Farmácia Verde de São Lourenço pretende aumentar a produção de medicamentos



Desde fevereiro deste ano, São Lourenço conta com o atendimento da primeira Farmácia Verde do Sul de Minas, através da Secretaria Municipal de Saúde. O local oferece aos pacientes do SUS medicamentos fitoterápicos de forma gratuita. Até o momento, quatro tipos de medicamentos estão disponíveis, e são complementares aos tratamentos tradicionais, ou seja, para retirá-los há necessidade de receita médica.

Devido à crescente procura, a Farmácia Verde está se organizando para ampliar a lista, passando a oferecer 15 medicamentos previstos para 2019 e 2020.

Recentemente, a Farmacêutica e Fitoterapeuta Denise Rodrigues, junto com o Secretário de Indústria, Comércio, Agricultura e Desenvolvimento Econômico Marcelo Mendes, e o Engenheiro e Técnico da Emater, Marcos Moraes se reuniram para estudar e traçar estratégias para a produção dos medicamentos. O objetivo é resgatar e promover o plantio e uso correto dessas ervas medicinais, embasadas no conhecimento científico.

De acordo com Denise, a expectativa é ampliar a distribuição desses medicamentos para toda população, não só de São Lourenço, mas em toda a rede de Farmácias Verdes. O Secretário Marcelo Mendes ressalta a grande importância de incentivar o agronegócio e a agricultura familiar no município de São Lourenço, onde serão agregadas receitas aos produtores rurais, bem como a geração de emprego e renda. Já Marcos Moraes, lembra da grande importância do desenvolvimento regional através de ações e políticas públicas voltadas ao homem do campo.

A Farmácia Verde de São Lourenço tem como Farmacêutica responsável Nayara Cunha Junqueira. Os medicamentos produzidos pelo município são:

• Xarope de Guaco (Mikania laevigata/glomerata), com ação expectorante;
• Gel de Babosa (Aloe vera) com ação cicatrizante;
• Gel de Calêndula (Calêndula officinalis) com ação Antisséptica, anti-inflamatória e cicatrizante;
• Tintura de Espinheira Santa (Maytenus ilicifolia) com ação antiulcerogênica, antidispéptica e antiinflamatória.

Fonte: ASCOM/PMSL

Governo do Estado abre processo seletivo simplificado para contratação de agentes socioeducativos

Serão ofertadas 322 vagas para atuação em unidades de Minas Gerais. Inscrições são gratuitas e podem ser feitas entre os dias 5 e 6 de novembro


Interessados em se candidatar para uma vaga de agente de segurança socioeducativo terão a oportunidade de se inscrever para a seleção entre os dias 5 e 6 de novembro. O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), abriu processo seletivo simplificado para contratação de 322 novos agentes – 298 homens, sendo 29 vagas reservadas para pessoas com deficiência, e 24 mulheres.

As vagas serão distribuídas por 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) do Estado – confira listagem na imagem abaixo –, e haverá também cadastro de reserva.






O processo seletivo, que se destina à contratação administrativa excepcional e temporária dos agentes, é composto por quatro fases: análise de currículos; comprovação de idoneidade – investigação social; avaliação psicológica; e curso introdutório. O instrumento convocatório foi publicado no site da Sesp e um extrato foi divulgado no Diário Oficial do Estado.

A remuneração é de R$ 4.098,45, para uma carga horária de 40 horas semanais em regime de dedicação exclusiva. Os critérios de pontuação dos candidatos estão detalhados no edital publicado no site da secretaria. Experiência de trabalho no sistema socioeducativo será pontuada, mas quem já foi contratado como agente só poderá ser selecionado novamente se tiverem decorrido dois anos do término do último contrato.

Dentre as funções das vagas estão: exercer atividades de vigilância e escolta nos espaços intramuros e extramuros das unidades da Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (Suase), zelando pela integridade física, mental e emocional dos adolescentes em regime de internação e semiliberdade; garantir a integridade do patrimônio e a segurança dos servidores em exercício nas unidades de atendimento; assegurar o cumprimento das medidas socioeducativas; e atuar como orientador no processo de reinserção social do adolescente em conflito com a lei.

Para se inscrever no processo seletivo, os candidatos precisam ter o Ensino Médio completo. A inscrição é gratuita e será feita on-line. Para tanto, basta acessar o sistema disponibilizado no site seguranca.mg.gov.br.


Dúvidas sobre o processo seletivo podem ser encaminhadas para o e-mail processoseletivo@seguranca.mg.gov.br.


Fonte: Agência Minas

1º Food Truck Festival - Carmo de Minas






De 02 a 04 de Novembro os melhores Food Trucks do Brasil irão estacionar na Praça da Matriz e servir suas especialidades .

Convide a família, reúna os amigos e venha curtir esse evento.

Food Trucks | Shows ao Vivo | Cerveja Artesanal

Realização: JD Eventos e Produções
Apoio: Prefeitura Municipal de Carmo de MInas.

Praça Deputado Ferraz Caldas, Carmo de Minas - MG


Participantes Confirmados:

Kombosa Choperia #CONFIRMADA

Aquele chopp artesanal ESTUPIDAMENTE gelado pra você curtir o festival!!



Uma variedade de espetinhos, com carnes selecionadas e é claro a queridinha PICANHA FILETADA.






Brasa BBQ #CONFIRMADO

É impossível resistir <3 🍔🍟

Dogueria Brasil #CONFIRMADA

🌭🌭Uma variedade de dogs para você se deliciar.

Sete Comíveis & Bebíveis #CONFIRMADO.

🍤🍤🍤Camarão crocante, Lula empanada, sem contar aquele peixe com crosta de parmesão <3 <3 <3 




Papitus.Food #CONFIRMADO

🍔🍟Hambúrguer 100% artesanal e com uma explosão de sabores.
Que tal um burguer recheado?


🔊🔊Chu Churros #CONFIRMADO

Casquinha de churros recheada com brigadeiro gourmet e muuuito sorvete, É ISSO MESMO PRODUÇÃO?




Se liga na programação musical do 1º Food Truck Festival - Carmo de Minas .


Mulher é encontrada morta com sinais de violência próximo à rodoviária em Itamonte, MG

Segundo a Polícia Militar, o corpo foi achado em um morro que fica atrás da rodoviária da cidade.




Uma mulher de cerca de 40 anos foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (30) em Itamonte (MG). Segundo a Polícia Militar, o corpo foi achado em um morro que fica atrás da rodoviária da cidade.

Ainda conforme a PM, o corpo tinha sinais de perfurações que teriam sido provocados por objeto cortante. Um adolescente de 17 anos foi detido em flagrante pelo crime e autuado por ato infracional análogo a homicídio.

Segundo o G1 apurou, o suspeito seria ex-namorado da mulher. A principal suspeita é que a motivação do crime tenha sido passional. O rapaz foi apreendido pela polícia quando tentava fugir para Itajubá e encaminhado ao Ministério Público.

A Polícia Civil informou que ouviu testemunhas e o próprio suspeito. A perícia também esteve no local e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico de Legal (IML) de São Lourenço (MG).

A vítima nasceu em Lorena (SP) e morava em Itamonte, mas até a publicação desta reportagem, a polícia ainda não havia confirmado a identidade. O caso segue em investigação e aguarda os laudos periciais.

Fonte: G1 Sul de Minas

PRF prepara Operação Finados



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) se prepara para mais um feriado prolongado e, nesta quinta-feira (01) dará início a Operação Finados. As programações, que se encerrarão à meia-noite do próximo domingo (04), estarão voltadas principalmente para a fluidez do trânsito e prevenção de acidentes.
As fiscalizações deverão priorizar temas como velocidade, alcoolemia, ultrapassagens indevidas e motocicletas, principais elementos encontrados nos registros de acidentes graves.
Assim como nos demais feriados prolongados do ano, haverá restrição de tráfego para caminhões bitrem, cegonha, e demais veículos com dimensões excedentes. O intuito é restringir a circulação desses auto cargas nos dias e horários de maior fluxo de veículos nas rodovias federais


Suspeito é preso e adolescente apreendido por morte de homem em Cruzília, MG

Crime aconteceu na madrugada de domingo (28); vítima tinha 19 anos.



Um homem foi preso e um menor apreendido suspeitos de assassinar outro homem na madrugada de domingo (28) em Cruzília (MG). De acordo com a Polícia Militar, por volta das 5h55 uma pessoa acionou os militares para informar que havia achado o corpo.

A polícia informou ainda que os suspeitos, de 22 e 17 anos, foram localizados após testemunhas relatarem o crime. A vítima, que não teve a identidade divulgada, tinha 19 anos e sofreu um ferimento no rosto, mas não foi possível identificar como ocorreu a agressão.

Os suspeitos foram levados para a delegacia de São Lourenço (MG) e disseram à polícia que há uma terceira pessoa envolvida no crime, que seria a responsável pelo assassinato do jovem. Essa pessoa ainda não foi encontrada.

A perícia foi acionada para apurar o que pode ter motivado o crime. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de São Lourenço (MG).

Fonte: G1 Sul de Minas

Prazo para justificar ausência no segundo turno vai até 27 de dezembro



Os eleitores que não compareceram ao local de votação neste domingo (28) e não justificaram a ausência no segundo turno ainda podem regularizar a situação eleitoral até dezembro. Os ausentes do primeiro turno, realizado em 7 de outubro, tem até de de dezembro para justificar por que não compareceram à votação. Para os que se ausentaram no segundo turno, o prazo vai até 27 de dezembro.


A justificativa pode ser feita mediante o preenchimento de um requerimentodisponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deve ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviado por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito. Além do formulário, o eleitor deve entregar documentação que comprove a impossibilidade de comparecimento na votação.

Pela internet, o eleitor pode justificar a ausência usando o Sistema Justifica nas páginas do TSE ou dos tribunais regionais. No formulário online, o eleitor deve informar seus dados pessoais, declarar o motivo da ausência e anexar comprovante do impedimento para votar.

O requerimento de justificativa gerará um código de protocolo que permite ao eleitor acompanhar o processo até a decisão final do juiz da zona eleitoral. A justificativa aceita será registrada no histórico do eleitor no Cadastro Eleitoral.
Eleitores no exterior

Os brasileiros que estavam no exterior no dia da votação também deverão encaminhar o formulário de justificativa pós-eleição e a documentação comprobatória até 60 dias após o turno ou em 30 dias contados a partir da data de retorno ao Brasil.

Se estiver inscrito em zona eleitoral do exterior, o eleitor deverá encaminhar o requerimento diretamente ao juiz competente ou ainda entregar nas missões diplomáticas e repartições consulares localizadas no país ou enviar pelo sistema justifica.
Consequências

O Tribunal Superior Eleitoral explica que a não regularização da situação com a Justiça Eleitoral deve pagar multa (por cada turno). O valor é definido pelo juiz eleitoral da região e varia de R$ 3,5 a R$ 35,10. O eleitor faltoso também pode sofrer outras sanções, como impedimento para obter passaporte ou carteira de identidade para receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público.

A não justificativa impede ainda que o eleitor participe de concorrência ou administrativa da União, dos estados, Distrito Federal e municípios, além de inscrever em concurso público ou tomar posse em cargo e função pública.


Edição: Nádia Franco
Fonte: Agência Brasil

O direito de arrependimento nas compras pela internet



Conforme previsto no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor[1] e Decreto de número 7.962/2013, o consumidor poderá desistir da compra que ocorrer fora do estabelecimento comercial, seja online ou por telefone.

Desta forma, o consumidor terá direito à devolução integral do valor pago pelo produto ou serviço, e também não será obrigado a motivar a sua desistência.

INÍCIO DA CONTAGEM DO PRAZO

A contagem do prazo é de 7 dias, sendo contados a partir do recebimento do produto ou serviço. Entretanto existem fornecedores que concedem prazos superiores a 7 dias, nestes casos valerá o tempo oferecido pela loja.

DEVERES DO CONSUMIDOR

Após a comunicação de arrependimento, o fornecedor deverá enviar ao consumidor a confirmação imediata da manifestação do arrependimento[2], devendo em seguida viabilizar os meios para devolução do produto e também do valor.

PRESERVAÇÃO DO PRODUTO

Nos casos de produtos, é importante destacar que o consumidor terá que devolver nas mesmas condições de recebimento, pois o objeto deverá estar conservado para uma eventual futura venda.

[1] Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

[2] Art. 5o O fornecedor deve informar, de forma clara e ostensiva, os meios adequados e eficazes para o exercício do direito de arrependimento pelo consumidor.

§ 4o O fornecedor deve enviar ao consumidor confirmação imediata do recebimento da manifestação de arrependimento (Decreto n. 7.962/2013).

Acesse: ramojuridico.com

Contato: thiago@ramojuridico.com


Thiago Martins
Editor do site Ramojurídico.

Zema vence em 832 das 853 cidades de Minas; Anastasia ficou em primeiro em 21 municípios

Romeu Zema (Novo), governador eleito com 71,8% dos votos válidos, venceu em todas as regiões do estado e foi o candidato com o maior índice de votação no Brasil entre os que disputaram o segundo turno.




O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), venceu em 832 dos 853 municípios de Minas Gerais neste 2º turno das eleições de 2018, o que representa mais de 97% das cidades. Ele venceu o senador Antonio Anastasia (PSDB), que ficou em primeiro lugar em apenas 21 cidades.


No geral, Zema teve 71,8% dos votos válidos e Anastasia, 28,20% dos votos válidos.


De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Zema, que venceu a primeira eleição que disputou, foi o candidato ao governo de um estado com o maior índice de votos válidos entre os que tiveram a decisão definida no 2º turno, 71,8%. Por outro lado, Anastasia foi o candidato com o menor índice de votos válidos, 28,2%. O governador eleito venceu em todas as regiões do estado.

Belo Horizonte

Na capital mineira, Zema venceu em 14 das 18 zonas eleitorais e somou 58,98% dos votos válidos. Antonio Anastasia venceu em quatro zonas eleitorais e teve, ao todo, 41,02% dos votos válidos.

Presidência

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) ficou em primeiro lugar em Minas Gerais, com 58,19% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) teve 41,81% dos votos válidos.

Bolsonaro venceu nas regiões Campo das Vertentes, Central, Centro-Oeste, Noroeste, Rio Doce, Sul/Sudeste e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba. Haddad ficou em primeiro lugar nas regiões Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Zona da Mata.

Na capital mineira, Bolsonaro teve 65,59% dos votos válidos e Haddad, 34,41% dos votos válidos.

Fonte: G1 Minas Gerais

Veja como os eleitores do Sul de Minas votaram na eleição presidencial de 2018 em números de votos e %

Bolsonaro (PSL) teve mais votos em todas as cidades do Sul de Minas



Confira o resultado da eleição para presidente por cidades do Sul de Minas no 2º turno. Quem teve mais votos em cada município? Veja como ficou a votação a favor do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), em municípios do Sul de Minas.


Aiuruoca - 1.701 votos - 54, 98%

Alfenas - 27.671 votos - 68,31%

Baependi - 7.578 votos - 70,93%

Caxambu- 6.550 votos - 57,96%

Cambuquira - 4.315 votos - 65, 88%

Cruzília - 4.583 votos - 55,58%

Itanhandu - 5.428 votos - 65,17%

Lambari - 7.841 votos - 70,98%

Lavras - 31.119 votos - 64,09%

Passa Quatro - 5.360 votos - 59,99%

Passos - 33.806 votos - 62,92%

Poços de Caldas - 53.695 votos - 64,49%

Pouso Alto - 2.481 votos - 66,02%

Pouso Alegre - 51.716 votos - 72,20%

São Lourenço - 16.961 votos - 75,31%

Soledade de Minas - 2.340 votos - 67,07%

Três Corações - 27.186 votos - 71,73%

Três Pontas - 17.169 votos - 56,66%

Varginha - 51.221 votos - 73,24%


Se a sua cidade não consta nesta lista clique no link abaixo e faça sua consulta:

https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/resultados/mapa-eleitoral-de-presidente-por-municipios-2turno/

Acidente grave envolvendo veículos deixa uma pessoa morta na BR-2627 Cambuquira, MG

O acidente ocorreu a três quilômetros do trevo de Lambari.




Uma pessoa morreu e outras sete pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois veículos de passeio na BR-267, rodovia Vital Brazil, via que liga circuito das águas, a três quilômetros do trevo de Lambari, no KM-347.
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, dois veículos bateram de frente, um Gol G4 e um Corolla, vindo a atingir um terceiro carro, uma Fiat Toro, vitimando sete pessoas, sendo 1 em óbito no local. A vítima que faleceu, estava no Gol com placas de Carmo de Minas, MG. Helicóptero do Corpo de Bombeiros de Varginha, o Arcanjo empenhou no socorro das vítimas, juntamente com os militares dos bombeiros e Samu.


Fonte: Alô Alô Cidade

Polícia procura por homem matou pedreiro em Boa Esperança




A Polícia procura por um suspeito de ter matado na madrugada deste sábado (27), o pedreiro Cleiton Luiz de 35 anos (foto) em Boa Esperança.

O crime foi próximo da igreja de Santo Expedito, no bairro Maringá. Uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro quando foi informada que havia um homem caído no chão. Quando os policiais chegaram, encontraram o rapaz com marcas de sangue na camisa e na cabeça. O SAMU foi acionado, mas o pedreiro já estava morto. Cleiton levou uma pedrada na cabeça e pelo menos quatro facadas no corpo.

O local foi isolado até a chegada da Perícia da Polícia Civil. Foram recolhidos uma pedra com marcas de sangue e uma faca que estava próximo de onde a vítima foi encontrada.

A policia já tem um suspeito do crime, mas até a publicação desta reportagem não havia sido encontrado.
Fonte: Equipe Positiva

Caminhão de mudança capota e deixa 8 pessoas feridas no Sul de Minas


Pelo menos três pessoas foram socorridas em estado grave em Varginha; cinco estavam sobre a carroceria.



Pelo menos oito pessoas ficaram feridas depois que um caminhão de mudanças capotou no início da tarde deste domingo (28) no bairro Mont Serrat, em Varginha (MG). Pelo menos três dos feridos foram socorridos em estado grave. Entre os feridos estão três crianças. Veja o flagrante do acidente registrado por uma câmera de segurança no vídeo acima.

Segundo as primeiras informações, a princípio o motorista do caminhão teria perdido o controle do veículo, que capotou e bateu no muro de uma casa. Cinco pessoas estavam na carroceria do veículo na hora do acidente e foram ejetadas da caçamba.

O motorista ficou preso nas ferragens e outras duas pessoas ficaram debaixo do caminhão. A polícia ainda apura o que pode ter causado o acidente.
Fonte: G1 Sul de Minas

Bolsonaro vence segundo turno e é eleito o novo presidente do Brasil

Festa da vitória de Bolsonaro se espalhou por todas as regiões do país



Os eleitores brasileiros foram às urnas neste domingo, dia 28 de outubro de 2018, e decidiram que Jair Messias Bolsonaro será o próximo presidente da República Federativa do Brasil.

Candidato ao Planalto pelo PSL, Bolsonaro venceu o segundo turno das eleições com 55,13 % dos votos, contra 44,87 % do adversário Fernando Haddad, do PT. 

Logo após o anúncio da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial, apoiadores do capitão da reserva saíram às ruas de cidades de todas as regiões do país para comemorar. Buzinaços, fogos de artifício, gritos de “mito!” e cantorias marcaram a festa.
No Rio de Janeiro, uma multidão se aglomerou em frente do condomínio onde fica a casa do presidente eleito, na orla da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Bem antes da divulgação dos resultados, um grande número de apoiadores de Bolsonaro já se aglomerava nas imediações da residência. Pouco depois das 16 horas, o trânsito foi fechado na Avenida Lúcio Costa, que se estende por toda a orla da zona oeste do Rio. Com um caixão, manifestantes simularam a morte do PT.
Em São Paulo, apoiadores de Bolsonaro se reuniram na Avenida Paulista, onde, por volta das 19h, houve um tumulto entre manifestantes contra e a favor do futuro presidente. A tropa de choque da polícia militar foi ao local para garantir a segurança. Muitos moradores da capital paulista se vestiram de verde e amarelo e, das janelas dos apartamentos, gritavam expressões como “Fora PT!” e “Mito!”.
Belo Horizonte teve festa para Bolsonaro e Zema, candidato do Partido Novo eleito governador. Em todas as regiões da cidade foi possível ouvir foguetório e buzinaço. Parte dos apoiadores de Bolsonaro foi para o QG do candidato, na avenida Antônio Carlos, no Bairro São Francisco, região da Pampulha. Eleitores de Zema comemoraram o resultado no espaço Ilustríssimo, no bairro Santa Efigênia.

Em Brasília, milhares de manifestantes se dirigiram à Praça dos Três Poderes, onde ficam o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o edifício sede do Supremo Tribunal Federal (STF), para comemorar o resultado da eleição de Bolsonaro. A Polícia Militar do Distrito Federal bloqueou os dois lados da Esplanada dos Ministérios na altura do Congresso e do Palácio do Planalto.

No Rio Grande do Sul, a comemoração em Porto Alegre teve clima festa de conquista de campeonato de futebol. E em Curitiba, a comemoração da vitória de Bolsonaro não foi concentrada em um único ponto, se espalhou por vários pontos da cidade. As cores verde e amarelo e os gritos de repulsa ao PT marcaram a comemoração.
Em Recife houve uma das maiores concentrações do Nordeste. Os festejos também se espalharam pelo interior de Pernambuco, com destaque para Petrolina, no Sertão pernambucano, onde os eleitores de Bolsonaro comemoraram com fogos e buzinaço.

Houve ainda grandes concentrações em Santa Catarina, Maranhão, Ceará, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Cuibá, no Mato Grosso, e em Goiânia.
Nas cidades do interior do país eleitores também foram às ruas e festejaram a vitória com muita alegria. Brasileiros de todas as idades, na sua grande maioria vestidos de verde e amarelo, empunhando bandeiras do Brasil, não pouparam suas buzinas, fogos de artifício, e ainda as músicas da campanha do "Mito" embalando a festa dos eleitores eufóricos com a vitória. 

Fotos: Notícias UOL, Folha UOL, Gazeta do Povo e Gazeta Online








Bancário descobre que alguém votou por ele: 'Quero impugnar essa urna'

Leonardo Amaral, de 35 anos, votaria em seção localizada em Santo André (SP); TRE alega falha humana



O bancário Leonardo Amaral, de 35 anos, teve uma infeliz surpresa ao chegar à seção de votação, neste domingo (28), em Santo André (SP). Ele foi informado que alguém já havia votado em seu lugar.

"Primeiro, a mesária falou que estava sem o comprovante de votação referente ao meu nome e título. Olhou bem, conferiu se não estava em outra página. Pensei: 'o papelzinho é o de menos'. Então ela digitou o número do meu título de eleitor e apareceu que eu já havia votado", explicou.

Leonardo também disse que, no momento em que ficou comprovado o erro, os mesários se entreolharam com cara de pouco entendimento. "O que pareceu ali é que eles se atrapalharam de alguma forma, e alguém acabou votando no meu lugar", relatou, de acordo com informações do portal Uol.

O eleitor lamentou o ocorrido e disse que procurou um advogado para se informar sobre a situação, e sobre o que poderia ser feito. "Consultei um advogado e, no mínimo, eles têm que colocar isso na ata da seção. Também li em uma matéria que eu poderia votar no lugar da pessoa que votou com o meu nome", afirmou.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), no entanto, descartou a chance de o eleitor votar no lugar de quem votou por ele. Seria corrigir um possível erro acidental com um "erro proposital". "Infelizmente ele não vai poder votar", afirma Marina Campos, do TRE-SP.

Para o órgão, trata-se de uma falha humana, já que a maioria dos trâmites que envolvem a votação são manuais. "É por isso que estamos implementando a biometria, para evitar esses erros. Quando a pessoa vai lá, coloca a digital e não bate, o mesário vai ver que tem algo errado", explicou Marina Campos. "A gente lamenta muito, são casos esporádicos, mas pode acontecer", completou.

Já Leonardo pedirá investigação. "Quero registrar tudo, que fui impedido de votar e tudo mais. Não sei se vão me dar a opção de votar no lugar de alguém, mas já conversei com o advogado que quero entrar com um processo na Justiça Eleitoral para impugnar essa urna", diz o bancário.

Fonte: Notícias Minuto

TRIO ATROPELA MILITAR AO FUGIR DE BLITZ E AINDA DISPENSA MAIS DE 5 KG DE MACONHA EM MATAGAL



Três homens foram presos depois de atropelarem um tenente da Polícia Militar ao fugirem de uma blitz no trevo de Campestre. O caso aconteceu na tarde de ontem. Segundo a PM, os suspeitos de 22, 31 e 37 anos ainda teriam jogado fora uma bolsa com mais de 5 Kg de maconha. O militar atropelado sofreu ferimentos leves e foi socorrido. Em seguida, o trio foi preso na BR-267, entre Campestre e Machado, e encaminhado ao Presídio de Poços de Caldas.


Foto: Polícia Militar

Fonte: TV Alterosa Sul de Minas


Briga de casal termina com esposa e amante esfaqueados em Passos, diz polícia

Caso aconteceu na manhã deste sábado; marido teria flagrado mulher com amante na cama.




Duas pessoas foram esfaqueadas na manhã deste sábado (27) após uma briga de casal no bairro Nossa Senhora das Graças, em Passos (MG). Segundo a polícia, o crime aconteceu quando um marido flagrou a esposa com outro homem na cama.

Ainda conforme a polícia, o marido golpeou os dois com uma faca e depois fugiu. O amante foi esfaqueado na região do abdômen e fugiu do local ainda seminu. Ele foi encontrado na MG-050 pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a unidade de pronto atendimento da Santa Casa.

A mulher se escondeu na casa da mãe, onde foi encontrada pela polícia. Ela também foi socorrida para o hospital cidade.

Até a publicação desta reportagem, o marido ainda não havia sido encontrado.

Fonte: G1 Sul de Minas

Bolsonaro entra com ação no TSE contra Haddad, acionistas da Folha e repórter



BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os advogados da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) protocolaram neste sábado (27) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE ) uma ação contra o candidato do PT, Fernando Haddad, sua vice, Manuela D'Avila (PC do B), o presidente do Grupo Folha, Luiz Frias, a diretora Editorial e de Redação da Folha de S. Paulo, Maria Cristina Frias, e a repórter do jornal Patrícia Campos Mello.

A ação (chamada de Aije, Ação de Investigação Judicial Eleitoral) pede liminar para que sejam apresentados documentos formais relacionados à reportagem publicada pela Folha de S. Paulo no dia 18, sob o título "Empresários bancam campanha contra o PT pelo Whatsapp", que revelou que empresários impulsionaram disparos por Whatsapp contra o PT.

Os advogados de Bolsonaro requerem ainda que a ação seja recebida e os representados, citados pelo TSE. No mérito, que seja cassado o registro de diploma de Haddad, caso seja eleito, com consequente inelegibilidade dele por oito anos. Há ainda pedido para que os autos sejam remetidos à Procuradoria-Geral da República para investigação.

O caso está no gabinete do corregedor eleitoral, ministro Jorge Mussi.

"A ação é uma fantasia ridícula. Ato inequívoco de tentativa de intimidação. Contra a imprensa livre", disse o advogado da Folha, Luís Francisco Carvalho Filho. Os advogados de Haddad ainda não se manifestaram.

Segundo os advogados de Bolsonaro, "a Folha de S.Paulo foi o principal veículo de comunicação que firmou como alvo explícito do seu ataque a candidatura dos candidatos requerentes, veiculando notícias inverídicas, infundadas, depreciativas, difamatórias, caluniosas e, até mesmo, criminosas, alcançando enorme atenção face a linha de edição adotada, tudo com vistas a influenciar o eleitor a não votar em Jair Bolsonaro, fato grave que deve receber a necessária reprimenda por parte desta Colenda Corte".

"O modus operandi deste veículo de comunicação é o de criar fatos sem qualquer lastro probatório, imputando ao candidato Jair Bolsonaro a prática de atos ilegais, criando situação mentirosa que afeta sua imagem, sua honra e sua dignidade", afirma a peça.

"A matéria não aponta nenhuma prova, apenas tece narrativa não corroborada por depoimentos, nem documentos", dizem os advogados. "A Folha de S.Paulo utilizou seus recursos empresariais para interferir diretamente no pleito eleitoral", ressalta.

"A natureza autoritária do Partido dos Trabalhadores está escondida sob o frágil manto da democracia. No entanto, a produção, por anos, de fake news, máxime em período de campanha eleitoral, torna o PT reincidente e culpado, devendo os investigados sofrerem penalização por esta Justiça Especializada", diz trecho da ação.


O ministro do TSE Sérgio Banhos negou, na noite de quinta (25), pedido de direito de resposta feito por Bolsonaro na Folha de S. Paulo sobre a mesma reportagem.

"Analisando detidamente os autos, não antevejo, na matéria impugnada, divulgação de conteúdo, na compreensão da doutrina e da jurisprudência, capaz de atrair o direito de resposta. Na hipótese, para a concessão do direito de resposta pela Justiça Eleitoral falta um elemento essencial, qual seja, a informação sabidamente inverídica", escreveu Banhos.

"O simples fato de a referida matéria ser investigativa não desnatura o seu caráter jornalístico. E, em termos de liberdade de imprensa, não se deve, em regra, suprimir o direito à informação dos eleitores, mas eventualmente conceder direito de resposta ao ofendido. Nestes anos de imprensa livre, muitas investigações realizadas por meios de comunicação tiveram o condão de influenciar os rumos do país", afirmou o ministro.

"A liberdade de expressão não abarca somente as opiniões inofensivas ou favoráveis, mas também aquelas que possam causar transtorno ou inquietar pessoas, pois a democracia se assenta no pluralismo de ideias e pensamentos", disse.

Os advogados do candidato do PSL haviam sustentado ao TSE que os fatos relatados na reportagem da Folha de S. Paulo, no dia 18, eram sabidamente inverídicos e que ela não trazia provas, o que justificaria a publicação de uma resposta de Bolsonaro no jornal.

O vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, opinou nesta quarta (24) pela improcedência do pedido de Bolsonaro. Para ele, se o fato noticiado pela Folha de S. Paulo demanda apuração, não é possível afirmar de imediato que ele é sabidamente inverídico.

Para a Procuradoria, se a notícia não ultrapassar a barreira da ofensa à honra nem romper
a possibilidade lógica de verossimilhança, não cabe reparo pela Justiça Eleitoral.
"O debate livre, inclusive com descrições antagônicas da realidade produzida em fatos e versões jornalísticas, é próprio do pluralismo político e da democracia", escreveu Medeiros.

Autoridades registram mais dois assassinatos no Sul de Minas

Um dos crimes aconteceu em Boa Esperança e o outro na zona rural de Pratápolis




Dois homens foram assassinados no Sul de Minas, um em Boa Esperança e outro em Pratápolis.

Em Boa Esperança, um homem foi encontrado por volta de 2h da madrugada deste sábado no bairro Maringá, próximo a igreja Santo Expedito, caído ao chão com sangue na camisa e na cabeça.

A Polícia Militar acionou uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém, os atendentes do serviço de saúde constataram o óbito. A PM identificou a vítima como sendo Cleiton Luiz, de 35 anos.

Ele foi golpeado com uma pedra na cabeça e com golpes de faca, a pedra e a faca foram encontradas próximo ao corpo da vítima. O local foi periciado e o corpo liberado para a necropsia, a perícia recolheu a pedra e a faca, ambos estavam com marcas de sangue.

Na zona rural de Pratápolis, um homem de 63 anos foi morto com um tiro no rosto com uma espingarda calibre 12. O crime aconteceu na noite de ontem, sexta-feira, dia 26, quando Clóvis Moacir Álvares e sua esposa foram rendidos por dois criminosos quando estavam dormindo.

A mulher foi trancada num quarto enquanto os dois homens ficaram com seu esposo. Em dado momento a mulher escutou um disparo de arma de fogo, ela conseguiu uma chave reserva e abriu o quarto. Quando chegou à cozinha encontrou seu marido morto com o rosto deformado.

Os assassinos levaram um aparelho celular e a carteira do fazendeiro. A suspeita é de que quatro pessoas estão envolvidas no crime, isso porque elas foram vistas em atitude suspeita em um posto de combustíveis da cidade. A característica dos assassinos batem com a descrição de dois ocupantes do carro.

Ninguém ainda foi preso nos dois casos de homicídios registrados em Boa Esperança e Pratápolis.

Fonte: Jornal de Lavras

Eleitores brasileiros no exterior já iniciaram votação do 2º turno

Primeiros a comparecerem às urnas, eleitores que residem na Nova Zelândia votam para eleger novo presidente da República




Os eleitores brasileiros que moram no exterior já começaram a voltar às urnas neste segundo turno das Eleições de 2018 para eleger o novo presidente da República. Os eleitores brasileiros que moram na Nova Zelândia iniciaram a votação às 16h do horário de Brasília. A partir das 19h, começarão a votar os eleitores residentes na Austrália. Em seguida, vêm os do Japão e da Coreia do Sul. A partir das 12h deste domingo (28), os últimos eleitores brasileiros no exterior começarão a votar. São os que residem em San Francisco, Los Angeles (EUA) e em Vancouver (Canadá).

Segundo os dados do TSE, 500.727 eleitores brasileiros residentes no exterior estão aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países para eleger o presidente da República.

Estados Unidos, com 160.005 eleitores; Japão, com 60.708; seguido de Portugal, com 39.118, são os três países que possuem os maiores contingentes de eleitores brasileiros. Neste ano, são utilizadas 744 urnas nas seções no exterior. Em 2014, o total de eleitores brasileiros fora do país chegou a 354.184.

Já entre as cidades estrangeiras, as norte-americanas Boston e Miami contam com os maiores números de eleitores brasileiros no exterior. Boston dispõe de 35.044 eleitores inscritos e Miami tem 34.356. Tóquio, a capital do Japão, é a terceira cidade com o maior número de eleitores brasileiros, com 26.092.

Como votar

O Código Eleitoral prevê, como condição para a criação de mesas de votação no exterior, o número mínimo de 30 eleitores aptos ao voto. As seções eleitorais funcionam preferencialmente nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro.

Para votar, basta que o eleitor apresente um documento brasileiro oficial com foto. Para conhecer o local onde votar, o eleitor deve acessar o site do TSE e clicar em "Título e local de votação". Após preencher os campos solicitados (nome ou título de eleitor, data de nascimento e nome da mãe), o eleitor obterá informações sobre a zona, a seção e o local onde votar. Também é possível obter a versão digital do título de eleitor por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares e tablets nas lojas virtuais App Store e Google Play.

O primeiro e o segundo turnos de votação no exterior ocorrem nas mesmas datas da eleição no Brasil, das 8h às 17h, de acordo com o horário local.

O eleitor residente fora do país que não votar e nem justificar sua ausência às urnas, além das demais penalidades previstas para quem vota no território nacional, ficará impedido de solicitar qualquer documento perante a repartição diplomática a que estiver subordinado.

Fonte: Notícias Minuto
Com informações do TSE.

Prefeito de Serranos é cassado pela Câmara de Vereadores e vice assume o cargo

José da Cunha Vasconcelos Filho teve o mandato suspenso após votação na última quarta-feira.




O prefeito de Serranos (MG), José da Cunha Vasconcelos Filho, teve o mandato cassado nesta semana. Segundo a Câmara Municipal de Vereadores, o processo foi motivado por corrupção ativa.

Ainda conforme a Câmara Municipal, ele foi cassado em sessão extraordinária na manhã de quarta-feira (24). Dos nove vereadores de Serranos, seis votaram a favor e outros três não compareceram à sessão.

O advogado que representa o prefeito, Antônio Claret, no entanto, contesta a versão da câmara e diz que a cassação foi devido a infrações administrativas. A defesa disse ainda que estuda quais medidas tomar.

Após a decisão, passível de recurso, o vice-prefeito da cidade, Reinaldo Arantes (PSDB), assumiu a prefeitura.

Foto: Jornal Correio do Sul

Fonte: G1 Sul de Minas

Confira o guia com as principais dúvidas sobre o segundo turno

Brasileiros alfabetizados maiores de 18 anos e menores de 70 anos são obrigados a votar

O segundo turno das eleições acontece no próximo domingo (28), das 8h às 17h.

Confira as principais orientações para o dia de votação:

Quem é obrigado a votar

Brasileiros alfabetizados maiores de 18 anos e menores de 70 anos. Quem completou 16 anos já pode votar, mas não é obrigatório; o mesmo vale para maiores de 70 anos e pessoas analfabetas.

Onde votar

Você deve votar no mesmo local que votou no primeiro turno. Consulte no site do TSE por nome ou número do título de eleitor.

Você também pode ligar para a Central de Atendimento ao Eleitor dos TREs de SP, MG, RS, GO e CE no telefone 148. Para os outros estados, consulte o site do TSE ou do TRE do seu estado.


Que documentos levar

Documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou carteira nacional de habilitação. É bom estar com o título de eleitor na mão para saber a zona e a seção eleitoral.

Não votei no 1º turno. Posso votar no 2º?

Você pode votar nestas eleições normalmente. Agora, se você não votar por três pleitos, nem justificar ausência, nem pagar as multas devidas terá o título cancelado.

Não votei nem justifiquei

Quem não votou nem justificou ausência em até 60 dias após a eleição pode pagar a multa em qualquer agência bancária, nos Correios ou nas casas lotéricas. Antes de pagar, é necessário solicitar a Guia de Recolhimento da União (GRU) no site do TSE. A multa pode variar de R$ 1,05 a R$ 3,51, por turno ausente.

Posso levar celular na cabine?

Não. É proibido o uso de qualquer equipamento eletrônico, como celulares, máquinas fotográficas e filmadoras.

Posso levar uma colinha com os números dos candidatos?

Pode.

Qual a ordem de votação?

Governador e presidente da República.

Como votar na urna eletrônica?

Basta digitar o número do candidato e apertar a tecla verde 'Confirma'. Caso tenha digitado errado, aperte a tecla laranja "Corrige". Isso deve ser feito para cada cargo que estiver em disputa. Há também tecla com a opção para voto em branco. Para anular o voto, é preciso digitar um número inexistente de candidato e apertar 'Confirma'.

Posso votar só na legenda?

Agora, para governador e presidente, é preciso escolher o candidato ou votar branco/nulo.

Voto em branco ou nulo. Qual a diferença?

A diferença está apenas na forma como o eleitor decide votar. O voto em branco é registrado quando o eleitor pressiona o botão "Branco" na urna eletrônica. Já o voto nulo é registrado quando o eleitor digita um número que não pertence a nenhum candidato ou partido e aperta o botão "Confirma". Não se esqueça de que ambos são votos inválidos e não são considerados na contagem final.

Quem pode levar acompanhante?

Apenas os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida podem contar com auxílio de pessoa de sua confiança, ainda que não tenham requerido isso antecipadamente ao juiz eleitoral.

Estou fora da minha cidade de votação.

Você pode justificar no mesmo dia e horário das eleições nos locais onde há votação.

Voto em trânsito

Para ter direito a votar fora do seu domicílio eleitoral, você deveria ter feito o cadastro no cartório eleitoral até 23 de agosto. E se estiver fora do seu estado, poderá votar apenas para presidente.

Não fiz o cadastramento biométrico

Se na cidade onde você vota o cadastramento biométrico foi concluído e você não fez, seu título pode ter sido cancelado. Consulte a sua situação no site do TSE por nome ou número do título.

Fonte: Notícias ao Minuto
Com informações da Folhapress e do TSE

Eleitores que não puderem votar no segundo turno deverão justificar ausência às urnas

Saiba como e onde a justificativa pode ser feita



O eleitor que não puder votar no dia 28 de outubro deverá justificar a sua ausência. A justificativa é necessária para quem estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição e para quem estiver em seu domicílio mas não puder comparecer às urnas por outros motivos, como problemas de saúde, por exemplo. O eleitor com voto facultativonão precisa justificar a ausência (analfabetos, os maiores de 70 anos e quem tem 16 ou 17 anos).

No dia da votação, quem estiver fora de seu domicílio eleitoral ou da cidade em que se cadastrou para o voto em trânsito poderá procurar qualquer seção eleitoral ou um posto de justificativa para preencher e entregar o requerimento de justificativa, de 8h às 17h. O requerimento já está disponível na página das Eleições 2018 no site do TRE de Minas. É importante lembrar que não é possível justificar a ausência ao primeiro turno no dia do segundo turno.
Postos de justificativa

Em Belo Horizonte, haverá um posto de justificativa na rodoviária, com o ônibus TRE Aqui no estacionamento da plataforma principal. De 25 a 27 de outubro, o posto funcionará de 8h às 19h, para entrega de formulários de justificativa e informações aos eleitores (título de eleitor, locais de votação, situação eleitoral etc.). No dia das eleições (28), o atendimento será de 8h às 17h.

Também haverá um posto de justificativa no aeroporto de Confins, no estacionamento dos táxis especiais. Ele funcionará apenas no dia 28 de outubro, de 8h às 17h, para recebimento do formulário, no ônibus TRE AQUI.

Os eleitores podem conferir os endereços de todos os postos de justificativa do país no site do TSE.

Justificativa após o pleito

Depois da eleição, o cidadão poderá procurar qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento para fazer a justificativa. Quem não votou no primeiro turno deve justificar a ausência até o dia 06 de dezembro. Quem não votar no segundo turnopoderá fazer a justificativa até 27 de dezembro. Nesse caso, será necessário comprovar o motivo da ausência, apresentando documentos como um atestado médico ou comprovante de deslocamento.

Os eleitores também poderão justificar a ausência às urnas pela internet, usando o sistema Justifica Web, no mesmo prazo. O cidadão deverá identificar-se corretamente no formulário, preencher o motivo da justificativa e anexar, de forma digitalizada, o comprovante da impossibilidade de comparecimento.

O eleitor que estiver no exterior no dia do pleito e quiser justificar a ausência antes do retorno ao país deverá encaminhar o formulário de justificativa diretamente ao cartório da sua zona eleitoral por meio de serviços de postagem ou entregá-lo nas missões diplomáticas ou repartições consulares localizadas no país em que estiver. A justificativa também pode ser feita pela internet (até 06 de dezembro/primeiro turno ou 27 de dezembro/segundo turno), ou apresentada a um cartório eleitoral no período de 30 dias contados da data do retorno ao Brasil, apresentando-se um documento que comprove a viagem.


Consequências

O eleitor que não votar e não justificar a ausência às urnas ficará em débito com a Justiça Eleitoral e estará sujeito a pagamento de multa e algumas restrições previstas em lei, como a impossibilidade de emitir passaporte e de fazer matrícula em estabelecimento de ensino superior. Quem não votar em três turnos seguidos, não apresentar justificativa e não quitar as multas devidas terá o título de eleitor cancelado.

A regra não se aplica aos eleitores cujo voto seja facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos, e maiores de 70 anos) e aos que têm alguma deficiência física ou mental que torne impossível ou demasiadamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais, que requererem sua justificação pelo não cumprimento desses deveres.

Outras informações sobre justificativa eleitoral podem ser encontradas no site do TRE ou solicitadas por meio do Disque-Eleitor (telefone 148), que atende de segunda a sexta de 7h às 19h e aos finais de semana e feriados das 8h às 18h.

Fonte: TRE-MG

Bombeiros resgatam vaca que caiu em boca de lobo no Distrito Industrial, em Varginha

Foi preciso uso de retroescavadeira no resgate, que durou menos de dois minutos; dono do animal não foi localizado.




O Corpo de Bombeiros de Varginha (MG) resgatou uma vaca que caiu em uma boca de lobo no Distrito Industrial Miguel de Luca, na manhã desta quinta-feira (25). Foi preciso o uso de uma retroescavadeira para retirar o animal do local.

De acordo com os bombeiros, o resgate demorou apenas um minuto e meio, e contou com ajuda de três profissionais e um voluntário. Depois de retirar a vaca do local, ela foi examinada rapidamente e não foram encontrados ferimentos.

Ainda segundo os bombeiros, o animal foi solto junto a outras vacas que estavam próximo ao local. O dono não foi localizado.

Fonte: G1 Sul de Minas


PRF apreende dois quilos de cocaína dentro de ônibus na rodovia Fernão Dias, no Sul de Minas

A droga estava acondicionada dentro de uma mochila em um ônibus que faz a linha entre São Paulo e o Nordeste



A rodovia Fernão Dias, a BR-381, tem sido muito usada por traficantes para o transporte de drogas e uma das modalidades mais utilizada é o tráfico fracionado, usando pessoas que são conhecidas no mundo do tráfico como "mulas", são pessoas que levam quantidades menores de drogas em ônibus, vans e automóveis.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem combatido esta modalidade criminosa com frequência na região do Sul de Minas. Nesta quarta-feira, dia 24, a PRF realizou mais uma apreensão, desta vez foram dois quilos de cocaína que estavam sendo transportados por um passageiro de um ônibus que faz a linha entre São Paulo e Patos, na Paraíba.

O ônibus foi parado pela PRF numa blitz em Pouso Alegre, no Sul de Minas, cães farejadores entraram no bagageiro do coletivo e nada foi encontrado. Já no interior do ônibus, os federais encontraram uma mochila com um tablete de dois quilos de cocaína, porém, o passageiro não foi localizado. Ninguém foi preso, mas a droga foi apreendida e levada para a delegacia de polícia de Pouso Alegre.

Fonte: Jornal de Lavras

Polícia Civil prende um dos principais líderes do tráfico de Três Pontas



A Polícia Civil prendeu em Varginha na manhã desta quarta-feira (24), Felipe de Paula Silva, o “Felipinho” de 26 anos. Ele já teve a condenação transitada em julgado pelo crime de tráfico, ou seja, foi condenado a 7 anos de prisão. Por isto, não cabe a restrição do período eleitoral, que permite prisão apenas em flagrante delito cinco dias antes do pleito e 48 horas depois.

Felipinho foi preso em uma residência no bairro Industrial JK, onde ele estava morando com a família. O imóvel foi cercado pela equipe de policiais civis. Bastante conhecido no tráfico de drogas, o rapaz tem um padrão de vida diferenciado dos demais e atua a pelo menos 10 anos, com forte ramificação em diversos bairros de Três Pontas.

Em novembro de 2017, Felipinho foi preso com arma e munições escondidos em um compartimento secreto dentro de um veículo com placas de Alfenas, próximo da Comunidade da Faxina. Na época ele foi preso, encaminhado a Delegacia de Polícia Civil, pagou fiança e foi liberado.

Fonte: Equipe Positiva