Estado publica edital para selecionar parceiros em programas de prevenção à criminalidade

Com valor estimado em R$ 90 milhões, o termo terá vigência de 30 meses a partir da publicação no Diário Oficial do Estado



O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e da Subsecretaria de Políticas de Prevenção Social à Criminalidade (Suped), abre Edital para recebimento de propostas de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público – Oscip, interessadas em firmar Termo de Parceria para a co-execução dos programas da Política Estadual de Prevenção Social à Criminalidade: Fica Vivo!, Mediação de Conflitos, Inclusão Social de Egressos do Sistema Prisional (PrEsp) e Central de Acompanhamento de Penas e Medidas Alternativas (Ceapa) .

Com valor estimado em R$ 90 milhões, o termo terá vigência de 30 meses a partir da publicação no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado dentro das possibilidades previstas no Decreto nº 46.020, de 9 de agosto de 2012, e suas alterações posteriores.

A pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, que não possui o título de Oscip concedido pelo Governo do Estado de Minas Gerais, poderá requerê-lo à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

Confira o Edital no site da Secretaria: http://www.seds.mg.gov.br/2013-07-09-19-17-59/editais


Fonte: Agência Minas

Com feriados seguidos, venda do comércio cai até 5% em cidades do Sul de Minas

Pouso Alegre e Varginha registraram movimento menor em lojas durante feriados prolongados.



Nas últimas três semanas, os feriados caíram emendados com os fins de semana. Para quem pôde viajar, isso foi bom, mas comerciantes da região sentiram o movimento cair. Uma loja em Pouso Alegre (MG) chegou a registrar queda de 5% nas vendas.

Com o feriado as pessoas viajam e o comércio fica vazio. As lojas fazem de tudo, até promoções, para segurar a freguesia. Em uma franquia de bolos, o gerente explica que a maior parte das encomendas é no fim de semana, mas muitos clientes viajaram.

"Logo após a Páscoa, normalmente cai um pouco o movimento por causa da questão dos doces, mas não cai tanto, geralmente em torno de 5% e 10%", conta Wellington Aleksey.

E até o pastelzinho de milho, patrimônio cultural de Pouso Alegre, perde com os feriados prolongados. "Nos feriados, o comércio geral cai muito, cai bastante", lamenta o pasteleiro, Daniel de Paula.

Com três semanas seguidas de feriados, o movimento menor também era perceptível nas ruas de Varginha (MG). A Associação Comercial de Varginha (ACIV) afirma que registrou queda nas vendas em alguns setores. "Pra alguns setores ajuda, como pra quem vende chocolate, todo esse material de Páscoa, as lojas venderam muito. Pra lojas como essa que vendem malas, bolsas, os feriados também ajudam. Mas em geral, atrapalham, porque tiram as pessoas da cidade", explica o presidente, Anderson de Souza Martins.

O economista Carlos Conde explica sobre a evasão das cidades da região. "Há uma evasão dessas cidades, de Varginha, Pouso Alegre, cidades que são emissoras de turistas para as cidades que são receptoras de turistas, e aí essa evasão faz com que a queda do consumo aconteça. Aliado a isso, a gente ainda tem a situação da conjuntura econômica do país."

Além disso, segundo ele, no início do ano há muitas despesas a serem pagas pelos moradores. "O consumidor começou a pagar IPVA em janeiro, quem pagou parcelado terminou de pagar em março. Algumas cidades o IPTU é pago em março, então todas essas despesas de início de ano, elas se distribuem de janeiro até março."

Fonte: G1 Sul de Minas

PM PRENDE TRAFICANTE E USUÁRIOS DE DROGAS QUE FAZEM HIP HOP NA PRAÇA EM BAEPENDI



Nesta madrugada, a Polícia Militar de Baependi ao realizar Operação Antidrogas, deslocaram até o beco ao lado do Bar do Lu, que dá acesso a Igreja CEO, momento que deparou com alguns cidadãos conhecidos em nosso município por promoverem eventos de Hip Hop na Praça Monsenhor Marcos, onde fazem apologia ao uso de drogas em letras de músicas e postam vídeos em redes sociais ofendendo moradores da cidade e autoridades.

Eles estavam em atitude suspeita e no momento da abordagem, um deles jogou algo no chão e em seguida saiu correndo, sendo capturado por um dos militares.

Os demais suspeitos permaneceram no local, sendo abordados e submetidos à busca pessoal, tendo entre eles um menor de idade.

O objeto jogado ao chão tratava-se de uma sacola com certa quantidade de maconha, cocaína e crack.

Em contato com os abordados, eles prontamente informaram que eram usuários de drogas e afirmaram que teriam comprado a droga do cidadão que a princípio foi capturado pela PM ao tentar evadir.
Ao serem qualificados na ocorrência, constatou-se que o traficante das drogas tratava-se de um soldado do Exército Brasileiro, servindo na cidade de Três Corações/MG, porém morador e natural de Baependi, residente na rua Benjamin Constant, centro.

Foi feito contato com seus superiores em Três Corações informando que o autor do tráfico e os demais usuários seriam todos encaminhados à Delegacia de Plantão de São Lourenço, onde foi ratificada a prisão do autor, permanecendo ali até ser escoltado pelo Exército à cidade onde ele serve.

Polícia Militar de Baependi, nossa missão é servir e proteger.










Fonte: Polícia Militar de Baependi

Mulher do goleiro Bruno está grávida, diz advogado

Jogador vai ser transferido para Varginha (MG) onde Ingrid Calheiros vive




O advogado do goleiro Bruno Fernades, Lúcio Adolfo, informou ao R7, na noite desta sexta-feira (28), que a dentista Ingrid Calheiros, mulher do jogador, está grávida do primeiro filho do casal. Adolfo contou que o jogador está feliz pela paternidade, mas triste por estar, neste momento, preso, por ser considerado "perigoso".


Nesta tarde, o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) informou que o juiz Wagner de Oliveira Cavalieri, da comarca de Contagem, na Grande BH, aceitou o pedido de transferência do atleta para o presídio de Varginha, no sul de Minas Gerais. Segundo Adolfo, a transferência era um desejo do jogador e da família para que ele ficasse mais próximo da mulher, que está grávida e que se mudou do Rio de Janeiro para a cidade mineira para acompanhá-lo. De acordo com Adolfo os exames de gravidez de Ingrid já haviam sido anexados ao processo do jogador. O defensor, que não divulgou de quantos meses Ingrid está, acredita que a gravidez pode ter contribuído para a autorização da transferência .



Fonte R7 Notícias

* Com supervisão de Flávia Martins y Miguel

Assaltos às margens da Fernão Dias crescem 14%, aponta PRF

Apenas entre Extrema (MG) e Belo Horizonte (MG) foram 170 ocorrências registradas nos últimos 12 meses.


O número de assaltos às margens da Rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte (MG), cresceram 14% nos últimos 12 meses, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal. Apenas no trecho que vai de Extrema (MG) até a capital mineira, foram 170 ocorrências registradas no mesmo período- nove aconteceram no primeiro trimestre de 2017.

Na loja de móveis de José Carlos de Melo, localizada às margens da BR-381, houve dois assaltos em 2016. O prejuízo é calculado em R$ 8 mil. O comerciante instalou câmera e alarme, mas diz viver com medo.


"O medo é matar a gente, né? Gritar não adianta nada", diz o comerciante.


Ousadia


Nem as praças de pedágio escapam. Em abril de 2016, dois homens foram flagrados por câmeras de segurança retirando dinheiro de dentro da cabine de cobrança. A polícia conseguiu prender os suspeitos depois que a sacola que protegia a placa da motocicleta usada por eles caiu.
O superintendente da empresa que administra a rodovia, Helvécio Tann de Lima, afirma que a segurança foi reforçada. "A gente sempre tem ações operacionais com as nossas viaturas que estão presentes nas praças. É uma forma de minimizar o risco de assaltos nas praças", afirma.


Caminhoneiros são os principais alvos


Mas são os caminhoneiros as principais vítimas de assaltantes, de acordo com a polícia. Um caminhoneiro, que preferiu não ser identificado, contou como teve o veículo roubado no momento em que parou próximo a Extrema para resolver um problema mecânico.

"Eles levaram o caminhão e eu fui para dentro de um carro. E eles me deixaram dentro do carro até às 10h da noite. Aí, depois, me liberaram."


Já o caminhoneiro Fanézio Evandro Vieira relata que dois amigos foram vítimas de ladrões há três meses no trecho de Pouso Alegre (MG), próximo a um posto da PRF. "Teve um defeito no caminhão, o outro veio ajudar. O ladrão veio e roubou pertences deles."

O inspetor Émerson João Soares disse que o monitoramento da rodovia está entre as medidas de segurança adotadas. "Nós temos mais de 200 câmeras que auxiliam muito na questão da segurança", informou.

Questionado sobre a segurança oferecida na Fernão Dias, o comando da Polícia Militar em Belo Horizonte (MG) informou que cada companhia é responsável pelo seu trecho de rodovia.

Fonte:: G1 Sul de Minas

Gastronomia: Festivais gastronômicos agitam fim de semana prolongado no Sul de Minas



Para os amantes da gastronomia a dica são os festivais em Poços de Caldas e Varginha (MG). Dezoito bares de Poços de Caldas disputam pelo melhor petisco durante a edição do “Comida di Buteco” 2017. O concurso culinário movimenta os botecos até o dia 7 de maio, período em que clientes poderão degustar e eleger o melhor tira-gosto da cidade.

O Festival Gourmet e Cultural de Varginha tem a participação de oito restaurantes nesta edição. Os pratos estarão disponíveis nos restaurantes com descontos que variam de 13% a 40% até o dia 14 de maio. Este ano, somente concorrem pratos desenvolvidos especialmente para concorrer ao título de “Sabor que tempera a nossa cidade”. Todos os concorrentes têm como ingrediente obrigatório o filé de frango desfiado.


Miss Caxambu & Garota Malhação 2017/2018


Vai acontecer em Caxambu, no dia 23 de setembro, no Clube Fluminense, com início às 21 horas, Miss Caxambu & Garota Malhação 2017/2018.

Realização CD Models


Criança de um ano e meio é a terceira vítima da leishmaniose visceral em Lavras

O caso foi registrado no bairro Joaquim Sales


Lavras registrou o terceiro caso de leishmaniose visceral e a vítima é uma criança de um ano e meio, ela é moradora do bairro Joaquim Sales, onde está sendo intensificada a fiscalização por parte dos órgãos de saúde pública. São 12 agentes de saúde, estudantes e professores do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Lavras (Ufla) que estão trabalhando no combate ao vetor.

As ações são concentradas, já que o mosquito, ao contrário do Aedes aegypti, não sai do local onde ele habita. O mosquito se reproduz em matérias em decomposição, como cascas de frutas, folhas, fezes de galinha, de cachorro, bordas de mata e outros. A leishmaniose visceral pode matar e provocar graves lesões, ela é uma doença controlada.

Além dos três casos de leishmaniose visceral, outros casos de leishmaniose tegumentar foram registrados em Lavras, esta segunda não é uma doença fatal e ela caracteriza-se por apresentar feridas indolores na pele ou mucosas do indivíduo afetado. Apesar de ter um aspecto, em alguns casos, assustadores, a leishmaniose tegumentar é menos agressiva que a leishmaniose visceral, ela tem cura tanto para humanos quanto para os cães.

A leishmaniose é uma doença crônica, não contagiosa, causada por protozoários do gênero Leishmania. Ela é transmitida através da picada dos insetos conhecidos como mosquitos-palha, que se alimentam de sangue de animais silvestres, mas em especial, dos cães domésticos, seu principal portador.

Fonte: Jornal de Lavras

Fim do foro privilegiado é aprovado em primeiro turno por unanimidade



O Senado aprovou em primeiro turno, nesta quarta-feira (26), com 75 votos favoráveis, a proposta de emenda à Constituição (PEC 10/2013) que acaba com o foro especial por prerrogativa de função, conhecido popularmente como foro privilegiado. O texto, que foi aprovado sem votos contrários nem abstenções, mantém o foro especial apenas para o presidente da República e para os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

A partir da terça-feira (2), a PEC terá de ser discutida durante três sessões deliberativas no Plenário, podendo, em seguida, ser votada em segundo turno. Se for aprovada em segundo turno, a proposta segue para análise da Câmara dos Deputados.

O texto aprovado é o substitutivo apresentado pelo relator, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que consolidou o texto original, de autoria do senador Alvaro Dias (PV-PR), com outra proposta, a PEC 18/2014, de autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e emendas sugeridas.

Conforme o texto de Randolfe, o foro privilegiado fica extinto para todas as autoridades brasileiras nas infrações penais comuns. Fica mantido o foro privilegiado apenas para os chefes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário da União. Ou seja, a PEC acaba com os foros especiais para ministros de estado, governadores, prefeitos, presidentes de câmaras municipais e de assembleias legislativas, presidentes de tribunais superiores e de justiça dos estados, ministros dos tribunais superiores e do TCU, procurador-geral da República, embaixadores, membros de tribunais de contas estaduais e municipais, integrantes de tribunais regionais, juízes federais e integrantes do Ministério Público.

As autoridades manterão o foro por prerrogativa de função nos crimes de responsabilidade, aqueles cometidos em decorrência do exercício do cargo público, como os contra o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais; a segurança interna do país; a probidade na administração; a lei orçamentária; o cumprimento das leis e das decisões judiciais, entre outros.

A PEC também inclui expressamente no art. da Constituição a proibição de que seja instituído qualquer outro foro por prerrogativa de função no futuro.

A proposta permite a prisão de membros do Congresso Nacional condenados em segundo grau, nas infrações comuns. Hoje, eles são julgados pelo Supremo Tribunal Federal e só podem ser presos após condenação definitiva dessa Corte. A PEC também elimina a possibilidade de a Casa parlamentar sustar o andamento de ação penal contra os legisladores, hoje prevista pela Constituição.

O texto aprovado mantém a exigência de autorização da Câmara dos Deputados, por dois terços de seus membros, para o julgamento do presidente da República. Entretanto, permite que ele seja julgado por um juiz de primeiro grau, nos crimes comuns. O julgamento por crime de responsabilidade continua a ser feito pelo Senado.

A proposta prevê a suspensão do presidente da República de suas funções, nas infrações penais comuns, a partir do momento do recebimento da denúncia ou queixa-crime pelo juiz competente. Nos crimes de responsabilidade, a suspensão só ocorre após a instauração do processo pelo Senado.

Diversos senadores defenderam e apoiaram o fim do foro privilegiado durante a sessão de votação, entre eles Ronaldo Caiado (DEM-GO), Eduardo Braga (PMDB-AM), Reguffe (sem partido-DF), Telmário Mota (PTB-RR), Benedito de Lira (PP-AL), Hélio José (PMDB-DF), José Medeiros (PSD-MT), Omar Aziz (PSD-AM), Cidinho Santos (PR-MT), Lídice da Mata (PSB-BA), João Capiberibe (PSB-AP), Magno Malta (PR-ES), Gladson Cameli (PP-AC), Fátima Bezerra (PT-RN), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e outros.

Alvaro Dias disse que o fim do foro é um grande passo para o Brasil garantir “justiça igual para todos”.

- O Brasil é um país em transformação. A extinção desse privilégio, a derrubada desse pedestal, é a sinalização de que nós podemos acreditar no surgimento de uma nova Justiça nesse país – disse Alvaro Dias.

Para Randolfe, ao votar pelo fim do foro privilegiado o Senado “coloca o Brasil no rol das nações democráticas e republicanas”. Ele disse que o foro especial é um “resquício aristocrático e monárquico”.

- Hoje é um dia histórico para o Senado e para a República – disse Randolfe ao pedir para a Câmara votar a proposta o mais rapidamente possível.

Magno Malta afirmou que a população brasileira não aguenta mais o foro privilegiado. Ele sugeriu que os senadores e deputados deem outros bons exemplos à população congelando os recursos do fundo partidário por 20 anos e diminuindo pela metade os salários dos parlamentares.

Cássio Cunha Lima lembrou que seu pai, o ex-senador Ronaldo Cunha Lima, já defendia o fim do foro privilegiado em 1995 na tribuna do Senado.

- Hoje, estamos vivendo um dia histórico, indiscutivelmente, ao extinguir em definitivo o foro privilegiado e proibir que esse instrumento volte a ser criado – afirmou o senador pela Paraíba.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, também comemorou a aprovação da PEC ao dizer que mais de 35 mil agentes públicos perderão esse privilégio.

Fonte: Agência Senado 

STF decide que poder público deve cortar salários de servidores grevistas



O plenário do STF já decidiu que é devido o desconto nos vencimentos dos servidores públicos em decorrência de dias não trabalhados por adesão a greve. A decisão se deu por maioria apertada, 6 x 4, em julgamento de recurso com repercussão geral.

Também por maioria foi fixada a seguinte tese:


“A administração pública deve proceder ao desconto dos dias de paralisação decorrentes do exercício do direito de greve pelos servidores públicos, em virtude da suspensão do vínculo funcional que dela decorre, permitida a compensação em caso de acordo. O desconto será, contudo, incabível se ficar demonstrado que a greve foi provocada por conduta ilícita do próprio poder público.”
Aplicação analógica

A sessão de hoje começou com voto-vista do ministro Luís Roberto Barroso, que acompanhou o relator, ministro Dias Toffoli, para dar provimento em parte ao recurso.

Confira o resumo do voto do ministro Barroso. Barroso lembrou em seu voto que, em julgamento de mandado de injunção, a Corte fixou que, devido à ausência de lei que regulamente a greve em âmbito público, deve-se aplicar, por analogia, a lei 7.783/89, que dispõe sobre o exercício do direito de greve. A norma prevê a participação em greve suspende o contrato de trabalho, portanto, autoriza o corte de ponto pelos dias parados.

Para o ministro, por analogia e considerando a decisão do Supremo, a regra deve ser aplicada aos servidores públicos. “O administrador público não apenas pode, mas tem o dever de cortar o ponto. O corte de ponto é necessário para a adequada distribuição do ônus inerentes à paralisação.”

O ministro Barroso ponderou ainda que esse entendimento não viola, “em absoluto”, o direito de greve, mas que é preciso “desestimular greves prolongadas no serviço público”.


“A certeza do corte de ponto em prejuízo do servidor de um lado, e a possibilidade de suspensão de parte do corte de ponto em desfavor do poder público de outro, oneram ambos os polos da relação e criam estímulos para a celebração de acordo que ponha fim a greve de forma célere, e no interesse da população.”

Ao final de seu voto, finalizou ainda “ainda pela possibilidade de implementação pelo tribunal competente de decisão intermediaria – na linha do que já decidiu o TST – que determine o corte parcial e/ou a compensação parcial em caso de greve de longa duração em que haja indícios de que o próprio poder público (1) esteja se recusando a negociar com os servidores; (2) seja recalcitrante na busca efetiva de acordo ou (3) pareça beneficiar-se por qualquer razão da paralisação”.


O ministro Teori Zavascki também seguiu esse entendimento, lembrando ainda que tem caráter normativo a decisão da Corte, que determinou a aplicação da lei 7.783/89 ao serviço público, uma vez que ser deu em mandado de injunção. Por isso, defendeu que “a decisão do mandado de injunção tem que ser observada. Não tem nenhum sentido nós mudarmos isso”.

Em seu voto, o ministro Gilmar Mendes levantou a questão de quem subsidia a greve dos servidores públicos. Para ele, é a sociedade. Por isso, entende deve deve-se adotar a mesma regra do setor privado.

No mesmo sentido, o ministro Luiz Fux ponderou: “A greve é um direito constitucionalmente assegurado, mas que revela um fator social de natureza grave. Ou seja, não é uma via de mão única que afeta somente o poder público. Quem banca a greve é o contribuinte.”

O ministro lembrou ainda que há no Congresso um projeto de lei em tramitação que prevê o corte de ponto do servidor público. “Como estamos antevendo um momento muito difícil, essa solução do STF é a melhor solução e que está de acordo com o PL.”

Última a votar, a ministra Cármen Lúcia considerou não só o custo financeiro da greve, mas o custo social e o custo de vida que, no seu entendimento, “se faz com aquele que nada tem a ver” com a paralisação.
Adequações

A ministra Rosa Weber foi a primeira na sessão de hoje a acompanhar a divergência aberta pelo ministro Edson Fachin, pelo não provimento do recurso. A ministra considerou que a decisão do STF no mandado de injunção previu a aplicação da lei 7.783/89, com as devidas adequações.

Para ela, diferentemente do trabalhador do setor privado, o servidor público não tem a possibilidade de negociação coletiva e, portanto, não pode sofrer o corte de ponto quando exercer seu direito de greve.


“A suspensão do pagamento dos servidores grevistas exige ordem judicial que assente a ilegalidade do movimento.”

Também votou nesse sentido o ministro Marco Aurélio, ressaltando o art. da lei 7.783/89. O dispositivo prevê a suspensão do contrato de trabalho, mas estabelece que as relações obrigacionais, durante o período, devem ser regidas pelo acordo, convenção, laudo arbitral ou decisão da Justiça do Trabalho. O ministro considerou ainda que, sem o subsídio, “o trabalhador em geral não tem folego econômico financeiro para manter a greve”.

Já o ministro Ricardo Lewandowski ressaltou que “não há nenhum comando que obriga o Estado a fazer o desconto no momento em que for deflagrada a greve”. Assim, não havendo norma, entende que não se pode estabelecer o corte. Por isso, entende que “essa relação deve ser submetida ao Poder Judiciário”.

Processo relacionado: RExt: 693.456

Correio Forense

Café especial: Campeonatos de Barismo começam hoje em Varginha

Disputas de Brewers Cup, Coffee In Good Spirits, Cup Tasters e Latte Art classificam representantes brasileiros para os campeonatos mundiais




Os Campeonatos Brasileiros de Latte Art, Cup Tasters, Coffee In Good Spirits e Brewers Cup terão início hoje, 28 de abril, e se estenderão até 1º de maio, no Via Café Garden Shopping, em Varginha (MG). As competições integram as atividades do projeto setorial “Brasil. A Nação do Café”, desenvolvido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Os campeões de cada categoria garantem classificação para os campeonatos mundiais, que ocorrerão entre os dias 13 e 15 de junho, em Budapeste, na Hungria.

Na competição de Cup Tasters, os participantes deverão demonstrar seu conhecimento na distinção de cafés. Durante os primeiros dias, serão realizadas eliminatórias com testes triangulares, em que os competidores devem identificar uma xícara diferente entre as apresentadas. Os quatro melhores degustadores se classificam para a final.

O campeonato de Latte Art exige que os competidores preparem bebidas a base de leite vaporizado e café espresso, utilizando diferentes técnicas para decorar a superfície. As eliminatórias ocorrerão até domingo, quando serão conhecidos os seis finalistas.

Na disputa de Coffee In Good Spirits, os concorrentes deverão demonstrar suas habilidades de mixologistas para valorizar o preparo de bebidas alcoólicas à base de café. Os seis profissionais que melhor prepararem drinques alcoólicos quentes e frios, tendo o café como destaque, garantem vaga na final.

A competição de Brewers Cup exige que os profissionais elaborem o café por métodos de filtragem manual, empregando suas técnica e habilidade para extrair o melhor da bebida. Serão três etapas eliminatórias para a definição dos seis finalistas, que, assim como nas demais categorias, disputarão o título de campeão brasileiro na segunda-feira, dia 1º de maio.

Os Campeonatos Brasileiros de Baristas e Roasters serão realizados no segundo semestre deste ano, uma vez que suas competições mundiais estão agendadas para os meses de novembro e dezembro de 2017, respectivamente.

A BSCA é a National Body no Brasil da World Coffee Events (WCE), entidade organizadora do World Barista Championship (WBC) e detentora dos direitos da competição em todo o mundo. Essa condição garante à Associação o direito de realizar as etapas classificatórias das competições mundiais, as quais conduzem os campeões brasileiros para a fase final dos certames internacionais nas suas sete modalidades: (i) Barista; (ii) Latte Art; (iii) Brewers; (iv) Coffee in Good Spirits; (v) Cup Tasters; (vi) Roasters (torrefação); e (vii) Cezve Ibrik (café turco), que não ocorre no Brasil.



SERVIÇO

Campeonatos Brasileiros de Barismo 2017

Data: 28/04 a 1º/05

Local: Via Café Garden Shopping, em Varginha (MG)

Mais informações: Juliana Roque - (35) 3212-4705 / 3212-6302 / juliana@bsca.com.br



Por Eliana Sonja

Goleiro Bruno é transferido para a Penitenciária de Três Corações, MG



O goleiro Bruno Fernandes foi transferido no início da noite desta quinta-feira (27) para a Penitenciária de Três Corações (MG). Segundo a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), detalhes sobre a transferência não seriam divulgados por motivo de segurança. Bruno se apresentou espontaneamente no início da tarde na Delegacia Regional de Varginha depois que o mandado de prisão foi expedido pela Justiça.

Em nota, a SEAP disse ainda que Bruno Fernandes ocupará uma cela individual, com medida de 4,5m por 4,5m. O espaço possui cama, pia e vaso sanitário de alvenaria.

O jogador se apresentou pela segunda vez na Delegacia de Polícia Civil de Varginha quase 48 horas após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que revogou liminar que o mantinha o atleta, atualmente no Boa Esporte, em liberdade. Bruno se apresentou por volta de 13h45. Ele passou por exames de corpo delito com o médico legista dentro da própria delegacia e por volta de 15h30 foi levado para o Presídio de Varginha.

Segundo um dos advogados de Bruno, Fábio Gama, a defesa já está solicitando junto à juiza responsável pelo caso em Contagem, que ele possa permanecer no presídio de Varginha.

Bruno já havia se apresentado à Polícia Civil na tarde da terça-feira (25), mas foi liberado pelo delegado regional de Varginha, Roberto Alves Barbosa Júnior, pois o mandado de prisão ainda não havia sido expedido. O goleiro assinou uma certidão se comprometendo a se apresentar à Justiça.

Fonte: G1 Sul de Minas

Paralisação atinge escolas e serviços públicos no Sul de MG

Profissionais de diversas instituições aderiram a movimento nacional contra reformas trabalhista e previdenciária.






Estudantes do Sul de Minas estão sem aulas nesta sexta-feira (28) em escolas das redes municipal, estadual e de ensino superior de diversas cidades. A suspensão das aulas integra uma paralisação nacional organizada por sindicatos em todo o país. De acordo com os organizadores, o movimento tem o objetivo de protestar contra as reformas trabalhista e da previdência propostas pelo governo e em votação no Congresso.

Em Varginha (MG), alunos das 36 unidades da rede municipal, assim como em creches, estão com as atividades suspensas desde o início da manhã. Na rede estadual, as 11 instituições trabalham parcialmente.

Em Pouso Alegre (MG), as 34 escolas municipais seguirão em aula até às 15h30. Já na rede estadual, há instituições com paralisação parcial, como o Polivalente, e outras com aulas suspensas desde o início da manhã, a exemplo da Escola Estadual Vinícius Meyer.


Em Poços de Caldas (MG), das 10 escolas estaduais, 4 estão paradas. Nas demais o expediente é cumprido parcialmente.

Entre as instituições de ensino superior, há paralisação de parte dos funcionários do setor administrativo da Universidade Federal de Lavras (Ufla-MG) e da Universidade Federal de Itajubá (Unifei-MG) e suspensão das aulas em função da greve na Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG). As aulas também foram suspensas em todas as unidades do Instituto Federal do Sul de Minas (IF Sul de Minas), com adesão de parte do setor administrativo.



Transporte público


Em Varginha, a assessoria de imprensa da prefeitura confirmou que há paralisação parcial do transporte público da cidade. Dos 58 veículos que circulam diariamente, 20 foram para as ruas nesta sexta-feira. A concessionária do serviço informou que negocia que a frota aumente para pelo menos 25 durante o dia. Na cidade, os atedimentos na unidade do INSS também estão suspensas e só devem retornar na terça-feira (2).


Outros prestadores de serviços

Trabalhadores da Cemig e da Copasa no Sul de Minas também decidiram em assembleia aderir à paralisação nacional. Pela Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais, apenas os funcionários que trabalham na área operacional (como manutenção da rede e leituristas) seguem trabalhando pela manhã, segundo o sindicato, e há previsão de suspensão dos serviços no período da tarde. Até esta publicação, o sindicato não tinha informações sobre o número de profissionais parados.

Já de acordo com o sindicato dos eletricitários, 95% dos 580 funcionários que trabalham para a concessionária de energia elétrica estão parados desde o início da manhã no Sul de Minas.


Prefeituras


Na Prefeitura de Itajubá (MG), não há expediente nesta sexta-feira. Em nota, a administração informou que houve acordo coletivo com o sindicato pela adesão à paralisação nacional e que os funcionários terão que repor o dia de trabalho para não haver corte na folha de ponto. Já em Varginha (MG), o atendimento ao público foi reduzido e deve se encerrar às 13h30. Em Passos (MG), a prefeitura decretou ponto facultativo para funcionários que não trabalham em áreas essenciais.

Fonte: G1 Sul de Minas

Senado aprova projeto que altera a Lei de Abuso de Autoridade

O projeto prevê também punição para a popular carteirada




O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (26) o substitutivo do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao projeto (PLS 85/2017) que altera a definição dos crimes de abuso de autoridade. O texto abrange atos que podem ser cometidos por servidores públicos e membros dos três poderes da República, do Ministério Público, dos tribunais e conselhos de contas e das Forças Armadas. Ele segue para a Câmara dos Deputados.

O substitutivo, que tinha sido aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) pela manhã, prevê mais de 30 ações que podem ser consideradas abuso de autoridade, com penas que variam entre seis meses e quatro anos de prisão. Além disso, as autoridades condenadas terão que indenizar a vítima. Em caso de reincidência, também pode haver a inabilitação para exercício da função pública por um a cinco anos e até mesmo a perda do cargo.


Serão punidas, por exemplo, práticas como decretar a condução coercitiva de testemunha ou investigado sem prévia intimação ao juízo; fotografar ou filmar preso sem seu consentimento ou com o intuito de expô-lo a vexame; colocar algemas no detido quando não houver resistência à prisão e pedir vista de processo para atrasar o julgamento.

O projeto prevê também punição para a popular carteirada. Conforme o parágrafo único do artigo 33, é crime utilizar-se do cargo ou função pública ou invocar a condição de agente público para se eximir de obrigação legal ou para obter vantagem ou privilégio indevido.

O artigo 37, por sua vez, pune a demora demasiada e injustificada no exame de processo de que tenha requerido vista em órgão colegiado, com o intuito de procrastinar seu andamento ou retardar o julgamento.




Fonte: Agência Senado

Maior competição escolar do país tem início na próxima semana em Minas Gerais

Disputa classifica os campeões para os Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, etapas nacionais



O maior evento esportivo-educacional brasileiro começa na próxima segunda-feira (1/5), quando alunos-atletas de 12 a 17 anos vão iniciar a disputa dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). Ao todo, são esperados 35 mil estudantes de 2 mil escolas na competição que classifica os campeões para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) e para as Paralimpíadas Escolares, etapas nacionais que contam com a participação de representantes de todo o Brasil.

Os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) são uma realização do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretarias de Estado de Esportes (Seesp) e Educação (SEE) e conta com três etapas. A primeira delas, a microrregional, será realizada em 49 cidades do estado, de 1º de maio a 18 de junho (Clique aqui para conferir as cidades-sede da microrregional).

Após essa fase, os atletas e equipes classificados disputam a regional em outras seis sedes, de 10 a 15 de julho. A última etapa, a estadual, acontece de 31 de julho a 5 de agosto, com disputas nas modalidades coletivas, individuais e paralímpicas. Para participar das etapas organizadas pelo Governo de Minas Gerais, os municípios são os responsáveis por fazerem seletivas com escolas locais públicas e privadas. (O cronograma de execução está disponível aqui).

Os Jogos Escolares são uma oportunidade para que se desperte, nos estudantes, o interesse pelo esporte e pela participação em grandes competições. É o caso de Sílvio Heleno, de 12 anos, aluno do 7º ano da Escola Estadual Professor José Valadares, de Pitangui. A fase microrregional em sua cidade começa já na próxima semana e, mesmo jogando pela primeira vez, ele está determinado para a disputa do voleibol.

“O JEMG será bom para o meu desenvolvimento e também para conhecer o esporte. Comecei jogando de brincadeira, nas aulas de Educação Física, fiz a seletiva e passei, agora espero vencer”, conta Heleno.

Nesta edição as modalidades em disputa são: atletismo, atletismo paralímpico, badminton, basquete, bocha, ciclismo, flag football, futsal, futebol de 5 (masculino), futebol de 7 (masculino), ginástica artística, ginástica rítmica (feminina), ginástica de trampolim, goalball, handebol, judô, judô paralímpica, luta olímpica, natação, natação paralímpica, parabadminton, peteca, rugby, skate, tênis de mesa, tênis de mesa PCD, tênis em cadeira de rodas, voleibol, voleibol de praia, voleibol sentado e xadrez, nos naipes masculino e feminino. As modalidades de flag football, parabadminton, rugby e skate acontecem em caráter de demonstração.

Etapas nacionais

Os Comitês Olímpico do Brasil (COB) e Paralímpico Brasileiro (CPB) organizam, respectivamente, os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) e as Paralimpíadas Escolares. Os eventos contemplam mais de 2 milhões de jovens brasileiros nas seletivas municipais e estaduais, revelando atletas de alto rendimento.

No último fim de semana, a atleta Núbia Soares, campeã do JEMG e do JEJ em 2012, obteve o índice que a classificou para a disputa do salto triplo no Mundial de Atletismo, a ser realizado em Londres, no mês de julho. No ano passado, ela participou dos Jogos Rio 2016.

Recentemente convocada para defender a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, a goleira Camila Menezes joga no América e também foi campeã dos JEMG. Participaram da competição nove dos 14 paratletas convocados para os Jogos Parapan-Americanos de Jovens 2017. Fábio Bernardes, do tênis de cadeira de rodas, inclusive, conquistou uma medalha de ouro e outra de prata na competição que foi realizada em São Paulo, no mês de março.

Neste ano, o JEJ acontecerá em Curitiba (PR), de 12 a 21 de setembro, para alunos-atletas com idade entre 12 e 14 anos, e em Brasília (DF), de 16 a 25 de novembro, para aqueles de 15 a 17 anos. Já as Paralimpíadas Escolares serão realizadas em São Paulo (SP), de 20 a 25 de novembro.

Outras informações podem ser acessadas em: www.jogosescolares.esportes.mg.gov.br.




Fonte: Agência Minas

AÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIAS MILITARES DE TRÊS ESTADOS E GAECO APREENDE MAIS DE QUATRO TONELADAS DE MACONHA

Uma das maiores apreensões de drogas no Sul de Minas nos últimos anos.





Na tarde dessa terça-feira, 25 Abril 2017, uma operação policial conjunta envolvendo a Polícia Militar do Estado do Paraná, de São Paulo, de Minas Gerais e GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, obteve êxito em apreender mais de quatro toneladas de maconha em um caminhão interceptado na cidade de Pouso Alegre.

O veículo, um caminhão, estava sendo monitorado desde o Estado do Paraná onde a Polícia Militar abordou um cidadão com pequena quantidade de drogas. Com este cidadão foi encontrado um aparelho celular com mensagens sobre carregamento de drogas vindo do Paraná, passando pelo interior do Estado de Minas Gerais com destino à São Paulo, inclusive contendo a placa do caminhão, veículos da escolta e também informações sobre o rastreador do caminhão.

A PM do Paraná repassou as informações para a PM de São Paulo para que realizasse a abordagem do veículo. Porém a PM de São Paulo não conseguiu fazê-lo a tempo.

Dessa forma a PM de São Paulo repassou as informações para a Polícia Militar da cidade de Andradas (18ª RPM). Devido ao percurso realizado pelo veículo não foi possível sua abordagem.

As informações foram repassadas então a Central de Comunicações do 20º Batalhão que a replicou para as frações da Unidade. As viaturas foram distribuídas estrategicamente no terreno para realizarem o acompanhamento do veículo a medida que progredia pela rodovia.

Próximo ao bairro Belo Horizonte em Pouso Alegre, uma equipe da 17ª Companhia Independente de Policiamento Especializado com o apoio das viaturas do 20º Batalhão, obstruíram parcialmente a rodovia, dando ordem de parada ao veículo.

A ação contou com a participação dos cães farejadores da 17ª Cia Ind PE sendo que ao ser informado que os cães participariam o motorista já assumiu que a carga do caminhão era de drogas. O motorista relatou que receberia R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para realizar esse deslocamento com a droga.

O caminhão foi levado a um pátio onde a carga foi desfeita e grande quantidade de substância entorpecente foi localizada sob um fundo falso. A perícia foi acionada e acompanhou a pesagem da droga.

O montante total aproxima-se 4.130 quilos de maconha e constitui uma das maiores apreensões de drogas no Sul de Minas nos últimos anos.



Polícia Militar, 241 anos...

Movidos pelo orgulho de servir e proteger Minas Gerais.






Autor: P5 20º BPM

Ocorrência Policial - Pouso Alto: Infrator entra em igreja pelo teto para furtar





Nessa quarta-feira (26), a Polícia Militar registrou uma ocorrência na Rodovia BR 354, Centro de Pouso Alto, onde uma igreja foi alvo de furto.

Segundo pastor da igreja, quando um dos membros foi fazer manutenção no imóvel ao uma das salas que fica trancada visualizou um buraco no teto e o cômodo revirado. Quando realizaram conferência deram falta de aproximadamente R$600,00 em dinheiro, quantia que estava dentro de uma gaveta.

Ainda não há suspeitas da autoria do crime e qualquer informação que possa ajudar a identificar o autor ligue 181.Autor: P5 do 57º BPM

Cantora Karine Castro lança música com participação de Paulinho Reis no seu canal do Youtube



A cantora caxambuense Karine Castro, que gravou sua nova música em parceria com Paulinho Reis, acaba de lança-la hoje, no seu canal no Youtube. "Eu não Mereço", composição de Cacá Pacheco, marca sua estréia no cenário sertanejo.

No clipe de trabalho, Karine aparece no Estúdio Amaral Music, na cidade mineira de Leopoldina, junto com o cantor sertanejo Paulinho Reis, interpretando a canção que fala de amor e traição.

Segundo Karine, Paulinho Reis foi muito generoso, uma espécie de padrinho para a cantora que está dando inicio a uma nova fase de sua recente carreira. "Sou muito grata pela força que Paulinho está me dando e satisfeitíssima com o resultado do trabalho. Não só a ele mas a todos que de alguma forma colaboraram com esse projeto, todos que acreditam em meu trabalho, minha eterna gratidão", declarou a artista, que promete novidades para muito breve.

Que tal conferir "Eu não Mereço" e curtir a performance da dupla. Então aperta o play: https://www.youtube.com/watch?v=SuQle9EOGHQ&feature=share


Por Roberta Pimenta

Um dia após decisão do STF, mandado de prisão não sai e goleiro Bruno segue em liberdade

Advogado do goleiro e diretor do Boa Esporte estiveram no Fórum de Varginha por duas vezes durante a tarde e disseram que ele vai se entregar.




O goleiro Bruno Fernandes segue em liberdade. O mandado de prisão, necessário para que o goleiro volte para a cadeia, ainda não foi expedido pela Justiça. Até as 18h desta quarta-feira, quando foram encerrados os trabalhos no Fórum de Varginha (MG), o documento ainda não havia sido expedido.

Durante o dia, o advogado do jogador, Lúcio Adolfo e o diretor do Boa Esporte, Rildo Moraes, estiveram por duas vezes no Fórum da cidade para saber se o mandado de prisão já havia sido expedido. O goleiro não esteve no local. Segundo o advogado do jogador, Bruno quer se apresentar espontaneamente e mostrar que está disponível para a Justiça.

"Eu vim avisar para o juiz que, assim que for cadastrado (o mandado), um telefonema, uma intimação ele vai comparecer imediatamente, eu quero agilizar, eu quero resolver isso logo. Meu grande objetivo é mostrar para o Brasil que pela segunda vez esse jovem, esse rapaz, será apresentado à autoridade judicial para ser preso em prisões que eu julgo absolutamente inadequadas, desnecessárias e até injustas", disse o advogado.





Mais cedo, o advogado disse que o jogador não precisaria ser caçado, já que tem o interesse em se entregar espontaneamente.

Segundo o juiz Oilson Hoffman, da 1ª Vara Criminal, a polícia será acionada para prender o jogador assim que o mandado for expedido.

"Tão logo nós tenhamos o registro, o mandado de prisão do senhor Bruno Fernandes, imediatamente nós chamaremos as polícias civil e militar, para o devido cumprimento, apresentção ao médico-legista e em seguida ao presídio de Varginha", disse Hoffman.

Ainda conforme o juiz, não é comum um mandado de prisão demorar tanto tempo para sair.

"É uma situação atípica, é uma situação que é raro depararmos com uma situação como essa, tudo vem paulatinamente neste caso pelo fato do senhor Bruno Fernandes ser uma pessoa midiática", disse o juiz.

Conforme informações apuradas pelo G1, assim que for preso, o goleiro deverá ser levado para o Presídio de Varginha. A unidade prisional tem capacidade para 90 detentos, mas hoje abriga 270.

O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) divergem sobre as informações sobre o mandado de prisão de Bruno. Segundo a assessoria de imprensa do STF, o tribunal já enviou todos os ofícios necessários para a Comarca de Contagem (MG), de onde deverá ser expedido o mandado de prisão. Já o TJMG, que responde pelo Tribunal do Júri, diz que nenhuma comunicação foi passada pelo STF.

O goleiro se apresentou à Polícia Civil na tarde desta terça-feira (25), mas foi liberado pelo delegado regional de Varginha, Roberto Alves Barbosa Júnior, pois o mandado de prisão ainda não havia sido expedido. O goleiro assinou uma certidão se comprometendo a se apresentar à Justiça.

Bruno foi preso em 2010 e condenado em 2013 pela morte da ex-namorada Eliza Samudio. Desde março, Bruno defende o Boa Esporte, de Minas Gerais, que disputa a segunda divisão do Campeonato Mineiro. A equipe de Varginha não comentou a decisão do STF.

A decisão

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na tarde de terça-feira mandar o goleiro Bruno Fernandes de volta à prisão.


Por 3 votos a 1, os ministros decidiram derrubar uma decisão de fevereiro do ministro Marco Aurélio Mello, que havia determinado a libertação do atleta, após seis anos e meio de prisão. A Primeira Turma é formada por cinco ministros, mas Luís Roberto Barroso não participou do julgamento.

Votaram a favor da volta de Bruno à prisão os ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Luiz Fux. O único contrário foi Marco Aurélio Mello.

Na sessão, os ministros analisaram um recurso da mãe de Eliza Samudio contra a soltura, sob o argumento de que a liberdade do goleiro colocava em risco sua própria integridade física e a de seu neto, filho de Bruno com Eliza.

Titular do Boa Esporte


Liberado em fevereiro deste ano, o goleiro assinou com o Boa Esporte no dia 13 de março e estreou menos de um mês depois, no dia 8 de abril. Desde então, foi titular da equipe na fase final do Módulo 2 do Campeonato Mineiro e atuou em cinco partidas, onde sofreu quatro gols. A última partida dele foi no sábado (22), na vitória do Boa Esporte por 1 a 0 sobre o Nacional de Muriaé.

Após a decisão do STF, o Boa Esporte cancelou os treinos da equipe na tarde desta terça-feira. No Centro de Treinamentos do clube e no hotel onde os jogadores ficam hospedados, permaneceu o silêncio. Perguntado sobre o assunto, o diretor de futebol do clube, Roberto Moraes, se limitou a dizer: "Pergunta para o advogado dele".

Fonte: G1 Sul de Minas

Secretaria de Cidades lança Rede para capacitar prefeituras mineiras

As oficinas de capacitação da REDIC acontecerão nos 17 territórios de desenvolvimento e vão acompanhar o cronograma dos eventos da nova fase dos Fóruns Regionais



O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cidades e de Integração Regional (Secir), lança na próxima quarta-feira (3/5), em Ituiutaba, território Triângulo Norte, a Rede de Desenvolvimento Institucional e Capacitação (REDIC).

O objetivo é oferecer qualificação técnica aos servidores das prefeituras mineiras nas áreas de Saneamento Básico, Regularização Fundiária Urbana, Planejamento das Cidades, Consórcios Públicos, Convênios, Infraestrutura Urbana e Habitação.

Esta iniciativa do Governo do Estado vai habilitar os gestores municipais a elaborar projetos para captação de recursos e utilizar, de forma eficiente, os instrumentos de gestão e planejamento urbano para atender às demandas locais em questões de interesse entre o município e o Estado.

O secretário de Estado de Cidades e de Integração Regional, Carlos Murta, considera fundamental a participação dos municípios nas oficinas da REDIC. Para ele, os encontros vão trazer diretrizes que irão melhorar os procedimentos técnicos das prefeituras e consequentemente tornar mais eficaz o atendimento das demandas da população.

“Com a realização das oficinas da Rede de Capacitação, nós esperamos preparar os técnicos das 853 prefeituras mineiras a elaborar projetos de engenharia e de planejamento mais consistentes e de melhor qualidade, permitindo assim mais agilidade na autorização das ações e liberação de recursos estadual e federal” explicou o secretário.

Com o término das capacitações, a Secretaria de Cidades tem como meta empoderar os municípios, através do conhecimento, tornando-os autônomos na gestão dos processos municipais e regionais e no diálogo com os demais entes federados.

Oficinas REDIC

As oficinas da REDIC percorrerão todos os 17 Territórios de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais e acontecerão nas cidades que irão receber os encontros do Governo Presente (nova etapa dos Fóruns Regionais).

A programação da REDIC, que será iniciada no dia que antecede o evento dos Fóruns Regionais, vai proporcionar a ida do corpo técnico de todas as áreas de atuação da Secretaria de Estado de Cidades e de Integração Regional (SECIR) no interior do Estado, reforçando a intenção de aproximar o Governo de Minas Gerais da população de todas as cidades.

As inscrições para as oficinas Redic já estão abertas e podem ser feitas no site da Secir: www.cidades.mg.gov.br


Fonte: Agência Minas

Ocorrência Policial Baependi- PM apreende papelote de cocaína na casa de jovem



Na tarde dessa terça-feira (25), a Polícia Militar apreendeu um papelote de cocaína na Rua José Pereira do Amaral, bairro Areado, município de Baependi.

A PM foi até o endereço para cumprir um mandado de busca e apreensão na casa de um jovem, de 20 anos, que fugiu pelos fundos da residênica com a chegada dos policiais.

Foi realizada buscas no interior do imóvel e encontrado 01 papelote de cocaína e aproximadamente R$80,00 em dinheiro.

Os materiais foram apreendidos e encaminhados a Delegacia de Polícia Civil.

O proprietário da droga não foi localizado.

Autor: P5 do 57º BPM

Goleiro Bruno deve se apresentar à Justiça hoje em Varginha

Atleta contratado pelo Boa Esporte de Varginha se apresenta à polícia após STF determinar sua volta à prisão



O goleiro Bruno Fernandes deverá se apresentar à Justiça no início da tarde desta quarta-feira (26) em cumprimento à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que revogou a liminar que o mantinha em liberdade. Ele é aguardado na 1ª Vara Criminal e deverá se apresentar ao juiz Oilson Hoffman. Após a apresentação, será decidido para qual presídio ele será levado. Há a possibilidade que ele fique preso em Varginha, já que ele já tem residência fixa na cidade.

O jogador do Boa Esporte se apresentou à Polícia Civil na tarde desta terça-feira (25), mas como ainda não havia mandado de prisão expedido contra ele, o atleta foi liberado. Segundo a Polícia Civil, o atleta assinou uma certidão se comprometendo a se entregar


"O goleiro Bruno se apresentou espontaneamente na Polícia Civil assim que ele ficou sabendo da decisão do STF. A gente só tem como recolhê-lo com mandado de prisão ou captura, e no sistema ainda não existe esse mandado, até porque a decisão foi agora", disse o delegado regional de Varginha, Roberto Alves Barbosa Júnior.


O advogado do jogador confirmou que ele voltará a se apresentar à Justiça nesta quarta-feira. "Ele se comprometeu a se apresentar amanhã e vai fazer isso comigo", disse Lúcio Adolfo, defensor de Bruno.

Bruno foi preso em 2010 e condenado em 2013 pela morte da ex-namorada Eliza Samudio. Desde março, Bruno defende o Boa Esporte, de Minas Gerais, que disputa a segunda divisão do Campeonato Mineiro. A equipe de Varginha não comentou a decisão do STF.


A decisão


A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta tarde mandar o goleiro Bruno Fernandes de volta à prisão.

Por 3 votos a 1, os ministros decidiram derrubar uma decisão de fevereiro do ministro Marco Aurélio Mello, que havia determinado a libertação do atleta, após seis anos e meio de prisão. A Primeira Turma é formada por cinco ministros, mas Luís Roberto Barroso não participou do julgamento.

Votaram a favor da volta de Bruno à prisão os ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Luiz Fux. O único contrário foi Marco Aurélio Mello.


Na sessão, os ministros analisaram um recurso da mãe de Eliza Samudio contra a soltura, sob o argumento de que a liberdade do goleiro colocava em risco sua própria integridade física e a de seu neto, filho de Bruno com Eliza.


Titular do Boa Esporte


Liberado em fevereiro deste ano, o goleiro assinou com o Boa Esporte no dia 13 de março e estreou menos de um mês depois, no dia 8 de abril. Desde então, foi titular da equipe na fase final do Módulo 2 do Campeonato Mineiro e atuou em cinco partidas, onde sofreu quatro gols. A última partida dele foi no sábado (22), na vitória do Boa Esporte por 1 a 0 sobre o Nacional de Muriaé.

Após a decisão do STF, o Boa Esporte cancelou os treinos da equipe na tarde desta terça-feira. No Centro de Treinamentos do clube e no hotel onde os jogadores ficam hospedados, permaneceu o silêncio. Perguntado sobre o assunto, o diretor de futebol do clube, Roberto Moraes, se limitou a dizer: "Pergunta para o advogado dele".


Fonte: G1 Sul de Minas

Senado instalará CPI dos maus tratos infantis, com foco no jogo virtual "Baleia Azul"





Senado instalará CPI dos maus tratos infantis. Um dos focos da investigação será o jogo virtual "Baleia Azul". Para tanto, a Comissão pretende convidar representantes da Embaixada da Rússia, já que o jogo teve origem naquele país. O alvo principal do "Baleia Azul" seriam crianças e adolescentes.
Saiba mais sobre a CPI dos Maus Tratos Infantis:http://bit.ly/2pd6ShM.

Adolescente de 13 anos é apreendido por tráfico de drogas em São Lourenço, MG




Em São Lourenço, na noite dessa segunda-feira, dia 24, a Polícia Militar durante uma incursão no Bairro Alto Santo Cruzeiro, realizou a apreensão de um adolescente de 13 anos por tráfico de drogas.

No local os militares perceberam a venda de drogas realizada pelo menor, o qual deslocava até uma mata pegava a droga e entregava as pessoas que o aguardavam.

O adolescente, que é contumaz na prática de tráfico de drogas, foi abordado e submetido a busca pessoal, sendo localizado em seu poder a quantia de R$ 230,00.

Durante varredura na mata foi localizado um pote contendo 15 pedras de crack e 04 invólucros de cocaína.

Diante dos fatos o menor foi apreendido e apresentado na Delegacia de plantão juntamente com o material apreendido, para as providências subsequentes.

Autor: P5 do 57º BPM

Atividade física promete aquecer o inverno com saúde



O inverno está prestes a chegar e acompanhado dele, a preferência por comidas pesadas e calóricas. Isso acontece, porque o organismo humano sente a necessidade de aquecimento nessa estação. Como a época é fria, o corpo tende a desejar comidas mais pesadas para garantir o aquecimento corporal. Por outro lado, as pessoas tendem a ganhar peso, principalmente porque acabam deixando de lado as atividades físicas.
Mas não deveria assim, já que, de acordo com estudos, praticar atividade física no frio aumenta 30% do gasto calórico. Além disso, treinar no inverno previne doenças como dores musculares e articulares e, com a liberação de endorfina e serotonina, ocorre a estimulação do aumento do bem-estar e da autoestima.
Nesse período, é necessário que as pessoas façam mais alongamentos para evitar lesões e se dediquem, tanto quanto no verão, à queima de caloria. Como no período de frio as pessoas comem mais, é importante que elas procurem por uma atividade física que ajude na queima calórica com mais rapidez. É o caso do Extreme 55, uma modalidade em que a pessoa pode vir a perder até 900 calorias em 55 minutos.
“Trata-se de um programa de resistência localizada, pois possui benefícios para tonificação e definição muscular, é totalmente coreografado e os exercícios são considerados fáceis. Além disso, o Extreme 55 integra atividades que utilizam o peso do próprio corpo como resistência e diferentes estímulos para graduar a intensidade do treinamento”, diz Aline Balandino, proprietária da academia Point Fitness em Varginha, que oferece essa modalidade.
Para quem gosta de musculação, o Extreme 55 trabalha a alternância de exercícios localizados e de resistência geral, e contribui para a queima de gordura. A música, além de liberar as tensões, marca o ritmo do exercício e o torna mais divertido. 
Por Eliana Sonja

SOLIDARIEDADE: Ajude José Luciano encontrar os irmãos que não vê há mais de 37 anos


Algumas situações são extremamente comoventes e nos fazem refletir ainda mais sobre a vida. Imaginar uma pessoa que deseja e nunca mais conseguiu ter contato com seus familiares é algo muito triste.



Em dezembro do ano passado, fomos procurados pela esposa do mineiro de Maria da Fé, José Luciano de Noronha Mateus, em busca de ajuda para localizar os irmãos de seu marido. Publicamos matéria, mas não obtivemos sucesso, ou seja, ninguém entrou em contato dando alguma informação.

José Luciano sonha encontrar seus irmãos que não vê há mais de 37 anos e ainda deposita esperança em Deus, contando que algum leitor possa dar informações que o levem a esse reencontro. 
Nós nos dispomos a atender seu apelo e para isso solicitamos a colaboração de nossos leitores, principalmente dos moradores de Maria da Fé (MG). Por favor, vamos compartilhar, vamos ajudar tentar ajudar. Vamos ser solidários. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dos irmãos pode entrar em contato com Declacir Fodi, pelo seu facebook: https://www.facebook.com/declacir.fodi
ou com o Jornal i9 Minas.


Algumas informações:

Segundo as informações da esposa, a mãe de José Luciano faleceu quando ele ainda era muito pequeno, o mais novo dos irmãos. Com 4 anos de idade ele foi levado por parentes de Maria da Fé, MG para São Paulo, sendo então criado por uma prima. Isso aconteceu há 37 anos, e hoje com 41 anos, José Luciano sonha reencontrar seus irmãos, Maria Antônia e Aguinaldo.
Informações para identificação e possível ajuda:
José Luciano de Noronha Mateus, natural de Maria da Fé, MG, filho de Maria do Carmo Mateus, avos maternos Antônio Benedito Mesdes e Cecília Alexandrina de Jesus, procura pelos irmãos MARIA ANTÔNIA MATEUS, idade entre 45 a 50 anos, e AGUINALDO MATEUS, idade entre 42 a 45 anos (provavelmente eles não possuem o sobrenome NORONHA). Os irmãos podem estar residindo em Maria da Fé ou Itajubá.

Foto de José Luciano de Noronha Mateus/arquivo pessoal

Após morte de turista, medidas de segurança são anunciadas em São Tomé das Letras, MG

Morador do litoral de São Paulo foi baleado durante assalto em um dos pontos turísticos da cidade.



Após a morte de um visitante, baleado no fim de semana durante assalto em um dos principais pontos turísticos de São Tomé das Letras (MG), a prefeitura anunciou medidas para aumentar a segurança na cidade. Com pouco mais de 6 mil habitantes, São Tomé chega a receber 4 mil turistas aos finais de semana.

O crime que vitimou Gustavo Silva Gonçalves, de 21 anos, aconteceu na madrugada deste domingo (23) em um local conhecido como "Pirâmide". De acordo com a polícia, ele e um grupo de amigos foram abordados por dois homens armados por volta de 3H. Mesmo sem ter reagido, Gustavo foi ferido pelos suspeitos, que roubaram os pertences deles e das outras pessoas que estavam no local. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Horas depois, um rapaz de 18 anos e outro de 17 foram reconhecidos por testemunhas do crime e detidos. O suspeito de 18 anos já tinha passagens por roubo e tráfico de drogas. Ele foi encaminhado para o Presídio de Três Corações (MG). Já o menor de idade teve a internação em um centro socioeducativo determinada pela Justiça.

Segundo a prefeita Marisa Maciel de Souza, para melhorar a segurança e São Tomé das Letras, será providenciada a iluminação do Parque Antônio Rosa, onde a fica a "Pirâmide". A administração ainda pretende instalar câmeras de monitoramento pela cidade, quatro dela com visão de 360°.


Fonte: G1 Sul de Minas

Fim do Horário Eleitoral? O você acha da proposta?

O projeto altera a Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições), e a Lei nº
9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos), para extinguir a propaganda eleitoral e a propaganda partidária gratuitas no rádio e na televisão.
O relator da proposta, senador Paulo Bauer (PSDB-SC), afirma que no passado havia praticamente "monopólio do rádio e da televisão como meios de comunicação de massa"e que por isso era justificado o poder público abrir mão de valores significativos de recursos financeiros para proporcionar a propaganda eleitoral e a propaganda partidária gratuitas no rádio e na televisão. Mas, acredita que hoje não se justifica mais.
- É preciso ter em conta que hoje boa parte do debate político-partidário é travado por intermédio das redes sociais - defende.
Para o senador, propaganda eleitoral via internet já está suficientemente regulamentada, em especial se for levada em consideração a "expressiva compensação tributária" referente ao tempo usado para o horário eleitoral: são cerca de R$ 3 bilhões e 570 milhões nos últimos doze anos.
- A propaganda eleitoral e a propaganda partidária gratuitas só são “gratuitas” para os partidos políticos - argumenta o relator.
Opine: http://bit.ly/2pWOSWe