiros ou o SAMU

Há outras situações, inclusive, que bombeiros e SAMU trabalham de maneira integrada. Por exemplo:

Acidente com motorista preso em ferragens e risco de vazamento

A cena consiste em um acidente de trânsito com vazamento de combustível, havendo uma vítima presa nas ferragens. Nesse caso, ao passo em que controlarão o risco de incêndio devido ao vazamento, os bombeiros efetuarão a retirada da vítima das ferragens, repassando, então, aos cuidados da equipe de primeiros socorros (que poderá ser dos próprios bombeiros ou do SAMU).
Utilizando essa informação você irá poupar tempo, fator crucial em qualquer atendimento de emergência. Ajude a salvar vidas, divulgue!

CAMINHÃO CARREGADO COM PALHA DE ARROZ TOMBA PRÓXIMO A BAEPENDI

Um Caminhão carregado com palhas de arroz, tombou na mnhã de hoje (30/01) próximo ao bairro Biquinha no KM-286 da BR-267 no município de Baependi-MG.
Carga de palha ficou espalhada em um sentido da pista / Foto: PRF
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) O motorista da carreta não sofreu ferimentos leves e passa bem. Toda a carga de palhas de arroz ficou espalhada em um sentido da pista. A PRF, sinalizou o trecho e a transportadora enviou um caminhão de apoio para tentar recuperar parte da carga.


Fonte: Popular.net

Fica Samantha é uma história real de uma mãe que luta para não perder sua filha



Um casal de brasileiros vai morar nos EUA e tem uma filha por lá. O casal, Flavia Harpaz e Mauricio Levy Sadicoff.
Quando a criança tinha menos de um ano, os pais se separam/divórcio de forma conflituosa (a mãe, Flavia, ganhou nos EUA uma ordem de proteção (contra o pai que se tornou violento).

Desesperada, a mãe ganha na justiça americana o direito de vir ao Brasil por 16 dias. Vem com a filha para o Brasil e decide recomeçar a vida por aqui. E não volta mais...Quem voltaria?

Cria, então, a menina (Samantha) ao lado dos próprios pais e também dos avós paternos, primos e tios, todos moradores do Rio de Janeiro.

A criança convive e interage com ambas as famílias, no Brasil (convívio esse que vídeos e fotos, estão postados na pagina do Facebook).

A mãe tenta, em vão, vários acordos com o pai. (Uma das tentativas, uma carta, também está postada na pagina do Facebook).

Inúmeros emails foram enviados pela mãe convidando e pedindo ao pai que viesse ver a filha, no Rio de Janeiro.

Ele, provavelmente magoado e com o orgulho ferido, nunca quis viajar ao Brasil para ver a menina em CINCO anos!

Mas entrou com uma ação na corte de Haia em 2010, alegando o sequestro de uma estadunidense (ainda que seja filha de brasileiros, o fato de ter nascido lá faz de Samantha uma Norte-Americana/Brasileira - Samantha tem 2 passaportes).

O processo, iniciado pelo pai, acabou parando no STJ e a mãe PERDEU ha 1 mês atras.

Resultado: uma brasileirinha de seis anos, que não vê o pai ha 5 anos, (que, aliás, é acusado de ser violento) será DEPORTADA aos Estados Unidos.

E para piorar, a mãe - que foi acusada de sequestrar a filha americana - está proibida de voltar ao país ou vai presa por ordem do pai da criança.

Na prática, ela vai literalmente perder a filha, sem chance sequer de visitá-la.

A família do pai é extremamente influente no judiciário brasileiro, o que torna essa luta ainda mais difícil....


#FICASAMANTHA #STAYSAMANTHA A luta continua!


Facebook: http://www.facebook.com/ficasamantha


Instagram: www.instagram.com/ficasamantha


Twitter: www.twitter.com/ficasamantha


Pinterest: www.pinterest.com/ficasamantha

Gasolina fica mais cara a partir de domingo

Para alguns analistas as previsões da autoridade monetária estão subestimadas. Nas contas do economista do Itaú Unibanco Elson Teles, os preços administrados terão alta de 10,4% em 2015 e serão responsáveis por 2,4 pontos percentuais do resultado da inflação projetada em 7,1%. Ele prevê que a energia elétrica residencial encarecerá 30%, as passagens de ônibus 11,6%, a gasolina 10,4%, os planos de saúde 9,4%, a taxa de água e esgoto 7,4%, os remédios 4,9% e o botijão de gás 4,6%.
Teles explicou que os principais impactos sobre a conta de luz virão da alta nos custos de geração, dos encargos setoriais e dos repasses para pagamento dos empréstimos que as distribuidoras fizeram no ano passado. E no caso da gasolina, a cobrança da Cide e do PIS/Cofins será repassado ao preço final pago pelo consumidor, além do encarecimento do etanol anidro ao produtor que entra na mistura da gasolina.

Dados da consultoria Kantar Worldpanel apontam que o brasileiro gasta 6% da renda anual com serviços públicos. O levantamento aponta que entre 2009 e 2013, a parcela do orçamento familiar destinada para arcar com essa despesa cresceu 27%. Somente a conta de água teve um acréscimo de 53% e de esgoto 33%. Além disso, o dispêndio com butijão de gás, lenha e ou carvão encareceu 34% no período analisado.

Expectativa

Na opinião do ex-diretor do Banco Central Luiz Lemos Leite, com o encarecimento de preços administrados, o governo precisará ser rigoroso no controle de gastos públicos para não gerar pressões inflacionárias adicionais. Ele comentou que o Banco Central demonstrou empenho em levar a inflação para o centro da meta na ata do Copom, mas dependerá da intensidade do ajuste fiscal para ter sucesso. “As pressões desse ano são enormes, mas no longo prazo há expectativa de que a carestia volte para a meta”, disse.

Para o economista-chefe do Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ, Maurício Nakahodo, as sinalizações do Banco Central de que está comprometido em levar a inflação para meta e o anúncio de um ajuste fiscal foram bem recebidos pelos agentes econômicos. Ele explicou que 2015 será um ano de baixo crescimento, mas avalia que as medidas tomadas este ano atrairão investidores, que voltarão a confiar no país. “Na nossa visão, com as divulgações dos primeiros resultados fiscais, as expectativas dos analistas melhorará e o país voltará a atrair investimentos. As perspectivas são boas no longo prazo”, afirmou.

Mão pesada nos juros

Brasília – O Banco Central continuará a pesar a mão sobre os juros, uma vez que as pressões inflacionárias não darão trégua. A ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada ontem, afirma que os avanços alcançados no combate à carestia não são suficientes, ainda que o cenário de convergência da inflação para o centro da meta, de 4,5% ao ano, em 2016, tenha se fortalecido.

O documento considerou ainda que o balanço de riscos para a inflação está menos favorável, devido à intensificação dos ajustes de preços relativos. Além disso, ponderou que o ambiente externo permanece complexo. Na avaliação do sócio e economista-chefe do Modal, Alexandre de Ázara, o Copom aumentará a Selic em 0,5 ponto percentual na próxima reunião, em março, levando a taxa para 12,25% ao ano. Para ele, a ata indica um aperto forte, ao mencionar que, mesmo com outras ações de política macroeconômica, cabe à política monetária manter-se especialmente vigilante.

O diretor de Pesquisas Econômicas do Bradesco, Octavio de Barros, no entanto, aposta numa alta menor, de 0,25 ponto, baseado em dois itens da ata: o reconhecimento de que o ajuste fiscal pode contribuir para reduzir a demanda e a projeção de que a atividade econômica crescerá abaixo do potencial. (AT)

Fonte: www.em.com.br

Aposentada cai em golpe e perde R$ 1,5 mil

A PM registrou caso de estelionato ocorrido ontem, 28, em Três Pontas, no qual uma aposentada caiu no golpe do “bilhete premiado” e perdeu R$ 1,5 mil. Fique atento e previna-se de golpes com as dicas da Polícia Militar.
Imagem Ilustrativa. Fonte: Internet,  em 29.01.15 
Após sair de um velório, a idosa de 71 anos foi abordada por um homem negro que alegou estar com um bilhete premiado da mega sena, e em seguida por outro, branco e de olhos verdes, que disse trabalhar em um banco e que ajudaria ambos a sacarem a quantia do prêmio. O primeiro golpista pediu uma garantia em dinheiro para a aposentada em troca de conceder a quantia R$ 50 mil. Ela acreditou, entrou em um veículo com os dois autores e deslocou até a cidade de Varginha para retirar o dinheiro em uma agência bancária. A idosa sacou R$ 1,5 mil e entregou aos estelionatários, que fugiram, tomando rumo ignorado.

A vítima procurou a PM, que registrou o fato e orientou a aposentada quanto a demais providências.

Para esta modalidade de golpe, a Polícia Militar orienta a população a não acreditar em falsas promessas de prêmios como este. Tais estelionatários oferecem dinheiro fácil, mas exigem, em troca, uma “garantia” pelo benefício. Em caso de suspeita, acione a PM imediatamente, através do 190.

Fonte PMMG

PM de Meio Ambiente realiza apreensão em Baependi

Em 29 de janeiro, a Polícia Militar de Meio Ambiente, após levantamento de posse ilegal de arma de fogo no bairro Itaúna em Baependi, realizou fiscalização em duas residências da região. Na primeira residência foi encontrada 01 uma espingarda cartucheira calibre .32, 04 cartuchos recarregados calibre .32, 01 rede de pesca e 01 armadilha utilizada para captura de tatu. O autor foi preso em flagrante delito.

Já na segunda residência, foi encontrada, dentro de um paiol, uma rede de nylon de 5m², 11 cartuchos de diversos calibres, 01 frasco contendo chumbo, 43 espoletas, 01 medidor de pólvora e 03 socadores de pólvora, utilizados na recarga de cartuchos. O autor não foi encontrado. Em ambos os casos, os materiais foram apreendidos e encaminhados à delegacia de Baependi.


Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT

Paz no Trânsito, Natureza Viva!

Grandes nomes do axé trocam Salvador por Minas Gerais durante o carnaval



Pela primeira vez artistas consagrados do axé music se apresentam no carnaval mineiro; Chiclete com Banana e Olodum cantam em Ouro Preto, enquanto Banda Eva e Tomate se apresentam em Muzambinho

Os 30 anos do axé music serão comemorados no próximo mês e o ano que marca as três décadas do ritmo baiano terá um carnaval atípico em Salvador. Pela primeira vez grandes nomes do axé deixam a capital da folia durante o carnaval para se apresentarem em outras cidades. Banda Eva e Tomate cantam no Bloco Vermes & Cia, em Muzambinho, Sul de Minas. Chiclete com Banana e Olodum são atrações confirmadas no Bloco Ouro Folia em Ouro Preto, cidade mineira que está entre os dez maiores carnavais do Brasil. Claudia Leitte desfila no carnaval carioca e canta em Santa Rita do Sapucaí, cidade sul mineira. Já Ivete Sangalo e Alinne Rosa, ex-vocalista do Cheiro de Amor, se apresentam no interior de São Paulo.

Os artistas negam que exista uma crise no ritmo e afirmam que a escolha de se apresentar fora de Salvador é uma maneira de levar o axé music para outros estados. “Não acho que seja uma crise, o Carnaval da Bahia é muito grande e todas as atrações baianas estão lá. Existe uma quantidade enorme de blocos de todos os tipos que completam o Carnaval. Logo, se um artista sai um ou dois dias de Salvador para mostrar seu trabalho em outras cidades, não altera muito a dinâmica do Carnaval baiano”, afirma Rafa Chaves, vocalista do Chiclete com Banana. A banda é uma das atrações do Bloco Ouro Folia, em Ouro Preto. Eles também se apresentam em Votuporanga, interior paulista, em Floriano, no Piauí e dois dias no Bloco Nana Banana, em Salvador.

A Banda Eva é atração confirmada no Bloco Vermes & Cia, em Muzambinho, cidade localizada no Sul de Minas Gerais. O grupo baiano também canta no Bloco Nu Outro e no Bloco Eva, ambos em Salvador. Para o vocalista do grupo, Felipe Pezzoni, sair de Salvador durante o Carnaval também é uma maneira de expandir a carreira. “É bacana também difundir o nosso som, o nosso Carnaval em outros Estados. Minas Gerais consome axé o ano inteiro e os mineiros tem uma energia tão similar com a do público baiano. É bom levarmos a nossa música para outros públicos”, conta o artista.

Em Salvador, além dos tradicionais blocos de axé, os soteropolitanos vão acompanhar blocos de sertanejo, funk e forró. Anitta, MC Guimê, Jorge e Mateus, Aviões do Forró e Wesley Safadão são alguns dos artistas que estarão na folia baiana. Para Pezzoni, o fato do sertanejo e de outros ritmos terem uma forte presença no Carnaval baiano é uma das características da folia. “O Carnaval sempre foi democrático com todos os estilos musicais. Vale lembrar que há alguns anos a música do Carnaval foi “Ana Júlia” do Los Hermanos. Sempre foi dessa maneira, sempre teve espaço para todos os estilos musicais e principalmente para os estilos que estão no auge. E o sertanejo vive esse momento”, conta o vocalista do Eva.

Victor Hugo, produtor da Arena Ouro Preto Folia, acredita que esse novo cenário vem para reafirmar Minas Gerais nos circuitos de grandes shows. “Contar com grandes nomes do axé music no carnaval mineiro fortalece ainda mais a festa que já é reconhecida em todo o país. Ouro Preto está entre os dez maiores carnavais do Brasil e Minas é um dos Estados que mais consome diferentes seguimentos do mercado fonográfico brasileiro. Com essas mudanças, o público não precisa mais se deslocar até Salvador para curtir os grandes nomes da Bahia, principalmente durante a festa carnavalesca”.

Três décadas

O axé music está comemorando 30 anos de história. Em 1985, Luiz Caldas, considerado o pai do axé, emplacou a música “Fricote” em todas as rádios do país e o hit é considerado o primeiro grande sucesso do ritmo baiano. Com o passar dos anos novos artistas foram surgindo e fortalecendo o movimento como Sarajane, Daniela Mercury, Asa de Águia e Cheiro de Amor.

Nos anos 90, o axé music foi responsável por grandes sucessos no Carnaval. Hoje, o sertanejo é predominante em todas as rádios do país e também emplaca vários hits durante a folia. De acordo com a Crowley Broadcast Analysis do Brasil, agência que monitora as músicas executadas nas rádios, apenas duas canções do axé music entraram noranking das 100 mais tocadas em 2014. Ivete Sangalo, com “Tempo de Alegria”, ocupa a 82ª posição e “Lepo Lepo”, do Psirico, a 91ª. A canção mais tocada no ano foi “Domingo de Manhã”, da dupla Marcos & Belutti.

O Chiclete com Banana critica a cobrança do público por novidades no ritmo baiano. “No meu entender, acredito que o axé chegou à maior idade. Ele não é novidade porque virou adulto em seu estilo musical. O axé é uma música que sofreu muito preconceito, mas conseguiu se firmar. O sertanejo também sofreu esse mesmo preconceito e conseguiu ultrapassar. Hoje, exigem muito do axé, sempre querem alguma novidade. Mas e o samba, que é imortal, o rock brasileiro e o pop rock, quais novidades eles têm apresentado? Esses ritmos não apresentam novidades porque são estabilizados e já bem adultos. E o axé se encaixa nesta mesma situação”, diz Rafa Chaves

Já para o vocalista do Eva, Felipe Pezzoni, o problema do axé music está na falta de espaço para os novos talentos. “Não surgiram coisas novas de um tempo pra cá e as que apareceram não tiveram o espaço merecido ou necessário para existir uma renovação. Mas não acredito em crise, eu acredito em ciclo. Sempre foi dessa maneira”. Na visão do artista, o ritmo, no entanto, continua em alta. “Apesar de não ter um estilo musical que fica o tempo todo no topo, as maiores artistas brasileiras são cantoras de axé, Ivete Sangalo e Claudia Leitte. Temos representantes que são ícones da música brasileira e são cantores de axé”, conclui o artista.

Para Pedro Pioli, produtor executivo do Carnaval de Muzambinho, a presença de cantores e bandas de axé no Carnaval mineiro é uma demanda que vem do público. “As atrações dos eventos são pensadas em prol do nosso público. Focamos na tentativa de agradá-los de um modo geral combinando diferentes estilos musicais que estão classificados na mídia atual como os melhores em seu segmento artístico”, ressalta o produtor.



Informações Brasilera Comunicação

Alok e Tuta Guedes são confirmados no Carnaval de Muzambinho



Há menos de 20 dias do carnaval, O Bloco Vermes & Cia anuncia duas novas atrações que irão badalar ainda mais Muzambinho: o maior DJ brasileiro da atualidade e uma das revelações do sertanejo feminino

A organização do Bloco Vermes e Cia do Carnaval de Muzambinho, Sul de Minas, confirmou outras duas atrações para a festa: a cantora Tuta Guedes e o DJ Alok. Tuta Guedes será a responsável pelo “abre alas” da festa e se apresenta no primeiro dia de carnaval, sexta-feira, 15, no palco da avenida principal da cidade. Importante ressaltar que o primeiro dia de Bloco será na avenida e não no Parque Folia.

A cantora e compositora cresceu em uma família de artistas e começou a carreira aos 15 anos. No Carnaval de Muzambinho, Tuta Guedes vai apresentar as músicas da turnê, que também leva o nome do seu DVD, “O Motivo é Você”, gravado em São Paulo e masterizado nos Estados Unidos. “Se eu Te Pego Oh”, “Hoje Eu Vou Causar”, “Test Drive”, “Me Adora”, Anjinho da Guarda”, são algumas músicas da cantora que promete dar o que falar na folia. “Sempre ouvi falar do Carnaval de Muzambinho. Atualmente moro em São Paulo e sei que existe um imenso publico paulista que frequenta a festa. Tocar em Minas e em um evento como este é um imenso prazer. Prometo começar com pé direito o primeiro dia de festa”, afirma a cantora.

Já Alok Petrillo é considerado o maior DJ do país na atualidade. O artista é filho de Ekanta e Swarup, dois DJ’s pioneiros na música eletrônica nacional. Alok é autor dos hits “Snoop Sings”, “Puro Êxtase”, “São Paulo” e “We Are Underground”. Aos 22 anos, o DJ já se apresentou na Inglaterra, Alemanha, Austrália, Holanda, Estados Unidos, México, entre outros países. E no domingo de carnaval, 15, o DJ leva suas faixas musicais que mesclam uma pegada mais pesada originária do techno com o groove da house music para o Parque da Folia.


Outras atrações

Além das duas novas atrações, o Bloco Vermes & Cia recebe artistas do pagode, axé e sertanejo. O primeiro dia de festa será na avenida principal da cidade com Tuta Guedes e Matheus Jorente no trio elétrico, na sexta, 13. No Parque Folia, a festa começa no sábado, 14, com Bonde do Tigrão, Beat Samba House Music e Banda Eva. Domingo, 15, MC Guimê, Alok, Jana Lima e Munhoz & Mariano comanda a folia. Na segunda, 16, Tomate canta pela primeira vez em Minas Gerais durante o carnaval. O show será no trio elétrico. E Lucas Lucco, Felguk e Fernando & Sorocaba se apresentam no Palco Magic. Turma do Pagode, Homem de Lata e Projeto BPM encerram o carnaval do Bloco Vermes & Cia na terça-feira, 17.

Os ingressos para o Bloco Vermes & Cia estão à venda em Muzambinho na Art Brilho. As cidades mineiras Guaxupé, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Itajubá, Lavras, Belo Horizonte, Bom Despacho, Nova Resende, Botelhos, Cabo Verde, Passos, Andradas e Divinópolis também possuem pontos de vendas. Os paulistas podem comprar os convites na capital, em São José do Rio Pardo, Campinas, São João da Boa Vista, Mococa e São Carlos. Já os cariocas podem adquirir os ingressos em Volta Redonda. Informações como endereço e contato dos postos de vendas de cada cidade estão no site, www.vermesecia.com.br

Bloco Vermes & Cia Carnaval de Muzambinho 2015

Local: Parque Folia

Data: de 13 a 17 de fevereiro

Atrações: Sexta-feira, 13 de fevereiro: Matheus Jorente e Tuta Guedes; Sábado, 14 de fevereiro: Beat Samba, Bonde do Tigrão, Banda Eva; Domingo, 15 de fevereiro: MC Guimê, Munhoz & Mariano, Alok, Jana Lima; Segunda-feira, 16 de fevereiro: Lucas Lucco, Fernando & Sorocaba, Tomate, Felguk; Terça-feira, 17 de fevereiro: Turma do Pagode, Homem de Lata, BPM

Pontos de vendas: Muzambinho/MG: Art e Brilho; Guaxupé: Banca Martins; Poços de Caldas/MG: Inovação Modas; Pouso Alegre/MG: Tiago Ferreira; Itajubá: Fábio Haddad; Lavras: Chilli Beans; Belo Horizonte/MG: Marcos Paulo; Bom Despacho/MG: TicketBuy; Juruaia/MG: Mulher Brasileira; Nova Resende/MG: Castro Turismo; Botelhos/MG: Alquimia Presentes; Cabo Verde/MG: Água na Boca; Passos/MG: Rádio Ind FM; Andradas/MG: Aline Moretti; Divinópolis: Aline Miranda; São José do Rio Pardo/SP: Marcelo Morgan e Mix Mania; São Paulo/SP: República TOP Minas; Empório Coisas de Minas, Equipetur Viagens, Agência Juca na Balada, Comitiva Eventos, Planeta Folia, Agência Auê Folia, Lelynho.com, Fervo Mania, Loja do Ingresso, Hits Eventos e Turismo; Campinas/SP: Qual Balada - Bar Pelicano; São João da Boa Vista/SP: Raphaela Lopes, República Mansãobinho; Mococa/SP: SOS Cerveja & Cia, Ana Júlia Foragin; São Carlos/SP: República Casa Maluka; Volta Redonda/RJ: Tôa Tôa Viagens & Turismo.

Informações: www.vermesecia.com.br

Caxambuense divulga campanha para salvar bebê de 6 meses



Uma campanha iniciada na Bahia para salvar a vida do bebê Pedrinho, foi abraçada pela caxambuense residente em Jacareí-SP, Carolina Domingo Silva, que iniciou seu projeto a fim de mobilizar as pessoas de Jacareí para colaborem com a causa.

A campanha tem como objetivo arrecadar dinheiro para possibilitar uma cirurgia, que é essencial a Pedrinho, um bebê de 6 meses, que nasceu com síndrome do intestino curto e que só pode se alimentar através de sonda. Além de ter nascido com intestino curto, a pequena parcela de intestino de Pedrinho está comprometida e ele precisa fazer uma cirurgia, que só poderá ser feita nos Estados Unidos e terá um custo de aproximadamente R$ 1 milhão. Atualmente, Pedrinho está internado no Hospital Felicio Rocho em Belo Horizonte, sem possibilidade de cura. Sua família espera arrecadar o dinheiro necessário para a cirurgia.

Carolina, que também tem um filho de 6 meses, conta que soube do caso pela internet e se sensibilizou com a história. “Criei um grupo no WhatsApp (12 988671086) para as pessoas que queiram abraçar a causa poderem conversar e definir o que podemos fazer por essa família. A mãe fica de manhã com o filho mais velho, de 6 anos, e a tarde vai ao hospital ficar com o Pedrinho, o pai é motorista. Por ficar muito sensibilizada com a história, resolvi ajuda- los aqui em Jacareí, fazendo esse projeto. Preciso de ajuda de varias pessoas, quanto mais ajuda, maior a forca para esse pequeno Príncipe. Voces farão a diferença na vida desse bebê. Desde já obrigada pelo apoio e compreensão do caso. Carolina e Amigos do Pedrinho agradecem de coração”.


Quem quiser colaborar e saber mais sobre o caso do Pedrinho pode acessar:

www.salveopedrinho.com.br.

Https://www.facebook.com/salveopedrinho

Ano de 2015 terá o dobro de feriados prolongados em relação a 2014. Hora de Aproveitar!




Com mais feriados prolongados do que 2014 (são 12 ao todo, cinco deles com duração de quatro dias), o ano pode ser bem aproveitado, o Sul de Minas oferece excelentes opções para diversos gostos.
Considerada a melhor região do estado, o Sul de Minas Gerais possui paisagens fascinantes formadas por vales, montanhas, serras e cachoeiras, que proporcionam um clima agradável e qualidade de vida para seus habitantes. As cidades são destaque na agricultura e pecuária, relevantes para o desenvolvimento econômico-social da região e do estado. O sul de Minas atrai turistas de todos os cantos, seja em busca de tranquilidade e belezas naturais, pelo clima frio e aconchegante das montanhas, ou ainda para a prática do ecoturismo.

Veja as sugestões de cidades, escolha as suas preferidas, faça um roteiro e boa viagem!

CAXAMBU- A Rainha das Águas.

Caxambu se destaca como uma das principais cidades do Circuito das Águas de Minas Gerais, no sul do estado, conhecida como importante instância hidromineral. Possui a maior concentração de águas carbogasosas do planeta, com doze fontes de diferentes composições químicas, dentre elas, águas minerais com alto poder diurético e desintoxicante que atraem turistas de todas as partes.

As fontes estão concentradas no Parque das Águas "Dr. Lisandro Carneiro Guimarães", tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha). O balneário instalado no interior do parque oferece banhos de sais, de espuma e de duchas escocesas, além de massagens e sauna. No Parque das Águas você também encontrará o único gêiser existente no Brasil e piscinas de água mineral.

Localizada na Serra da Mantiqueira, Caxambu encanta seus visitantes com sua qualidade de vida e as belezas naturais, que podem ser apreciadas nos passeios de pedalinho, charretes, cavalos, bicicletas e trilhas. Diversão também nas quadras poliesportivas, com quadras de tênis, vôlei e bocha, além de uma pista de cooper em volta do lago. O comércio na cidade oferece produtos típicos como doce de leite, ambrosia, geléias, compotas de frutas e uma dezena de tipos de queijos produzidos na região.


BAEPENDI - Terra de Nhá Chica e das Cachoeiras.


Há nove minutos de Caxambu ( cerca de 5 km) chegamos a uma cidade alegre e hospitaleira, Baependi. O município se destaca pela religiosidade com o Santuário de Nhá Chica, que atrai romeiros e devotos de todo o país. As suas belezas naturais, também atraem visitantes pois a cidade abriga 40% da área do Parque Estadual da Serra do Papagaio e é muito procurada por quem gosta de praticar esportes de aventura, trekking e rapel. Privilegiada, Baependi possui mais de 50 cachoeiras como as cachoeiras Usina Velha, do Bugio, Caldeirão e Honorato Ferreira.


BOM JARDIM DE MINAS - Emoção e aventura, cercada pela natureza exuberante.

Momentos de lazer no campo, longe dos problemas do dia a dia das grandes cidades, sem deixar de lado a animação. No pacato município de Bom Jardim de Minas, MG, entre rotas importantes como Juiz de Fora e Rio de Janeiro, você contará com várias cachoeiras, grutas, cavernas e serras. Bom Jardim de Minas faz parte do "Circuito Turístico das Montanhas Mágicas da Mantiqueira", e tem o maior túnel ferroviário da América do Sul (Tunelão) com 8.645 metros de extensão.

O município proporciona boas opções para prática de esportes radicais, em região serrana cercado pela natureza e com abundantes nascentes, os setores público e privado estão começando a descobrir a importância de investir no turismo, proporcionando mais infra-estrutura para dar mais conforto aos turistas e aumentar o acesso às riquezas naturais.


Arantina - Tradicional hospitalidade mineira, com a tranquilidade do interior.
O Museu Biblioteca Instituto Ovídio Antônio Pires, a Estação da Cultura, o Anfiteatro Padre Dislau, além das apresentações de Folias de Reis e da banda Corporação Arantinense. Rica em atrativos naturais e culturais.


São Thomé das Letras - A Mística Cidade das Pedras.
A quarta cidade mais alta do Brasil, localizada nas montanhas da Serrra da Mantiqueira.

O céu é muito azul e a cidade é envolvida por um vale intensamente verde, onde se escondem magníficas grutas, cachoeiras, cavernas sem fim e ladeiras onde os carros sobem sozinhos.Destacando-se pela beleza exótica de suas pedras, casarões antigos, mistérios, aparições, trilhas e montanhas, a cidade oferece muitas boas opções para você apreciar.

A região é muito rica em encantos naturais e os municípios bem próximos uns dos outros, portanto você poderá se deslocar a outras cidades que também oferecem boas opções para passeios inesquecíveis, como São Lourenço, Aiuruoca, Lambari, Cruzília, entre outras. Boa Viagem!


Roberta Pimenta


Carnaval antecipado começa nesta quarta-feira em Carrancas, MG

Festa começa à tarde com desfile do Bloco da Alvorada na cidade.
Abertura oficial ocorre às 20h com desfile do Rei, Rainha e Princesas.




Começou nesta quinta-feira (29) o Carnaval antecipado de Carrancas (MG). A festa teve início às 14h com o desfile do Bloco da Alvorada. Já às 20h aconteceu a abertura oficial com o desfile do Rei, Rainha e Princesas do Carnaval.

O evento segue durante a sexta-feira (30) e o sábado (31), com desfile dos blocos e som mecânico. Já no domingo (1º), às 16h, tem o desfile do Bloco das Piranhas. Todos os eventos são gratuitos e acontecem na Praça Manoel Bandeira.

Além das atrações carnavalescas, quem vai a Carrancas pode aproveitar também o turismo na cidade, com as cachoeiras e as trilhas do caminho real, que podem ser feitas a pé, a cavalo ou de bicicleta pelas serras.

Programação:
Quinta-feira - 29/01
- 14h: Tradicional desfile do Bloco da Alvorada – Ruas da Cidade
20h: Abertura do Carnaval 2014 com desfile da Rei Momo, Rainha do Carnaval e Madrinha da Bateria – Praça Manoel Moreira

Sexta-feira - 30/01
- 21h: Desfile de Blocos – Praça Manoel Moreira

Sábado - 31/01
Durante o dia blocos com baterias e som mecânico.

Domingo: 01/02
-16h: Tradicional desfile do Bloco das Piranhas – Praça Manoel Moreira
24h: Encerramento.


Do G1

Em outubro Caxambu recebe o "Sacode a Praça" 2015



A EPTV divulgou na terça-feira (27) o calendário oficial do ‘Sacode a Praça’, projeto em que a emissora oferece diversos serviços gratuitos à comunidade da área de cobertura. A emissora divulgou, também, os municípios com menos de 25 mil habitantes sorteados para receberem o evento. Ao todo, 23 cidades do Sul de Minas receberão as atividades de lazer, saúde e orientação social, em um processo de convivência e inclusão das famílias na prática da cidadania, educação e qualidade de vida. As atividades começam em 28 de fevereiro, em Andradas. Caxambu receberá o projeto no dia 17 de outubro.

As crianças também podem aproveitrar as atividades do "Sacode a Praça". Especialmente para o público infantil, serão oferecidas várias atividades como o futebol de sabão, pula-pula, escorregador, touro mecânico, entre outras.

No Sul de Minas, o projeto é uma parceria entre SESI, FIEMG e EPTV e visa promover ações de bem estar e entretenimento à população. O "Sacode a Praça" foi criado há 12 anos e já registrou mais de um milhão de participantes neste período.


Confira as datas das 23 cidades:
  •  
Datas do 'Sacode a Praça'Cidade
28/02Andradas
07/03Machado
21/03Itajubá
11/04São Sebastião do Paraíso
25/04Tocos do Mogi
09/05Lavras
23/05São Lourenço
30/05Carrancas
13/06Pouso Alegre
27/06Extrema
04/07Ilicínea
11/07Varginha
18/07São Gonçalo do Sapucaí
01/08Alfenas
15/08Três Pontas
29/08Jacutinga
12/09São José do Alegre
26/09Santa Rita do Sapucaí
03/10Santa Rita de Caldas
17/10Caxambu
31/10Guaxupé
07/11Poços de Caldas
21/11Campestre















Informações EPTV

Baependi recebe pela primeira vez ICMS Turístico



Pela primeira vez em sua história, Baependi, município do sul Minas, é habilitada para receber o ICMS TURÍSTICO para o exercício 2015.
A habilitação do ICMS Turístico representa o reconhecimento governamental a política pública de turismo desenvolvida pelo município, além beneficiar a cidade com ampliação de investimentos no turismo através dos repasse financeiros conforme dispostos na Lei Estadual nº 18.030/2009 .
Isso foi fruto do trabalho coletivo feito pelo Departamento de Turismo e Meio Ambiente em parceira com o COMTUR Baependi e o trade turístico da cidade.

SAMU COMEÇA A FUNCIONAR NESTE SÁBADO

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que deverá ser acionado pelo telefone 192, começa funcionar no sábado (31), em São Lourenço.


Após sucessivos adiamentos, o Governo do Estado definiu a data para inauguração da sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (Cissul). Será na sexta-feira (30), às 10h, na sede do Cissul, em Varginha, e contará com a presença do governador, que fará a entrega das chaves das ambulâncias aos prefeitos ou aos seus representantes. O serviço começa no sábado (31), em todos os 153 municípios que compõem o consórcio do Sul de Minas.
A sede microrregional, que funcionará em São Lourenço, foi inaugurada em março do ano passado e estava aguardando, apenas, os equipamentos e veículos, e, principalmente, os profissionais que realizarão o serviço. O Samu será muito importante para o município porque proporcionará um atendimento especializado e de acordo com as normas estabelecidas pelos órgãos de saúde, com profissionais habilitados e especificamente treinados para atendimentos de urgências. A partir de sábado (31), a cidade poderá contar com o novo serviço, que, juntamente com o Corpo de Bombeiros, fará atendimentos e remoções de urgência.



Com informações da PMSL

CARRO PERDE O CONTROLE, E INVADE CASA DEIXANDO UMA MORTE E DOIS FERIDOS EM SÃO LOURENÇO



RUA ANTONIO FERNANDES DA SILVA, Nº55 – BAIRRO NOSSA SRA DE LOURDES

Bombeiros do 9BBM (Pelotão em São Lourenço) atenderam uma colisão envolvendo um veículo sem controle que se chocou contra residência, deixando uma morte e dois feridos, por volta das 23h30 min, da noite desta quarta-feira (28). O carro Fiat Uno, Branco, GMY 6337, de São Lourenço, com três ocupantes, descia pela Rua Nove, quando seu condutor perdeu o controle da direção e se chocou contra uma residência unifamiliar deixando duas vítimas feridas e uma vítima fatal.

Os militares atenderam e transportaram o condutor do veículo para o hospital local; a outra vítima ferida (criança) foi socorrida por populares. Os bombeiros isolaram a área, aguardando a perícia para retirada da vítima fatal e orientaram a moradora da residência a não permanecer na mesma, pois havia riscos nas estruturas.

Seis militares em duas Viaturas atuaram nesta ocorrência.

Vítimas Feridas:

JOÃO MIRA, 48 anos

JOÃO VITOR MARTINS MIRA, 07 anos

Vítimas em Óbito:

SANDRA REGINA MARTINS MIRA (idade não identificada)



Informações: CBMMG
Crédito Fotos  Jodil Duarte

Cemig negocia com governo federal

Companhia tenta acordo para manter a posse das usinas de Jaguara, São Simão e Miranda


A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) já iniciou negociações junto ao governo federal para manter a posse das hidrelétricas de Jaguara, São Simão e Miranda. O objetivo é fechar o acordo antes de 23 de março. A concessionária, que não aceitava as novas regras impostas pela União, devido ao menor retorno dos ativos, agora admite buscar um meio-termo que agrade todas as partes. Ou seja: aceita perder um pouco de dinheiro na transação.
Julgamento da renovação da concessão de Jaguara definirá o destino das usinas de São Simão - Foto: Miranda/Divulgação
"A União tem que se sentir contemplada sob o ponto de vista de uma política estrutural de modicidade tarifária. A Cemig, por sua vez, precisa manter uma taxa de retorno viável para exploração das usinas. E a Corte (Superior Tribunal de Justiça, STJ) tem que sentir que essa é a melhor solução para a sociedade brasileira", disse, em teleconferência, o novo diretor-presidente da companhia, Mauro Borges Lemos.


Para ele, a manutenção das usinas no portfólio da Cemig é fundamental para que a concessionária mantenha sua capacidade de geração. Porém, como a empresa está perdendo a disputa judicial que trava com o governo federal, a estratégia agora é o diálogo, que inclusive já começou.


O objetivo é concluir as negociações antes que a ministra Assusete Magalhães, do STJ, com quem está o processo, dê seu voto em relação à renovação por mais 20 anos da concessão de Jaguara. O prazo para que isso aconteça se encerra em 23 de março, mas ele pode ser estendido até 23 de abril, caso ela solicite. Por enquanto, a Cemig tem 4 votos contra e 2 a favor e a decisão abrirá precedente para o julgamento do futuro de São Simão e Miranda.


"Estamos trabalhando com plena consciência de que o prazo é exíguo. Temos praticamente dois meses, se pensarmos no dia 23 de março, para concluir um processo bem-sucedido de negociação. Acreditamos que é possível, uma vez que os parâmetros já estão bastante claros para todos os lados", afirma Lemos.


Assim como a administração anterior, a nova diretoria da estatal também bate na tecla de que o contrato permitiria mais uma renovação dos três ativos. Mas o governo justifica que houve alteração na lei e que foi dado prazo para que a Cemig se manifestasse. Porém, a concessionária não se pronunciou sobre o assunto, por não aceitar as novas regras, que impunham como retorno financeiro apenas uma tarifa de operação e manutenção das usinas.


"Tenho plena certeza que estamos no caminho certo. Temos o apoio político do governador Fernando Pimentel e vamos tentar construir essa solução de forma tecnicamente mais sólida, para que todos os lados se sintam confortáveis com uma solução definitiva", disse o executivo.


Ainda durante a teleconferência, Borges reafirmou dois compromissos: com os consumidores e com os acionistas. E prometeu manter a política de aquisição e diversificação da carteira.


Inflação - Mesmo com um discurso destinado a acalmar o mercado, ainda restam muitas dúvidas sobre as novas diretrizes da empresa. Analistas questionam até que ponto o grupo poderá ser usado para manter preços mais baixos, com o objetivo de reduzir os impactos na inflação, como ocorreu com a estatal federal Eletrobrás.


"Com base na política adotada nas estatais pelo governo federal nos últimos anos, estou muito pessimista. Temo que façam o mesmo com a Cemig, lembrando que a Eletrobras teve 25% do seu patrimônio destruído em três anos, por causa de uma política equivocada. E o governador é do mesmo partido que a presidente da República", afirma o analista da Lopes Filho, Alexandre Furtado Montes.

Fonte: Diário do Comércio

Defesa Civil de Minas Gerais propõe ações para redução de risco de desastres

As mudanças globais do clima já vem se manifestando de diversas formas, o que aumenta o risco de desastres e a Defesa Civil Estadual propõe aos Prefeitos Municipais ações para a Redução de Risco de desastres nos municípios.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil Estadual enviou aos 853 municípios mineiros instruções normativas de Proteção e Defesa Civil, que em atual conceituação é compreendida como o ciclo de ações ( prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação) executadas pelo sistema formado por entidades e pela sociedade civil, com vistas principalmente, à redução do risco de desastres, para a garantia da segurança global da população.
A instrução esclarece que o Poder Executivo municipal tem fundamental papel a cumprir para o funcionamento do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, considerando que é no município que os desastres acontecem, sendo, portanto, imprescindível que em cada município de Minas Gerais haja implantado, por meio de promulgação de lei municipal, o seu respectivo órgão de proteção e defesa civil, com regulamentação estatuída em decreto assinado pelo Chefe do Executivo municipal, bem como com portaria da nomeação dos membros do órgão, mas, principalmente do Coordenador municipal de proteção e defesa civil.

A mudança global do clima já vem se manifestando de diversas formas, o que aumenta o risco de desastres, a partir da ocorrência de eventos naturais extremos, além de se ter no Estado de Minas Gerais a definição histórica de dois períodos propensos a desastres relacionados com as chuvas, seca e estiagem, acrescentando-se ainda as localidades nos últimos anos acometidas por tremores de terra, sendo que estamos em pleno período de emergência pluviométrica, que se prolonga até o mês de abril.

Segundo o Secretário-Executivo da Cedec, Tenente Coronel PM Fabiano Villas Bôas, houve uma renovação de aproximadamente dois terços dos mandatos municipais em Minas Gerais, o que torna oportuno salientar que o ideal seria que se preservassem os órgãos municipais de proteção e defesa civil, imunes às naturais mudanças decorrentes, por se constituir o trinômio, conhecimento, experiência e exclusividade para o exercício da função de coordenador de proteção e defesa civil, um fator relevante para o sucesso na gestão do risco de desastres (prevenção, mitigação e preparação para os desastres) e na gestão do desastre (ações de resposta e recuperação de cenário de desastres).

Objetivando a preparação do Poder Público Municipal, a Cedec explica os instrumentos utilizados para melhorar e ampliar a capacidade de resposta frente aos desastres, por meio do seu órgão de proteção e defesa civil e à constituição de comunidades resilientes a desastres, a saber:

Antes do desastre:

1)Criação do órgão municipal de proteção e defesa civil como Unidade Gestora de Orçamento (UO), inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, visando obter CNPJ próprio, vinculado ao CNPJ do município, para consequente abertura de conta no Banco do Brasil, a qual estará vinculada o Cartão de Pagamento de Defesa Civil, destinado à transferência obrigatória de recursos do governo federal, de forma célere para a resposta a desastres;

2)Capacitação dos funcionários em proteção e defesa civil em cursos relacionados à proteção e defesa civil, promovidos pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).
A ficha de inscrição poderá ser acessada no , sendo que deverá ser preenchida e enviada por E-mail: escola@defesacivil.mg.gov.br, por fax: (31) 3915-1039. Quaisquer dúvidas podem ser solucionadas no telefone (31) 3915-0992/93;

3)Mapeamento das áreas de risco no município;

4)Constituição dos sistemas de monitoramento, alerta e alarme para desastres;

5)Elaboração dos respectivos planos de contingência para os principais desastres e sua consequente verificação de exequibilidade, por meio da realização de exercícios simulados;

6)Solicitação - via ofício ao Sr. Humberto de Azevedo Viana Filho, Secretário Nacional de Defesa Civil, Setor de Grandes Áreas Norte, Quadra 906, Edifício Celso Furtado, CEP 70790-060, Brasília/DF - do cadastramento de um usuário e da senha para acesso ao Sistema Integrado de Informações sobre Desastres - S2ID que informatizou o processo de homologação e reconhecimento de Situações de Emergência ou Estado de Calamidade Pública, de transferência de recursos em virtude de desastres, bem como o acesso às informações sobre desastres em diversos níveis. Devendo ser informado no ofício o nome completo do servidor responsável pela inserção de dados no sistema, CPF, E-mail institucional, telefone institucional, celular, órgão de proteção e defesa civil que representa e endereço completo.
Após o desastre:
7)Mobilizar o executivo municipal para as ações de resposta visando restabelecer a normalidade e contatar os órgãos de Defesa Social (Policia Militar, fone: 190, Corpo de Bombeiros Militar, fone: 193 e Plantão da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil - Cedec, fone: (31) 9818-2400 para apoio;

8)Prestar socorro às vitimas do desastre, encaminhando-as a um local seguro;

9)Providenciar abrigos temporários para aquelas pessoas que tiveram suas residências danificadas, destruídas ou em situação de risco, garantindo-lhes meios de subsistência até que seja restabelecida a situação de normalidade;

10)Realizar levantamento prévio dos danos humanos, materiais ou ambientas e prejuízos econômicos públicos e privados;

11)Fornecer material de assistência humanitária (cestas básicas, colchões, telhas, vestuário etc.) às pessoas afetadas pelo desastre;

12)Providenciar limpeza, desobstrução e manutenção das vias, restabelecimento do abastecimento de água e energia elétrica;

13)Preencher o Formulário de Informação de Desastre - FIDE, avaliar a necessidade de decretação de situação de anormalidade, seguindo orientações da Instrução Normativa 01 do Ministério da Integração Nacional;

ORIENTAÇÕES PARA AS AÇÕES DE RESPOSTA EM CENÁRIO DE DESASTRES

As orientações tem por finalidade informar aos municípios mineiros como agir de imediato com respostas aos desastres e com isto socorrer a população atingida, incluindo a busca e salvamento, os primeiros-socorros, entre outras estabelecidas pelo Ministério da Integração Nacional. Conforme legislação em vigor a primeira resposta em caso de desastre é do município, por isso é fundamental conhecer o conteúdo.

Mais informações acesse http://www.defesacivil.mg.gov.br/index.php/component/content/article/270.