Informação é um direito de todo cidadão



A Lei de Acesso à Informação Nº 12.527 de 2011 regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas sendo aplicável aos três Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios com vigência a partir do dia 16 de maio de 2012.
O Portal da Transparência do Estado de Minas Gerais, por meio do endereço www.transparencia.mg.gov.br, possibilita a qualquer cidadão o acesso a informações sobre o Poder Executivo do Estado de Minas Gerais requerido pela Lei.

É possível também, por meio do Fale Conosco do Portal da Transparência, solicitar informações complementares às disponibilizadas pelo Portal da Transparência.

PM de Baependi procura autores de furto de gado bovino

Foto Ilustrativa


No dia 27/11/2015 na cidade de Baependi ocorreu o furto de dois animais bovinos (bezerras) sendo da raça “HOLANDESA”, ambas pesando aproximadamente cem quilos, nas cores preta e branca, sendo que uma delas apresenta algumas feridas pelo corpo. A vítima relatou também que tais animais possuem uma marca com as siglas "JS", na perna traseira lado direito e cada um destes animais vale aproximadamente a quantia de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais). A PM efetuou rastreamento e levantamentos de informações para chegar aos autores do delito, porém até o momento sem êxito.

Denúncias poderão ser feitas pelo telefone 190 ou 181.

Informações: P5 do 57º BPM

O Homem de 63 anos está desaparecido em São Lourenço



No dia 27/11/2015 na cidade de SÃO LOURENÇO/MG, a PM registrou uma ocorrência de Pessoa Desaparecida. Segundo informações CARLOS ALBERTO DE CAMPOS COSTA, 63 anos, que toma remédio controlado na data de 26/11/2015 saiu em seu veículo CHEVROLET AGILE, COR PRETA, PLACA HNT-7770 DE SÃO LOURENÇO/MG não sendo mais visto. Na ocasião trajava uma bermuda marrom, tênis escuro, camisa branca de listas azul escura, sua aparência é branco com uma barba na cor branca e de porte físico obeso.

Quem tiver informações do Sr. Carlos Alberto entre em contato com a PM pelo telefone 190.

Fonte: P5 do 57º BPM

Menino que sonhava em conhecer Neymar morre de câncer em MG

Thiaguinho tinha 9 anos e estava internado desde o dia 23 de novembro.
Caso de menino comoveu ídolo Neymar, que fez questão de conhecê-lo.



Morreu no início da tarde deste domingo (29) o menino Thiago Carvalho Barbosa, aos 9 anos no Hospital Santa Casa de Poços de Caldas (MG). Thiaguinho, como ficou conhecido, lutava contra o câncer desde 2013, quando foi diagnosticado com um tumor na glândula adrenal, que fica acima dos rins.

O menino chegou a ser curado, mas a doença voltou em 2015 e foi preciso recomeçar o tratamento no Hospital Boldrini de Campinas (SP). Recentemente o quadro de saúde dele havia piorado, e Thiaguinho estava internado desde o dia 23. O velório acontece na igreja São Judas Tadeu. O sepultamente está marcado para 10h desta segunda-feira (30) no Cemitério Parque.
Caso de menino de Poços de Caldas comoveu jogador Neymar, que fez questão de conhecê-lo (Foto: Reprodução EPTV)Caso de menino de Poços de Caldas comoveu
jogador Neymar, que fez questão de conhecê-lo
(Foto: Reprodução EPTV)


Realização de sonhos

A luta do menino contra a doença mobilizou muitas pessoas que quiserem ajudar a realizar os sonhos dele. Com a ajuda dos amigos e até de desconhecidos, Thiaguinho se aventurou pelo mundo do futebol, sua maior paixão.

O menino conheceu o Centro de Treinamento da Caldense, time de Poços de Caldas, cidade onde ele morava, e até entrou em campo com os jogadores. Ele também foi ao Centro de Treinamento Rei Pelé, da equipe do Santos, onde recebeu o carinho de muitos atletas do time do coração.

Mas um dos maiores sonhos era conhecer o ídolo Neymar, que já havia gravado um vídeo dando força ao garotinho. Depois de uma campanha nas redes sociais, Thiaguinho conseguiu conhecer o craque do Barcelona no Instituto do jogador, que fica na Praia Grande (SP), litoral paulista.

Mensagens de apoio
Nas redes sociais, muitos amigos e pessoas que acompanharam a batalha do menino enviaram mensagens de apoio à mãe de Thiaguinho, Thaís Carvalho. "É, e hoje mais uma anjinho foi para os braços do pai. O céu está em festa. Vá em paz grande GUERREIRO THIAGO. Campeão, vencedor. Deus dá asas, faz teu vôo. Que o papai do céu de receba de braços abertos. Força Thais Carvalho e demais familiares", disse uma das internautas.

"Hoje o céu está iluminado com esse sorriso maravilhoso que nunca esqueceremos. Será eternamente gravado em nossos corações. Deus conforte toda a sua família. Vai com Deus", disse outra.
Amigos e conhecidos mandaram mensagens de apoio nas redes sociais (Foto: Reprodução Facebook)Amigos e conhecidos mandaram mensagens de apoio nas redes sociais (Foto: Reprodução Facebook)
Fonte: G1 Sul de Minas

Governador participa da entrega de 793 casas do Minha Casa, Minha Vida em Três Corações

Ao lado do ministro Patrus Ananias, o governador defendeu os programas sociais do governo federal e afirmou que o trabalho é a saída para a crise econômica do país


O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, participou nesta sexta-feira (27/11) em Três Corações, no Território Sul, da entrega de 793 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Foram investidos R$ 47,5 milhões nas obras no bairro Nova Três Corações, que beneficiarão cerca de 4 mil pessoas com renda familiar inferior a R$ 1,6 mil mensais. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, representou a presidenta Dilma Rousseff.

Pimentel destacou, em seu discurso, a alegria de poder participar da realização do sonho da casa própria. “Hoje, eu estou tendo a alegria de poder entregar quase 800 casas do Minha Casa, Minha Vida, esse programa maravilhoso que começou com o presidente Lula, continua com a presidenta Dilma e, se Deus quiser, não vai terminar enquanto tivermos um único brasileiro ou brasileira sem casa própria. Esse é um compromisso que nós temos”, afirmou.

O governador ressaltou a importância do programa Minha Casa, Minha Vida nos últimos anos no país e citou outras ações nas áreas sociais implementadas pelo governo federal. “O Brasil avançou muito, criou programas que, de fato, estão melhorando a vida da nossa gente, do nosso povo. Isso não pode terminar. É o Minha Casa, Minha vida. É o Prouni (Programa Universidade para Todos). É o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), o Bolsa Família. Tantos programas que estão transformando esse Brasil num país justo, solidário, com renda distribuída e que tem oportunidades para todos”, discursou para uma plateia composta pelos futuros moradores das casas entregues nesta sexta-feira.

Pimentel afirmou ainda que o trabalho é a melhor forma de superar as dificuldades financeiras enfrentadas pelos governos federal e estadual e pelas prefeituras. “Quando começarem a falar de crise, como se o Brasil estivesse acabando, nós vamos reagir da forma que sabemos fazer, que é trabalhando. Isso aqui (as casas entregues) é trabalho. Trabalho da Caixa, dos ministérios da presidenta Dilma, do governo do Estado, da prefeitura. É com trabalho que a gente enfrenta crise, não é fazendo crítica injusta, não é fazendo acusação falsa”, completou.

Antes da cerimônia, Fernando Pimentel visitou a nova casa de Priscila Silmara da Silva, 32 anos, natural de Três Corações. Mãe de quatro filhos, ela, que está desempregada, disse estar agradecida por receber o governador em sua nova moradia. “Estou muito feliz por essa nova casa. Hoje, moro de favor e preciso contar com a ajuda da minha mãe. Isso vai mudar para mim e para os meus filhos”, contou.


Conquistas

O ministro Patrus Ananias salientou a importância da conquista da casa própria. “Cada casa que a gente entrega é uma conquista. A propriedade é um espaço familiar, um espaço de convivência. A gente, às vezes, vê as notícias e parece que o Brasil está acabando, que nada de bom foi feito. São milhares de famílias recebendo a casa própria. E nós estamos ampliando o Minha Casa, Minha Vida, com ações voltadas para a população rural”, disse.

Em vídeo exibido durante a solenidade, a presidenta Dilma Rousseff apresentou dados sobre a evolução do programa habitacional nos últimos anos e ressaltou a importância do mesmo para a redução das desigualdades sociais no Brasil. “Hoje é dia de festa. O Minha Casa, Minha Vida é o mais bem sucedido programa da nossa história. Esse programa está mudando realmente a vida do brasileiro. Já foram entregues 2,4 milhões de casas e há 1,6 milhão de casas em construção”, afirmou.

Cada casa tem dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e aquecimento solar, e é avaliada em R$ 60 mil, com as prestações variando de R$ 25 a R$ 80 ao mês. O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Délsio Garcia, disse que esse valor é inferior ao cobrado em um aluguel em Três Corações. “No Sul de Minas, o Minha Casa, Minha Vida já entregou 22 mil moradias. É importante zelar pela moradia. Essa é uma conquista de vocês”, acrescentou.

O prefeito de Três Corações, Cláudio Cosme Pereira, agradeceu a presença do governador e garantiu que novas ações serão feitas para melhorar a vida das famílias. “Hoje, entregamos 793 casas para quase 4 mil pessoas que viverão em harmonia. Nós não vamos poupar esforços para que tenham mais qualidade de vida. A maior obra é concretizar sonhos”, disse.

Ações

Em Três Corações, o governador Fernando Pimentel afirmou que, até o fim do seu mandato, irá atender a duas demandas históricas da região, levantadas durante a realização dos Fóruns Regionais de Governo: a construção de uma segunda ponte ligando os municípios de São Bento Abade e São Thomé das Letras e a duplicação da estrada que liga a BR-381 a cidade de Varginha.

“Não temos dinheiro sobrando, mas com o pouco que temos vamos priorizar as demandas que a população apontou para nós. Não é crise que vai nos abater e nem nos tirar do rumo certo. Nós sabemos qual é o rumo, é aquele que o povo determina para nós”, afirmou.

Também participaram da entrega das casas o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, o deputado estadual Ulysses Gomes, representando o presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Adalclever Lopes, além de lideranças políticas estaduais e regionais
.

Fonte: Agência Minas

Equipe do SAMU 192 ajuda a trazer ao mundo mais um bebê



Na manhã deste domingo (29), a Central de Regulação realizou mais uma ocorrência obstétrica.

O médico plantonista do CISSUL/SAMU Dr. Rogério Maiolini, recebeu o chamado e realizou todo o procedimento via telefone, uma vez que, a gestante já se encontrava em trabalho de parto, enquanto a Unidade de Suporte Básico se deslocava para a Fazenda Capetinga, na zona rural de Boa Esperança-MG.

Ao chegar no local, Dr. Rogério orientou a técnica Consolação e o Condutor Clodoaldo sobre os procedimentos necessários, até que mãe e filho (prematuro com 36 semanas) fossem levados ao hospital para maiores cuidados.


Letícia, 20 anos, deu à luz ao pequeno Davi Luiz e ambos passam bem.

O CISSUL/SAMU agradece seus profissionais que mais uma vez realizaram com sucesso o atendimento e parabeniza toda a família pela chegada do pequeno Davi Luiz.

Fonte: Cissul/SAMU

Raio mata homem no Sul de Minas

Alerta de mais raios neste verão e no próximo foi divulgado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)



Verão de 2015 e de 2016 terá mais raios que em anos anteriores na região do Sul de Minas (Foto ilustativa extraída do site: www.orc.com.br)




O Jornal de Lavras publicou dia 25, quarta-feira, uma matéria referente aos perigos com a incidência de raios no Sul de Minas neste período chuvoso. O alerta foi do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que até desenvolveu uma cartilha detalhada de proteção contra raios, com base nas informações coletadas sobre as circunstâncias de morte por raio mais comuns.

No final da tarde deste sábado, dia 28, um raio matou um homem de 36 anos na cidade de São José da Barra, no Sul de Minas. Rogério de Assis Coelho estava na zona rural do município e, quando desceu do carro para fechar uma porteira, foi atingido por uma descarga. Ele chegou a ser socorrido ainda com vida, mas não resistiu às queimaduras e morreu.

O seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Passos, depois da necropsia foi liberado para a família para o sepultamento, que foi realizado na cidade de Alpinópolis, também no Sul de Minas.



Fonte: Jornal de Lavras

Cinquentinhas e bicicletas motorizadas passam a ser fiscalizadas



A Polícia Militar alerta que adecisão proferida pela Ação Civil Pública da Justiça Federal de Pernambuco, que impedia a cobrança da CNH para condução do ciclomotor, foi revogada pela União, e a fiscalização foi iniciada em 21 de novembro em todo o território nacional. Assim, haverá cobrança de documento de licenciamento de veículo e habilitação para conduzir os ciclomotores (categoria A ou ACC).

Caso não estejam licenciados ou se o condutor não for autorizado ou habilitado para dirigi-los, tanto as bicicletas motorizadas como as cinquentinhas serão apreendidos. Esses veículos devem dispor dos seguintes equipamentos obrigatórios:

- espelhos retrovisores, de ambos os lados;
- farol dianteiro, de cor branca ou amarela;
- lanterna, de cor vermelha, na parte traseira;
- velocímetro;
- buzina;
- pneus que ofereçam condições mínimas de segurança;
- dispositivo destinado ao controle de ruído do motor.

Fique atento e regularize-se!

Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional - 24º BPM

‘Triciclos indianos’ começam a funcionar em Poços de Caldas

Transporte feito em triciclos é uma alternativa às charretes em Poços de Caldas. Trajeto terá três rotas diferentes e preços que vão de R$ 30 a R$ 100.



Após a regulamentação do serviço dos ‘Tuk-Tuks em Poços de Caldas, no Sul de Minas, os triciclos cobertos, que ficaram famosos após a novela “Caminho das Índias” já estão circulando nas ruas da cidade. Eles são considerados também uma alternativa às charretes.
Nesta semana o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) acertou os detalhes e os veículos já chamam atenção no Centro da cidade. As áreas já foram demarcadas e sinalizadas e o local de embarque e desembarque fica próximo ao Palace Hotel e o Coreto da Praça Pedro Sanches.


Segundo o empresário Mauro Canhão, responsável pelos tuk-tuk na cidade, foram estabelecidas quatro rotas diferentes de passeio, partindo do Centro da cidade e passando por 23 pontos turísticos. Do Centro até o Recanto Japonês. Do Centro ao Véu das Noivas e do Centro à Fonte dos Amores. Nos passeios mais longos vão existir paradas para fotos e até caminhadas. O valor cobrado varia de R$ 30 a R$ 100.

A capacidade de cada veículo é de dois adultos e uma criança pequena, além do motorista, que pilota. Além disso, as informações dentro do veículo estão disponíveis em português, espanhol e inglês. “A ideia veio de um passeio que eu fiz em Lisboa e já eu vi que os veículos tuk-tuk já estavam introduzidos e pensei que seria uma boa trazer isso a Poços de Caldas”, disse Canhão.

Período experimental

O decreto, publicado no diário oficial do município, autoriza o triciclo motorizado a realizar o transporte turístico, sendo proibida a utilização para qualquer outro tipo de atividade. A regulamentação é em caráter experimental por seis meses.
A Secretaria de Defesa Social definiu ainda que os valores para uso dos ‘triciclos indianos’ serão fixos, independente do número de pessoas que forem passear no veículo.

Fonte: Sulminas146

Governo de Minas Gerais mobiliza população no enfrentamento ao Aedes aegypti

Campanha de mobilização e combate à dengue, chikungunya e Zica vírus é lançada em Minas Gerais





"10 Minutos Contra a Dengue" é a nova campanha do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), para mobilizar a população no enfrentamento à doença. A estratégia, lançada oficialmente nesta sexta-feira (27/11), na Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESP-MG), tem por finalidade a mobilização contra a dengue, chikungunya e Zica vírus. A campanha será trabalhada neste ano e no próximo, com o propósito de fazer com que as pessoas separem apenas 10 minutos de sua semana para limpar os locais em suas casas onde o mosquito Aedes aegypti se reproduz.

“O controle do vetor é uma tarefa que ultrapassa o âmbito da saúde e exige ações de todos os serviços públicos e também da população. Por isso, a sensibilização para a campanha é essencial no enfrentamento à doença. O foco continua sendo a mobilização da sociedade, da limpeza urbana e de todos os demais agentes que possam contribuir para o controle do vetor”, reforçou o secretário de Estado de Saúde, Fausto Pereira dos Santos. Segundo ele, é de fundamental importância a participação da população no controle da dengue. “As pesquisas mais recentes apontam que mais de 80% dos focos de Aedes aegypti encontram-se dentro dos domicílios”, completa.

O conceito da campanha foi desenvolvido pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e se baseia no ciclo de vida do Aedes aegypti, do ovo ao mosquito adulto, que leva de 7 a 10 dias. Agindo uma vez por semana na limpeza de criadouros, a população interfere no desenvolvimento do vetor, impedindo que ovos, larvas e pupas do mosquito cheguem à fase adulta, e, assim, consegue frear a transmissão da doença. O projeto é inspirado em uma estratégia de controle do vetor adotada em Cingapura, que foi capaz de interromper o pico de epidemia no país com ações semanais da população dentro de suas residências, de apenas 10 minutos, para limpeza dos principais criadouros do mosquito.

Para o superintendente de Vigilância Epidemiológica, Ambiental e Saúde do Trabalhador da SES-MG, Rodrigo Said, provocar a atitude de mudança nas pessoas para que elas sejam os principais agentes de combate à dengue é um dos objetivos da campanha. “Pretendemos mobilizar a sociedade em geral com informações diretas e acessíveis, para que todos tenham em mente a importância de interromper o ciclo do mosquito logo em seu início de reprodução”, afirma.

A forma de combater a dengue, mesmo já conhecida pela população, será alertada durante a campanha: eliminar qualquer foco de água parada no qual o mosquito possa se reproduzir. A recomendação é para que as pessoas mantenham suas casas e locais de trabalho sempre limpos e longe de qualquer possibilidade de acúmulo de água. ​Haverá, ainda, distribuição de um check list para mobilização e entrega pelos agentes de controle de endemias. A população será orientada a fixar o check list em um local visível de sua residência para que ela possa checar se as ações para evitar a proliferação do mosquito estão sendo adotadas ao longo das semanas.

Além da campanha, a SES-MG está investindo R$ 36,6 milhões em ações de vigilância e controle de endemias transmitidas por vetores. O recurso será dividido para todos os 853 municípios mineiros. Para facilitar o acesso a todas as informações sobre a campanha e o controle da dengue, chikungunya e Zica vírus no Estado, foi criado o site www.saude.mg.gov.br/dengue.


Monitoramento

Outra ação, neste momento, é o fortalecimento dos 28 Comitês Regionais de Monitoramento, que irão avaliar a situação epidemiológica dos municípios e dar o apoio técnico necessário. A SES-MG entende que os municípios precisam ser reforçados para combater o mosquito transmissor. Para tanto, foram feitas oficinas regionais com representantes de todos os 853 municípios para revisão das diretrizes do programa estadual e atualização dos planos de contingência dos municípios.

A atualização do plano de contingência estadual, especificamente, abrange níveis de resposta conforme plano do Ministério da Saúde, acompanhamento dos diagramas de controle de todos os municípios do estado, com avaliação da situação epidemiológica, planilha de monitoramento dos casos notificados por município nas quatro últimas semanas e apoio para a implantação das Unidades de Hidratação nos municípios e realização dos hemogramas.


Dengue no Estado

Em 2015, até o momento, foram confirmados 143.890 casos de dengue em Minas Gerais e outros 35.340 foram considerados suspeitos. Já o número de mortes confirmadas no estado soma 67. “Neste ano, percebemos um aumento no número de reservatórios de água de chuva decorrente da escassez hídrica que possivelmente interfere nessa transmissão”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Controle Permanente da Dengue, Geane Andrade.


Novo Boletim Epidemiológico

Semanalmente, sempre às segundas-feiras, a SES-MG vai divulgar na página www.saude.mg.gov.br/dengue a análise dos casos. Para haver um alinhamento à contagem de casos do Ministério da Saúde, a secretaria agora adota a nomenclatura “casos prováveis”, que é a soma dos casos suspeitos com os confirmados no Estado.


Zika Vírus e microcefalia

As doenças dengue, chikungunya e Zika vírus são transmitidas pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti. Portanto, o enfrentamento ao mosquito é a forma de evitar as três doenças. Para o monitoramento da entrada do Zika vírus em Minas Gerais e, em decorrência dos casos de microcefalia ocorridos nos estados do Nordeste, a SES-MG está cumprindo os protocolos do Ministério da Saúde e reativando a vigilância sentinela, que são equipes das unidades de saúde tecnicamente treinadas para identificar os sintomas agora ligados ao Zika vírus e encaminhar para a análise. Embora não tenha registro de circulação do vírus no estado, as unidades estão distribuídas estrategicamente nos municípios de Uberaba, Belo Horizonte, Montes Claros, Teófilo Otoni, Juiz de Fora e Pouso Alegre.

O Ministério da Saúde tornou compulsória a notificação de casos da microcefalia em todo território nacional, incluindo Minas Gerais. O protocolo para identificação de bebês com o problema deverá ser usado em todo o país. As instruções preveem os critérios para detecção da microcefalia em recém-nascidos, definem o fluxo de atendimento, diagnóstico, vigilância e acompanhamento de bebês com a anomalia.


Mobilização Social: o cidadão participativo

Em Minas Gerais, a Saúde Pública tem como um de seus principais objetivos arregimentar a participação civil na execução dos programas de prevenção e promoção da saúde por intermédio da Mobilização Social em Saúde – um instrumento de sensibilização das autoridades públicas, dirigentes e demais membros de instituições não governamentais e comunidades para agirem como corresponsáveis pela saúde pública.

Na SES-MG, a Assessoria de Comunicação Social criou, em 2004, o Núcleo de Mobilização Social. Em 2007, foi criada a Rede de Mobilização Social devido à necessidade de ampliar a abrangência do processo de participação popular a todo o Estado. A Rede é composta por 28 Núcleos Regionais e com o desafio de serem estabelecidos 853 Núcleos Municipais de Mobilização Social, que atualmente conta com 622.

Fonte Agência Minas

Com balsas lacradas, Delfinópolis decreta estado de emergência

Capitania dos Portos proibiu operação de duas das três balsas da cidade.
Foram encontradas irregularidades com documentação e manutenção.





Após as principais balsas que fazem a travessia na Represa de Peixotos, emDelfinópolis (MG), serem lacradas nesta quinta-feira (26) durante uma fiscalização da Capitania dos Portos, a Prefeitura Municipal decretou estado de emergência na cidade.O prefeito, Pedro Paulo Pinto, disse também que vai recorrer à Justiça para que as balsas voltem a operar, mesmo que provisoriamente.

"O prejuízo é muito grande. Nós estamos praticamente com uma balsa só com capacidade dela de cinco veículos. Caminhão pesado não passa nem ônibus. Eu tenho aqui transporte para pacientes. Eu tenho a linha regular que tem que levar as pessoas, pois nos dependemos dessa travessia, e somos um dos maiores produtores de banana do estado e esta tendo uma complicação e um prejuízo muito grande no município", explicou.

Para o prefeito, a medida é uma maneira para que a cidade recebe atenção do governo. "É um socorro que nosso município está pedindo para que os órgãos do governo olhem por nossa Delfinópolis aqui, pois a dificuldade está grande, e recursos o município não esta tendo quase nada."

Irregularidades
A vistoria apontou irregularidades com a documentação e manutenção em duas das três balsas usadas no município. A usina de Furnas é a responsável por manter as embarcações funcionando.

"Está faltando manutenção sim. Documentação, extintores vencidos, falta de eixo, hélice, tudo. A gente lida com vida, é muito perigoso", diz Alexandre Batista Machado, encarregado geral das balsas.

Cruzar o rio é o caminho mais rápido para ir de Delfinópolis para Cássia, Franca ou Ribeirão Preto. As duas balsas lacradas transportavam juntas 30 carros de uma vez. Agora, a única embarcação que está operando leva apenas cinco carros por viagem e a circulação das balsas, o tráfego de caminhões, ônibus e veículos pesados foi interrompido.

Uma reunião foi marcada para a próxima semana entre o prefeito e representantes de Furnas Centrais Elétricas para discutir as ações para que as embarcações sejam regularizadas.

Dificuldade para escoar a produção
Com isso, o principal acesso a Delfinopolis, que é feito pelo rio, ficou estrangulado. Para desviar, o motorista tem que andar 150 km a mais, 80 deles por estradas de terra. A distancia tem atraplhado os produtores rurais, já que deixa mais caro o frete e atrasa a entrega de alimentos como a banana prata, principal produto do município.

"O comprador vai falar assim: 'Tem 70 km de terra para nós irmos. Meu caminhão vai quebrar nessas estradas ruins, não sei que dia vai chegar aqui, tem barro, tem buraco, tem tudo. Então eu vou ter que barrar o preço dessa banana, eu não vou arcar com esse prejuízo'", lamenta o produtor José Soares.

"Os hortifrutis, frutas, hortaliças, verduras, são perecíveis, então produziu, tem que ser escoado. No caso do leite também, o leite é ainda mais perecível. Algumas horas ou de um dia para o outro, a produção do leite pode ser perdida se não escoada e armazenada em condições adequadas", diz o engenheiro agrônomo Sávio Marinho.

Além disso, há a preocupação também se a estrada alternativa vai suportar o aumento no movimento. "Tudo vai ter que ser escoado por estrada de terra e além do percurso mais longo corre o risco de como estamos na estação das chuvas, se todo o movimento da cidade for para estrada de terra e ocorrerem chuvas o trânsito pode parar", conclui Marinho.
Produtores se preocupam se a estrada, alternativa para o transporte, vai suportar o aumento no movimento (Foto: Reprodução EPTV)Produtores se preocupam se a estrada, alternativa para o transporte, vai suportar o aumento no movimento (Foto: Reprodução EPTV)
Fonte G1 Sul de Minas

FICCO desarticula organização criminosa e prende 33



A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (FICCO-MG) desarticulou, nesta quinta-feira (26.11), uma organização criminosa especializada em roubo de cargas e receptação, que atuava em rodovias de oito estados brasileiros e no Distrito Federal e deu prejuízos superiores a R$ 30 milhões. Os mais de 300 policiais civis, militares, federais e rodoviários federais que participam da operação nos estados já haviam prendido, até às 17h desta quinta, 33 pessoas.


A FICCO é coordenada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) e é composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Nesta operação, a Força Integrada contou, ainda, com o apoio da Secretaria de Estado da Fazenda e da Agência Nacional do Petróleo.

A rota de atuação de quadrilha presa nesta quinta eram as rodovias federais, principalmente as BR’s 040 e 050. As cargas mais visadas eram combustíveis, cervejas, medicamentos e carnes. A escolha por estes produtos acontecia, segundo as investigações, pela facilidade da receptação. Por esta razão, a operação foi batizada de Catira, em referência às palavras troca e escambo, na linguagem popular.

As ações da Catira começaram por volta das 6h desta quinta, com o cumprimento de 51 mandados de prisão e 50 mandados de busca e apreensão de forma simultânea nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Pará, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Tocantins e Distrito Federal. Os mandados foram expedidos com base em dois Inquéritos Policiais que tramitam na Justiça Estadual, na comarca de Uberlândia.

Além das 33 prisões, foram apreendidos carros de luxo, embarcações, armas, dinheiro em espécie e veículos em fase de desmanche. Os presos foram encaminhados para Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde ficarão à disposição da Justiça.
Eles responderão pelos crimes de organização criminosa, roubo, cárcere privado, lavagem de dinheiro e receptação, cujas penas somadas superam 30 anos de prisão. Todos foram ouvidos na delegacia da Polícia Federal de Uberlândia e, posteriormente, encaminhados para o Presídio Professor Jacy de Assis, no município.

Modus Operandi




Os integrantes da quadrilha, chamados também de “homens-aranha” por membros da facção criminosa, subiam nas carrocerias dos caminhões e provocavam pane nos veículos em circulação nas estradas brasileiras.

Quando o motorista parava na rodovia para verificar o que estava acontecendo, ele era rendido, sequestrado e tinha a carga roubada. Os condutores só eram liberados do cativeiro depois que os criminosos faziam o transbordo da carga e davam uma destinação para os caminhões.

A organização criminosa vinha sendo investigada há aproximadamente sete meses e durante este período foram identificadas diversas ocorrências de roubos de cargas atribuídas ao grupo criminoso.

“A quadrilha funcionava como uma empresa. Tinha, inclusive, uma divisão de tarefas bem definida: núcleo financeiro, núcleo contábil, núcleo armado e núcleo logístico. Os criminosos atuavam de modo dinâmico”, ressaltou o delegado da Polícia Federal, Caio Porto.

Trabalho conjunto



De acordo com o coordenador geral de operações da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques, a forma de atuação e a articulação da FICCO servem de exemplo para todo o Brasil. “Uma quadrilha deste porte, com ramificações em todo o Brasil, e com atuação violenta, só pôde ser desarticulada com a atuação conjunta de forças. Esta é uma grande experiência”, disse sobre a Força Integrada.

O secretário adjunto da Defesa Social de Minas, Rodrigo de Melo Teixeira, também ressaltou a importância do trabalho conjunto. “Todos unidos e respeitando a atribuição legal de cada um. Este é o caminho para a segurança pública do estado e é o que a sociedade pede”.

Para os representantes das polícias Militar e Civil, - comandante da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (9ª RISP), Cel. Volney Halan Marques e delegado Hugo e Silva, coordenador de Investigações e Polícia Judiciária da Polícia Civil - a integração é o caminho para o combate à criminalidade em Minas Gerais e no Brasil.



Fonte SEDS
Por Flávia Lima

Fotos: Gil Leonardi - Imprensa/MG

Pela nona vez Minas Gerais é o estado brasileiro com o maior número de medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática

Ao todo, os estudantes mineiros conquistaram 1.610 medalhas incluindo ouro, prata e bronze



Os estudantes mineiros mostraram mais uma vez que são bons de conta. Pela nona vez consecutiva Minas Gerais é o estado brasileiro com o maior número de medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Foram 151 medalhas de ouro, 417 de prata e 1.042 de bronze. Ao todo, o estado conquistou 1.610 medalhas. Os estudantes ainda conquistaram 10.171 menções honrosas. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (27/11), no site da competição.

O segundo lugar, em número total de medalhas, ficou com estado de São Paulo. Foram ao todo 1.287 medalhas. Em todo o país, foram premiados 48.784 estudantes, sendo 500 medalhas de ouro, 1.500 medalhas de prata e 4.501 medalhas de bronze, além de 42.283 menções honrosas.

Na edição deste ano da competição, o estudante do 7º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Senador Bueno de Paiva, no município de Cachoeira de Minas, João Vítor Vieira de Castro, conquistou sua primeira medalha de ouro e o segundo lugar no nível I da Obmep .

“Ano passado fiz a prova e ganhei menção honrosa. Esse ano, estudei mais e fiquei muito feliz com a medalha de ouro. É uma emoção muito grande”, conta o estudante”. “ Muita gente fez a prova e eu conquistar medalha de ouro em segundo lugar em todo o país é muito importante”. O nível I é dedicado aos alunos do 6º e 7º ano do ensino fundamental.

Já no nível II, dedicado aos alunos do 8º e 9º lugar, o estudante da Escola Estadual Nossa Senhora de Guadalupe, no município de Lagoa da Prata, Bernardo Teixeira de Amorim Neto, conquistou o primeiro lugar. Veterano na competição, este ano o aluno do 9º ano do ensino fundamental conquistou sua quarta medalha de ouro na competição.

“É muito bacana. Esse primeiro lugar é o resultado de anos de preparação”, pontua. Em todas as edições que participou o estudante faturou medalha de ouro.

Os 6.501 medalhistas da Obmep 2015 serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.) que será realizado ao longo de 2016. Os prêmios serão entregues em 2016, em datas que serão divulgadas pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).

Obmep 2015

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) atingiu, em 2015, um novo recorde do número de escolas e municípios participantes. Foram inscritos na 11ª edição da Olimpíada 47.582 escolas de 5.538 cidades (o que corresponde a 99.48% dos municípios de todo o país).

Já o número de estudantes inscritos totalizou 17.970,745, sendo os estados com o maior número de participantes São Paulo (com 3.373,019 alunos e 5.847 escolas de 645 municípios) e Minas Gerais (com 1.889,666 alunos e 4.569 escolas de 850 municípios).

A competição

A Olimpíada é dividida em três níveis. O primeiro é composto por estudantes do 6º e 7º anos do ensino fundamental. No segundo, fazem as avaliações alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental. Já o 3º nível é composto por estudantes do ensino médio.

Criada em 2005, a Obmep busca estimular e promover o estudo da Matemática entre os alunos das escolas públicas, além de contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica. A primeira edição da Olimpíada envolveu 10,5 milhões de alunos de 31 mil escolas (localizadas em 93,5% dos municípios brasileiros).

A competição é promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia e é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Fonte: Agência Minas

Lambari envia água e leite em pó para região do Rio Doce




Após contatos com a cidade de Mariana, com Belo Horizonte e contato com pessoas e grupos de Lambari dispostos a ajudar e que já estavam fazendo arrecadações, a Prefeitura de Lambari viabilizou o transporte para levar as doações e junto com a Câmara Municipal lançaram a Campanha de Solidariedade, que contou com a adesão e colaboração da população. 
As arrecadações foram entregues até o dia 26 de novembro, quinta-feira, e já seguiram para o seu destino.

Informações Prefeitura de Lambari

Em visita ao Sul de Minas, Fernando Pimentel promete obras na região

Duplicação da BR-491 e ponte para São Thomé das Letras foram assumidas.
Demandas foram apresentadas nos Fóruns Regionais realizados este ano.




O governador Fernando Pimentel (PT) esteve nesta sexta-feira (27) em Três Corações (MG) para participar da entrega das chaves de casas populares do programa “Minha casa, minha vida”. Durante a visita, Pimentel disse que pretende fazer duas obras na região: a ponte que liga Três Corações a São Thomé das Letras (MG) e a duplicação da BR-491, entre a rodovia Fernão Dias e Varginha(MG).

As demandas assumidas pelo governador foram apresentadas nos Fóruns Regionais realizados este ano. "Fazer a segunda ponte, para fazer duas vias. Lá, [em] São Bento Abade, São Thomé das Letras. Eu tenho certeza que essa é uma demanda da região, como é também a duplicação da estrada que liga a BR-381 até Varginha, que é outra demanda importante, que nós também vamos fazer", afirmou Pimentel, durante discurso na cidade.

Depois da cerimônia, o governador seguiu pra Brasília (DF), onde vai se encontrar com o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), e com a presidente Dilma Rousseff (PT) para discutir estratégias de recuperação da bacia do Rio Doce, atingida pela tragédia de Mariana (MG).
Em visita ao Sul de Minas, Fernando Pimentel prometeu obras na região (Foto: Reprodução EPTV)


Conjuntos Habitacionais
Ao todo, são 793 casas dos conjuntos habitacionais “Nova Três Corações” 1 e 2, onde foram gastos R$ 47,5 milhões.

O Governador visitou uma das casas construídas. Depois, quatro famílias receberam, de forma simbólica, as chaves das casas, uma delas, entregue pelo Superintendente Regional da Caixa, Délsio Garcia. “São pessoas que têm rendas até R$ 1,6 mil, são essas pessoas. Toda essa seleção é de responsabilidade da Prefeitura Municipal”, explicou.

Fonte: G1 Sul de Minas

Após avançar no 'The Voice Brasil', Edu Santa Fé agradece nas redes sociais: 'Deus lhes pague'

Músico da cidade de Delfim Moreira, no Sul de Minas, recebeu o maior percentual de votos do público.




A voz forte e a interpretação tranquila de Edu Santa Fé voltaram a conquistar o público na edição desta quinta-feira (26) do The Voice Brasil. Depois de conquistar 53% dos votos do público (o maior percentual da noite), o cantor de Delfim Moreira (MG) está na semifinal do programa.

"Gente, eu 'tô' tão feliz, que eu não sei nem o que eu falo pro'cês", disse, sem perder o sotaque, o representante do Sul de Minas em um vídeo divulgado nas redes sociais logo após vencer mais uma etapa da disputa musical. "Minha gente, meu Brasil, vocês são demais. Deus abençoe todos vocês que votaram, que estão comigo nessa empreitada. Deus lhes pague", comemorou.

A popular canção sertaneja "Luar do Sertão" foi a escolhida pelo músico para a primeira rodada de apresentações ao vivo das oitavas de final do The Voice Brasil. Edu Santa Fé volta ao palco no dia 17 de dezembro.

Fonte: G1 Sul de Minas

País, Estado e Municípios registraram saldo negativo na geração de empregos, segundo o Caged

Foto ilustrativa: MTb





O Ministério do Trabalho em Emprego (MTb) divulgou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de outubro, o Brasil desempregou mais que empregou. Em outubro, o País abriu 1.237.454 milhão de vagas de empregos, mas fechou um número superior, foram demitidos em outubro 1.406.585 milhão, deixando um saldo negativo de 169.131 mil.

Também está negativa a geração de empregos no Brasil durante o ano. De janeiro até outubro, o saldo negativo é de 818.918 mil empregos. Nos últimos 12 meses, de novembro do ano passado até outubro deste ano, o saldo negativo é mais desanimador: 1.381.992 milhão de empregos.

Minas Gerais não foi diferente, o Estado abriu em outubro 134.423 mil vagas de empregos e por outro lado fechou 158.925 mil, deixando um saldo negativo de 24.502 mineiros desempregados. Desde janeiro até outubro, 112.829 mil mineiros foram demitidos e, em 12 meses, 185.613 mil perderam o emprego.

Nas cinco maiores cidades do Sul de Minas, apenas uma registrou um saldo positivo, foi Poços de Caldas, que em outubro contratou 1.576 pessoas e demitiu 1.540, fechando o mês com 36 pessoas empregadas.

Pouso Alegre, a segunda maior cidade do Sul de Minas, gerou em outubro 1.467 mil empregos e fechou as portas para 1.937 empregados, registrando um saldo negativo de 470.

Varginha, a terceira maior cidade do Sul de Minas, contratou em outubro 1.278 mil pessoas e demitiu 1.607 mil, deixando um saldo negativo de 329 pessoas sem emprego.

Passos, a quarta maior cidade, contratou apenas 655 pessoas e demitiu 1.088 mil, deixando sem emprego 433 pessoas.

Lavras, que é a quinta maior cidade do Sul de Minas, contratou apenas 668 e demitiu 1.100 mil pessoas, deixando 432 trabalhadores sem emprego.

Fonte: Jornal de Lavras

Hoje tem "Sacode a Praça" em Caxambu


O “Sacode a Praça” em Caxambu acontece hoje, dia 28 de novembro, na Praça 16 de Setembro. As atividades começam às 9h e vão até às 16h.

O projeto "Sacode a Praça" é uma parceria entre o Sesi/Fiemg (Serviço Social da Indústria/Federação da Indústria do Estado de Minas Gerais) e a EPTV, emissora filiada a TV Globo. São ofertados diversos serviços gratuitos à comunidade da área de cobertura da emissora. São atividades de lazer, saúde e orientação social, em um processo de convivência e inclusão das famílias na prática da cidadania, educação e qualidade de vida.

O "Sacode a Praça" foi criado há 12 anos e já registrou mais de um milhão de participantes neste período, segundo informações divulgadas pela EPTV.


67° Aniversário de Cruzília



Para comemorar os 67 anos de Cruzília a Prefeitura está preparando um evento que acontecerá de 25 à 27 de Dezembro, no Complexo Humano da Ventania. Em simultâneo será realizada também a 2ª Feira Cultural.

Confira os Shows:
Dia 25 de dezembro, a programação traz o show de Inimigos da HP, uma banda brasileira de pagode formada em maio de 1999 por Igor Domingues.
Dia 26 de dezembro, Cruzília recebe Gusttavo Lima. Mineiro de Presidente Olegário (MG), o artista consagrou-se ao dar o tom a canções, que viraram sucesso, como “Inventor dos Amores”, “Rosas, Versos e Vinhos”, “Balada” e “Gatinha Assanhada”.
Dia 27 de dezembro, encerrando em grande estilo as comemorações do aniversário da cidade e para os amantes do sertanejo de raiz, o artista paulistano Sérgio Reis, que está no cenário da músca sertaneja desde 1972, com grandes sucessos como “Menino da Porteira”, “Adeus Mariana”, “Disco Voador”, “Panela Velha”, e várias outras canções.

Passa Quatro decorada e toda iluminada para a celebração do Natal


A cidade já começa a entrar no clima para o Natal iluminado 2015. A típica decoração natalina criativa e exuberante, está chamando atenção dos moradores e visitantes.
Jogos de luzes e cores, muitos anjos, a bota do Papai Noel, e outros símbolos que demonstram o espírito natalino foram espalhados com muito capricho e criatividade. 











Fotos Passa Quatro Olho no Olho

Festival de Tecnologia da Informação tem inscrições abertas no Sul de MG

Evento acontece no sábado (28) e reúne profissionais e estudantes de TI.
Palestras, minicursos e workshops gratuitos acontecem em Pouso Alegre.




Acontece neste sábado (28), em Pouso Alegre (MG), o 2º FETI - Festival de Tecnologia da Informação. Promovido pelo Senac Minas, o evento será realizado das 9h às 17h30 e vai reunir profissionais e estudantes para discutir a tecnologia como estratégia para o desenvolvimento de ações empreendedoras. O festival terá atividades gratuitas como palestras, minicursos e workshops. As inscrições seguem até esta sexta-feira (27).

Conforme a organização, aproximadamente 400 pessoas são esperadas durante todo o dia do evento. O festival ainda vai contar com Lan House e WiFi de livre acesso, e sorteio de brindes para os participantes. As inscrições podem ser feitas pelo site www.mg.senac.br.
Senac Pouso Alegre, MG (Foto: Senac Pouso Alegre / Divulgação)Senac de Pouso Alegre terá palestras gratuitas na área de TI (Foto: Senac Pouso Alegre / Divulgação)
Confira abaixo a programação do 2º FETI:

9h: Credenciamento
9h30: Abertura do Festival de Tecnologia da Informação.

Espaço Empreendedor

9h30: Palestra: “Perfil Comportamental: conheça a si mesmo e compreenda características que proporcionam relacionamentos benéficos e crescimento como empreendedor e ser humano”, com Ricardo Zaniboni.

10h45: Palestra: “Como Aproveitar as Oportunidades em Tempos de Crise”, com Clayton Queiroz Coutinho.

14h30: Palestra: “Design Responsivo para o Desenvolvimento Web Multiplataforma”, com Leonardo Simões.

16h: Palestra: “Empreendedorismo na Era Digital”, com Jaci Alvarenga Theodoro Filho.

Espaço Programador

Das 9h às 12h: Workshop de Games, com Pedro Matuck.

Das 14h às 16h: Competição de Programação.

Espaço Infraestrutura

Das 9h às 12h: Workshop Infraestrutura de Telecom, com David Pires Fonseca.

Das 14h às 17h: Construção de Rede Hierárquica Estruturada Cisco, com Paulo Adriano Bruno.

Espaço Cultura Geek

Das 13h às 14h: Campeonato de Mortal Kombat X

Das 14h às 16h: Mesa de RPG, com uma campanha rápida de D&D

Install Fest

Das 9h às 16h: Espaço destinado à instalação de Softwares Livres e formatação de computadores, com a instalação do Sistema Operacional Linux Ubuntu, Linux Mint e Windows 8 e 10 em versão trial ou ativado.

Fonte: G1 Sul de Minas

Empresário que divulgou 'rodízio de mulheres' é preso no Sul de MG

Homem pode responder por exploração da prostituição em Poços, MG.
Polícia Civil conseguiu localizá-lo em uma casa em Pouso Alegre (MG).





O empresário Ricardo Costa, suspeito de divulgar uma festa com ‘Rodízio de Mulheres’, foi preso nesta quinta-feira (26) em Pouso Alegre (MG). Segundo a Polícia Civil, ele pode responder por exploração da prostituição e por destruir provas importantes para o processo. Ele foi preso preventivamente, ou seja, por tempo indeterminado.

O caso começou a ser investigado no dia 11 de novembro, depois que uma denúncia foi feita ao Ministério Público e a Secretaria de Serviços Públicos lacrou a boate onde aconteceria a festa com ‘Rodízio de Mulheres’ por falta de alvará municipal em Poços de Caldas (MG).

"Quando ele foi ouvido, ele apresentou um aparelho celular alegando que teria solicitado ao funcionário da gráfica onde os panfletos seriam rodados que ele alterasse o teor, ele mesmo atribuindo ser agressivo o termo inicial que foi utilizado no primeiro panfleto, logo em seguida que ele saiu da delegacia nós já identificamos que ele tinha apagado remotamente todos os dados que serviriam para instruir a investigação", disse a delegada Maria Cecília Gomes Flora.

Ainda conforme a delegada, o empresário já tinha duas passagens formais pela polícia, por roubo qualificado e latrocínio. Ele ficará preso por tempo indeterminado.

'Rodízio' a R$ 150
O anúncio feito pelo empresário, que convidava homens para uma noite de rodízio com várias mulheres viralizou nas redes sociais. O cartaz dizia que por R$ 150, o cliente poderia se relacionar com quantas mulheres de programa quisesse. No entanto, a festa foi cancelada porque a casa noturna não tinha o alvará necessário.

Na ocasião em que a investigação teve início, Ricardo Costa falou sobre a festa e chegou a pedir desculpas. “Minhas desculpas, porque eu nunca trataria mulher como objeto”, disse

Após a repercussão do anúncio e da interdição da boate, uma nova propaganda da festa na página foi postada na página do estabelecimento em uma rede social, só que desta vez, modificada. No lugar de "consuma quantas garotas aguentar", estava a mensagem: "Pague R$ 150 e fique à vontade". Segundo o proprietário da boate, a primeira propaganda divulgada não era a definitiva, mas uma prova gráfica.



“O cliente pagaria R$ 150 para ficar à vontade na casa. Ele só não teria direito a bebidas, o restante da casa ele teria todo ao seu dispor”, acrescentou Costa. No entanto, ao ser questionado se por R$ 150 o cliente poderia se relacionar com quantas garotas de programa quisesse, Costa desconversou. “Essa é uma pergunta comprometedora”.

Situação gerou revolta
A situação incomodou a presidente do Conselho dos Direitos da Mulher, Claudia Luciana de Oliveira Lourenço, que fez uma denúncia formal ao Ministério Público. “Nós entendemos que a forma como a festa foi divulgada expõe e deprecia demais as mulheres. Quando é colocado que os homens podem consumir as garotas, é uma maneira agressiva e como nós fazemos um trabalho de enfrentamento à violência, interpretamos que um cartaz como este incita o machismo e a violência contra a mulher. Nós temos uma preocupação com as garotas que trabalhariam nesta noite na boate, já que elas ficariam muito vulneráveis. É até uma questão de saúde também”, disse.
Festa estava programada para acontecer no dia 20 em Poços de Caldas (Foto: Reprodução EPTV)Festa estava programada para acontecer no dia 20 em Poços de Caldas (Foto: Reprodução EPTV)
Fonte G1 Sul de Minas

Migração de todas as rádios AM para FM deve ocorrer dentro de 4 anos

O ministro das Comunicações disse que migração é tendência natural a ser seguida por todas as emissoras do País



Dentro de três ou quatro anos, a tendência é de que a faixa AM não seja mais utilizada em todo o País. A estimativa foi apresentada pelo ministro das Comunicações, André Figueiredo, em entrevista ao programa "Bom Dia, Ministro", da NBR. Na última terça-feira (24), foi assinada Portaria que definiu os critérios de adaptação de outorgas das empresas, o que o inclui os valores a serem pagos pelas emissoras para mudar do AM para o FM.

Até agora, quase 1,4 mil das 1.781 emissoras existentes manifestaram interesse em realizar a mudança, que vai aumentar a qualidade de transmissão, além de conceder condições técnicas para que as rádios transmitam a sua programação, via internet, para celulares e tablets.

"Isso não é mandatório, é optativo. Temos a certeza de que a evolução dos anos, e o fato de que 78% das emissoras AM já manifestaram a ideia de migrar para a FM, esse número chegará a 100% no decorrer de três ou quatro anos", argumentou o chefe da pasta. "A tendência natural é que a população não acesse mais depois de algum tempo o famoso radinho de pilha, que aos poucos vai migrando para o smartphone", completou.

De acordo com Figueiredo, Ministério das Comunicações busca linhas de crédito, em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), para facilitar o pagamento do preço da outorga e a aquisição de equipamentos que permitam a transmissão de AM para FM.

"A evolução se dará na velocidade que for mais adequada para que não haja prejuízo para as emissoras nem para o usuário, para o ouvinte. Não existe prazo estipulado", concluiu.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Blog do Planalto

Lei sobre voto impresso nas eleições é publicada no Diário Oficial

A nova regra vai valer a partir da próxima eleição geral, ou seja, em 2018




O Diário Oficial da União publicou nesta quinta-feira (26) a aprovação de partes da Lei nº 13.165, que altera regras do Código Eleitoral. Oficialmente, a Lei trata de mudanças "para reduzir os custos das campanhas eleitorais, simplificar a administração dos Partidos Políticos e incentivar a participação feminina", mas a principal alteração, com a decisão de hoje, é tornar obrigatória a impressão do voto, no momento da votação. A regra valerá a partir da próxima eleição geral, ou seja, em 2018.

A exigência do voto impresso nas eleições foi aprovada pelo Congresso Nacional na minirreforma eleitoral e vetada pela presidenta Dilma Rousseff. Na semana passada, entretanto, o veto presidencial foi derrubado, e a impressão do voto foi reinserida na Lei nº 13.165/15, da reforma política, conforme publicado hoje.

Um artigo da Lei cita que “no processo de votação eletrônica, a urna imprimirá o registro de cada voto, que será depositado, de forma automática e sem contato manual do eleitor, em local previamente lacrado”. Menciona, ainda, que “o processo de votação não será concluído até que o eleitor confirme a correspondência entre o teor de seu voto e o registro impresso e exibido pela urna eletrônica”.

O comprovante será depositado em um local lacrado após a confirmação pelo eleitor de que a impressão estava correta. O eleitor, portanto, não sairá do local com o voto em mãos. A Constituição Federal garante, no capítulo sobre os direitos políticos, o sigilo do voto. O artigo 14 da Constituição cita que "a soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos".

O texto publicado hoje determina, ainda, que o processo de votação eletrônica com impressão do registro do voto será implantado “até a primeira eleição geral subsequente à aprovação desta Lei”. Ou seja, o voto impresso estará valendo somente nas eleições gerais de 2018, não se aplicando às eleições gerais do ano que vem. Eleições gerais são um processo realizado simultaneamente em todo o País, abrangendo as eleições de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador dos estados e do Distrito Federal, senadores, e deputados federais, estaduais, distritais e territoriais.

Ao defender a impressão do voto, parlamentares argumentaram que o mecanismo ajudaria a aumentar a segurança contra fraudes eleitorais. "Caso haja necessidade de auditoria na eleição, por meio do impresso, isso pode ser comprovado", argumentou o senador João Capiberibe (PSB-AP). O consultor legislativo do Senado Arlindo Fernandes e o professor de Ciência da Computação da Universidade de Brasília (UnB) Pedro Rezende também defenderam a medida. Para eles, o voto impresso pode garantir mais transparência nas eleições.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Diário Oficial da União, da Agência Brasil, do Tribunal Superior Eleitoral e do Senado Federal

Correios Lança Selo em Homenagem a Caxambu





Na última quinta-feira (26), na sala de eventos do Balneário do Parque das Águas de Caxambu, foi realizado o lançamento do Selo Postal em homenagem a cidade, que será usado a partir desta data e levará o nome de Caxambu para todo território nacional e também para outros países.


O selo de Caxambu faz parte do conjunto de selos que destaca as dez cidades localizadas ao sul de Minas Gerais, que compõem o Circuito das Águas. Os selos retratam as atrações turísticas, arquitetônicas e os referenciais hídricos e culturais característicos de cada cidade, que fazem da região importante polo turístico do estado. A aquarela, com retoques digitais, foi a técnica escolhida pelo artista Jean Paulo Lopes para a composição dos selos.

Com valor facial de 1º Porte Carta Comercial (atualmente R$ 1,40), foram impressos em folhas de 30 unidades (três séries), com tiragem total de 1.800.000 selos (180.000 séries).Os locais oficiais de lançamento são as cidades retratadas nos selos, todas no sul de Minas Gerais: Baependi, Cambuquira, Campanha, Carmo de Minas, Caxambu, Conceição do Rio Verde, Lambari, Maria da Fé, Soledade de Minas e Três Corações.












Com informações Soficur